prefeitura
::Polícia prende mulher com notas falsas na cidade de Sumé ::Polícia Federal apreende mais de 1,5 tonelada de maconha na Paraíba ::Moro sugeriu a força-tarefa ação contra ‘showzinho’ da defesa de Lula, diz site ::Brasil estreia com vitória contra Bolívia ::Maioria da bancada federal paraibana vota a favor da Reforma da Previdência ::SUMÉ: Waldonys e Kátia Cilene embalam forrozeiros neste final de semana ::EXCLUSIVO: Homem é assassinado a tiros no Cariri ::Prefeita assina ordem de serviços, entrega obras e veículos em Ouro Velho ::Prefeita de Monteiro inaugura nova academia de saúde e beneficia mais um bairro ::Alunos da Rede Municipal de Monteiro são destaques nos Jogos Escolares da Paraíba Malves Supermercados

Waldson nega ter sido alvo de mandados e diz que se afastou para garantir governabilidade

(30/04/2019)

O ex-secretário de Estado do Planejamento Orçamento e Gestão da Paraíba, Waldson de Souza, emitiu nota, através de seu advogado, em que nega ter sido alvo de medida cautelar de busca e apreensão ou de qualquer outra medida na 4ª fase da Operação Calvário, deflagrada nesta terça-feira (30) pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco).

Waldson também citou que pediu afastamento para a garantia da Governabilidade da Paraíba. Ele também disse que colabora com o Ministério Público da Paraíba.

A operação

Na ação policial, 12 pessoas foram alvos dos mandados. Foram cumpridos mandados nas casas dos investigados, no Centro Administrativo Estadual, no bairro de Jaguaribe, e na sede da Procuradoria-Geral do Estado da Paraíba, localizada na Avenida João Machado.

O Gaeco, do Ministério Público da Paraíba (MPPB), com reforço da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagrou na manhã de hoje o quarto desdobramento da Operação Calvário batizada como Operação Esperança.

Além do mandado de prisão contra a ex-secretária de Gilberto Carneiro, a operação também cumpriu 18 mandados de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos pelo desembargador Ricardo Vital, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Waldson nega ter sido alvo de mandados e diz que se afastou para garantir governabilidade