prefeitura
::Prefeitura de S. S. do Umbuzeiro inicia pavimentação de 14 ruas ::TCE acelera julgamentos e já aprecia contas de 2018 das Câmaras Municipais ::Governador sanciona lei que autoriza a extinção da Empasa ::Prefeito Jefferson Roberto sanciona lei que permitirá liquidar dívida rural dos agricultores ::Prefeita Anna Lorena busca melhorias para Hospital de Monteiro ::Bandidos assaltam residência na zona rural de Monteiro ::Governo do Estado publica edital de concurso com mil vagas para professor ::Resultado Preliminar das inscrições homologadas para eleição do Conselho Tutelar de Sumé ::Prefeito do Congo sanciona lei que regulamenta concessão de adicional no salário de servidores ::Famup realiza qualificação sobre alternativas para aumentar receita nos municípios Malves Supermercados

Wellington critica a interrupção da política de salário mínimo proposta por Bolsonaro

(16/04/2019)
Wellington critica a interrupção da política de salário mínimo proposta por Bolsonaro Wellington critica a interrupção da política de salário mínimo proposta por Bolsonaro

Parlamentares não receberam bem a notícia de que o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) propôs nesta segunda-feira (15) que o salário mínimo seja corrigido apenas pela inflação em 2020.

Para eles, a medida, que encerra a política que permitia ganhos reais aos trabalhadores, não deve ser aprovada pelo Congresso e piora o clima para a apreciação da reforma da Previdência.

A política de aumento real do salário mínimo foi implementada no governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e transformada em lei por sua sucessora Dilma Rousseff (PT). A regra, entretanto, teve validade encerrada em janeiro deste ano.

Proposta que traça as diretrizes para o Orçamento prevê que o piso de salários será de R$ 1.040 a partir de janeiro.

O PR, uma das maiores bancadas na Câmara, também quer avaliar a proposta do governo. “A LDO é texto.

Ele [o governo] manda a mensagem para o Parlamento, e a gente vai avaliar”, diz o deputado Wellington Roberto (PR/PB), líder do partido na Casa.

“Não podemos deixar que a conta caia no colo de quem não pode pagar, que são os mais necessitados, os mais pobres, que passam por situações que a gente desconhece.”

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em Wellington critica a interrupção da política de salário mínimo proposta por Bolsonaro