prefeitura
::Dupla rouba motocicleta na zona rural de Monteiro ::Carga irregular de autopeças com destino a CG é apreendida no Cariri ::Preço da gasolina sobe pela 4ª semana ::Homem é encontrado morto com sinais de violência no Cariri ::João anuncia ações para ajudar famílias prejudicadas por chuvas em Pocinhos ::Vereador de Monteiro pede ao Estado dispensa de juros e multa para motos atrasadas ::Carro provoca acidente envolvendo van da Prefeitura de Monteiro ::Previsão indica nebulosidade e chuvas para Paraíba ::Dialogando com o Povo tem mais uma edição, desta vez na comunidade de Jabitacá ::AVC mata uma pessoa a cada quatro horas e meia na Paraíba Malves Supermercados

Vereador Bonílson apresenta PL que beneficia a classe dos advogados em Sumé

(15/02/2019)

Com o início dos trabalhos do Legislativo sumeense que acontece nesta sexta-feira (15), às 19h, o vereador Bonílson Timóteo protocolou na Casa mais um projeto de lei de sua autoria.

O Projeto de Lei n° 496/2019 dispõe sobre a contagem dos prazos em processos administrativos e a suspensão dos prazos para apresentação de defesas, impugnações e recursos administrativos no período de férias dos advogados no âmbito do Município de Sumé.

“Com a aprovação do Projeto de Lei, o município não precisará mais ter por base a Lei 9.784/1999, que disciplina o processo administrativo na administração pública. O município passará a ter o seu próprio prazo para a contagem dos processos administrativos, defesas, impugnações e recursos.

De acordo com Bonílson, atualmente, os prazos administrativos começam a correr a partir da data da cientificação oficial. Com o presente Projeto de Lei, os prazos passarão a contar somente em dias úteis. “Serão excluídos sábados, domingos e feriados. Por exemplo, uma notificação recebida na sexta-feira, vai começar a contar na segunda-feira seguinte”, explicou.

As férias dos advogados compreendem o mesmo período de recesso forense determinado pelo Tribunal de Justiça, mesmo assim os prazos continuam correndo para os processos administrativos.

Para o vereador não seria justo o profissional advogado estar em seu recesso forense e ter que cumprir os prazos administrativamente no município. “É como se o profissional não gozasse do recesso em sua totalidade”, disse.

De acordo com Bonílson, a suspensão dos prazos não importará na suspensão ou paralização dos serviços da administração pública municipal, os quais continuarão a exercer suas atribuições normalmente.

O Projeto de Lei antes de ir para votação no plenário, passará pela Comissão de Justiça e Redação.

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Vereador Bonílson apresenta PL que beneficia a classe dos advogados em Sumé