::OLHO VIVO – Por Simorion Matos ::Prefeitura de Ouro Velho paga rigorosamente precatórios de gestões anteriores ::Carreata pró-Bolsonaro será realizada em Monteiro nesta quarta-feira ::João Azevêdo diz que Educação e Segurança serão prioridades ::Efraim Filho defende Reforma do Código Penal ::TJPB sequestra R$ 39 mil da prefeitura de Gurjão para pagamento de precatórios ::Ex-prefeito de Boqueirão é condenado por uso indevido de recursos do FUNDEB ::Missa do vaqueiro mantém tradição na festa da padroeira de Zabelê ::Presidente do TSE recebe mensagens com conteúdos de ameaças ::Prefeitura de Prata realiza manutenção da iluminação pública na zona rural e urbana Malves Supermercados

Volumes dos açudes da PB somam apenas 10,37% da capacidade total

(03/01/2018)
Volumes dos açudes da PB somam apenas 10,37% da capacidade total Volumes dos açudes da PB somam apenas 10,37% da capacidade total

Um levantamento feito com base na capacidade total dos açudes da Paraíba e o volume atual deles mostra que o estado está entrado no ano de 2018 com apenas 10,37% de água em seus reservatórios. Os dados foram levantados junto a Agência Executiva de Gestão de Águas da Paraíba (Aesa). Dos 127 mananciais monitorados, 62 estão em estado crítico (com menos de 5%) e apenas um está sangrando.

De acordo com os dados da Aesa, somando a capacidade total de todos os açudes monitorados pela agência, a Paraíba tem condições de armazenar até 3.783.915.864 de metros cúbicos de água. Mas, com base na soma dos últimos levantamentos de volumes feitos, juntos os 127 açudes estão com 392.648.584 metros cúbicos de água, o que corresponde a 10,37% do potencial total.

Ainda segundo os dados da Aesa, dos 127 açudes, 62 deles estão em estado crítico, por estarem com menos de 5% da capacidade total, e 35 estão em situação de observação, pois estão com menos de 20% do volume total de água.

O único açude que está com 100% da capacidade é o São José, em Monteiro, no Cariri, que está sangrando. Mas, isso só está ocorrendo pelo fato dele está recebendo as águas da tranposição do Rio São Francisco. Entre os açudes monitorados, 16 deles estão com 0%.

Boqueirão
O açude Epitácio Pessoa, conhecido como açude de Boqueirão, no Cariri paraibano, mesmo recebendo recarga das águas da transposição do Rio São Francisco desde 18 de abril de 2017, está com apenas 9,66% da capacidade total. Ele abastece Campina Grande e outras 18 cidades do Agreste.

Em respeito a legislação eleitoral o CARIRI LIGADO não publicará os comentários dos leitores. O espaço para interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições 2018 se encerrem.