prefeitura
::Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri ::Secretaria de Saúde da PB explica que apenas metade das vacinas foram enviadas aos municípios ::Prefeito Dr. Augusto Valadares emite decreto que disciplina vacinação do COVID em Ouro Velho ::Vacina de Oxford estará pronta para distribuição no Brasil a partir de sábado, diz Fiocruz ::As charges do dia… ::Famup repudia ameaças de morte contra prefeito de Boa Vista e pede para que polícia investigue ataques ::China pressiona por demissão de Ernesto Araújo para liberar insumos das vacinas ::PLANTÃO COVID: Monteiro confirma 15 novos casos do vírus ::MONTEIRO: Prefeitura realiza limpeza e desobstrução de todas as galerias pluviais da cidade prevenindo problemas no inverno ::TCE vai cobrar lista de vacinados aos 223 municípios da Paraíba Malves Supermercados

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

Secretaria de Saúde da PB explica que apenas metade das vacinas foram enviadas aos municípios

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

O secretário de Saúde do Governo da Paraíba, Geraldo Medeiros, explicou nesta quinta-feira (21) que as vacinas referentes às segundas doses que todas as pessoas vacinadas terão que receber não foram enviadas imediatamente aos municípios. De acordo com ele, essa carga ficará na rede de frios localizada na sede da SES e só quando chegar a hora da segunda dose é que serão enviadas.

A expectativa é que essa segunda dose seja dada 28 dias depois da primeira. Como a vacinação na Paraíba começou no dia 19 de janeiro, os vacinados vão precisar repetir a dose a partir do dia 16 de fevereiro.

A carga de vacina foi enviada à Paraíba pelo Ministério da Saúde. O lote foi recebido pela SES e dividido proporcionalmente para os 223 municípios. Depois disso, metade da quantidade destinada a cada município foi enviada. A outra metade é essa que segue na Secretaria e que só será remetida aos municípios na semana do início da segunda dosagem.

Além disso, os municípios vão precisar comprovar que aplicaram corretamente a primeira vacina antes de receber a segunda. O objetivo é evitar desvios e vacinação de mais pessoas que a segunda dosagem permitirá. E também para garantir a correta armazenação do produto.

Neste primeiro lote, a Paraíba recebeu 114.846 doses, que devem vacinar 54.689 paraibanos, representados por 42.925 trabalhadores de saúde, 10.432 indígenas aldeados, 1.212 pessoas idosas institucionalizadas e 120 pessoas com deficiência institucionalizadas.

Prefeito Dr. Augusto Valadares emite decreto que disciplina vacinação do COVID em Ouro Velho

Banner educação

Vacina de Oxford estará pronta para distribuição no Brasil a partir de sábado, diz Fiocruz

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou, na noite desta quinta-feira (21/1), que os dois milhões de doses da vacina de Oxford/Astrazeneca importados da Índia estarão prontos para distribuição no sábado (23), à tarde. Caberá ao Ministério da Saúde realizar a distribuição, o que deve ocorrer entre sábado e domingo, segundo a Fiocruz.

Após dias de indefinição em relação ao envio das vacinas, o governo indiano anunciou, nesta quinta-feira (21), a liberação para a exportação dos imunizantes ao Brasil. As vacinas devem chegar em solo brasileiro, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na nesta sexta-feira, às 17h40.

A carga será transportada em voo comercial da companhia Emirates. Após desembarcar em São Paulo, o lote segue em aeronave da Azul para o aeroporto internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Em seguida, o carregamento é encaminhado à Fiocruz.

Checagem
Antes de liberar as doses, a fundação, responsável pela qualidade da vacina no país, verificará as condições de segurança para aplicação. Trata-se de procedimento obrigatório antes de liberar a remessa à distribuição aos estados, em obediência às normas regulatórias.

Os imunizantes passarão, ainda, por uma rotulagem, com etiquetagem das caixas com informações em português. “Esse processo acontecerá ao longo da madrugada e na manhã de sábado (23/1) e será realizado por equipes treinadas em boas práticas de produção”, informou a nota da Fiocruz.

A vacina importada da Índia tem características diferentes da CoronaVac, imunizante do laboratório chinês Sinovac, produzido no Brasil em parceria com o Instituto Butantan. Enquanto a CoronaVac exige o armazenamento da metade das doses para a segunda aplicação, a orientação técnica da vacina da Oxford é utilizar a totalidade dos dois milhões de unidades neste momento, pois o intervalo entre uma dose e outra é de três meses.

Atraso
O governo indiano anunciou o envio da remessa para o Brasil no mesmo dia em que um incêndio atingiu o Instituto Serum, fabricante do imunizante. A informação do embarque foi publicada pela agência Reuters nesta quinta-feira. Em seguida, o presidente Jair Bolsonaro publicou em uma rede social sobre a vinda do carregamento ao Brasil. Bolsonaro ainda parabenizou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que também se manifestou. “O governo da Índia colocou o Brasil na mais alta prioridade: somos um dos dois primeiros países a receber vacinas contra Covid compradas na Índia. Agradeço em especial ao Chanceler @DrSJaishankar”, disse Araújo.

Em resposta ao chanceler e a Bolsonaro, o embaixador da Índia no Brasil, Suresh Reddy escreveu: “Obrigado Excelência! India & Brasil compartilham uma parceria estratégica e relacionamento especial como duas grandes democracias. A Índia está comprometida em usar sua capacidade de produção de vacinas para apoiar a humanidade durante esta crise.”
Demora
A importação passou por um impasse ao longo dos últimos dias: o governo federal previa que as doses estivessem no Brasil no início da semana para o início da vacinação. Mas os imunizantes continuavam retidos na Índia.

O Ministério da Saúde chegou a fretar um avião para buscar a carga na cidade de Mumbai, com direito à adesivagem especial frisando a incorporação da iniciativa ao Programa Nacional de Imunização (PNI). O voo sairia na quinta-feira (14), depois foi adiado para sexta-feira (14), com previsão de retorno no domingo (17). Ao fim, não chegou a decolar.

A carga estava pronta, mas precisava de autorização do governo indiano. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que o avião sairia em “dois ou três dias”.

Na última terça-feira (19), a Índia começou a exportação das primeiras vacinas contra o novo coronavírus a países vizinhos, e deixou o Brasil de fora. Os imunizantes produzidos pelo Instituto Serum seriam enviados a Butão, Bangladesh, Nepal, Maldivas, Seychelles e Mianmar, mas não ao Brasil. O país não deixou claro o motivo do entrave, mas o que se fala é que a decisão não foi apenas estratégica, de beneficiar a população de países vizinhos, mas também política.

Isso porque a Índia não teve o apoio do Brasil no ano passado quando apresentou na Organização Mundial do Comércio (OMC) um pedido para quebra de patente sobre produtos relacionados ao combate à pandemia do novo coronavírus. O governo federal preferiu se alinhar aos Estados Unidos na questão.

Em meio ao imbróglio, diversas autoridades começaram a se movimentar no sentido de destravar a importação dos produtos. Encabeçado pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que coordena no Fórum de Governadores a temática Estratégia para vacina contra covid-19, grupo de governadores protocolou na quarta-feira ontem um ofício ao presidente Jair Bolsonaro solicitando que o governo se movimentasse para negociar com a Índia.

As charges do dia...

Famup repudia ameaças de morte contra prefeito de Boa Vista e pede para que polícia investigue ataques

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) emitiu nota de repúdio aos ataques que o prefeito de Boa Vista, André Gomes, vem sofrido nas redes sociais, que incluem ameaças de morte e difamações. A entidade pede que forças de segurança investiguem o caso e penalize o responsável pelo crime.

Nota

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) lamenta profundamente que o prefeito de Boa Vista, André Gomes, tenha sido alvo de ataques nas redes sociais. A Famup repudia o comportamento criminoso e desrespeitoso contra o gestor, que é também 2º vice-presidente da Federação.

Sabemos da conduta ética do prefeito, que desempenha seu papel junto ao município de Boa Vista com zelo e transparência. Que as autoridades de segurança investiguem o responsável pelo crime e proceda conforme prevê a lei. É inadmissível que ataques como estes fiquem impunes.

Por fim, nos solidarizamos com o gestor e reforçamos o papel da Famup em defesa da democracia e dos prefeitos paraibanos. Atos de violência não serão toleradas.

China pressiona por demissão de Ernesto Araújo para liberar insumos das vacinas

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

Com a dificuldade de produzir doses das vacinas Coronavac e de Oxford em fábricas nacionais por conta da falta de insumos chineses, o Planalto foi interpelado pelo embaixador China em Brasília, Yang Wanmin, para que tome uma posição favorável em relação ao país asiático.

Os constantes ataques do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, ao governo chinês, desagradaram os asiáticos que pedem pela demissão do chanceler e por uma sinalização positiva do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) com ao menos um comunicado destacando a boa relação entre os dois países.

Na última quarta-feira, membros da política nacional como o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, estiveram reunidos com representantes da China para negociar uma solução para o impasse e a liberação dos insumos.

De acordo com informações da Gazeta do Povo, o embaixador chinês ressaltou que sempre existiu uma boa relação entre os dois países porém, por causa dos diversos ataques feitos por Ernesto Araújo contra a China ao longo dos últimos dois anos, essa relação estaria estremecida. “Com o Ernesto nós não conversamos mais”, teria afirmado Yang Wanming.

Após essa reunião, o presidente Jair Bolsonaro, de acordo com a Folha de S.Paulo, procurou contato com o presidente chinês Xi Jinping sem a intermediação de Ernesto.

Militares endossam demissão de Ernesto

Além da pressão da diplomacia chinesa, Ernesto Araújo também tem contra si a ala de militares e pragmáticos do governo Bolsonaro. Na visão deles, o Brasil precisa adotar uma postura mais pragmática após a posse do presidente americano, o democrata Joe Biden. O grupo se mostrou favorável à exoneração de Ernesto, cujo único empecilho é ainda ser bem quisto na ala ideológica do governo.

Banner Câmara

PLANTÃO COVID: Monteiro confirma 15 novos casos do vírus

Nota Informativa
Atualizada em 21/01/2021

A Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro informa que nesta Quinta-feira, 21, tivemos mais 15 novos casos CONFIRMADOS para Covid-19.

Sendo 09 (nove) casos 18, 29, 37, 42, 52, 53, 69, 78 e 82 anos sexo feminino e 06 (seis) casos 06, 10, 17, 45, 51 e 90 anos masculino. Foram orientados a realizar o isolamento domiciliar e estão sendo monitorados pela equipe de Vigilância em Saúde e Unidades Básicas de Saúde do Município.

Registramos mais um óbito de uma paciente de 84 anos, sexo feminino, hipertensa, estava interna no Hospital Pedro I.

Foi transferida uma paciente 53 anos, sexo feminino, hipertensa cardiopata, em Estado Geral Regular, para o Hospital Pedro I em Campina Grande, acompanhada pela Equipe do Hospital Regional Santa Filomena.

Totalizamos 12 (doze) pacientes internos. Em Campina Grande: 02 paciente no Hospital das Clínicas, 07 pacientes no Hospital Pedro I e 01 paciente no Hospital de Trauma de Campina Grande. Em João Pessoa 02 pacientes no Hospital da Unimed. Permanecem estáveis.

Atestamos que nesta data foram registrados mais 10 novos casos recuperados, totalizando 1708 casos recuperados da COVID-19.

⚠Reforçamos a importância de toda população seguir as orientações do distanciamento social, o uso de máscaras, a higienização das mãos com álcool 70% e demais medidas apresentadas pela Secretaria de Saúde.

MONTEIRO: Prefeitura realiza limpeza e desobstrução de todas as galerias pluviais da cidade prevenindo problemas no inverno

TCE vai cobrar lista de vacinados aos 223 municípios da Paraíba

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

Os integrantes do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) estão reunidos nesta quinta-feira (21) para fortalecer a fiscalização contra denúncias de fura-filas e privilégios na vacinação contra covid-19 na Paraíba. O presidente do TCE-PB, conselheiro Fernando Catão, adiantou que a corte está elaborando uma Nota Técnica direcionada aos 223 municípios da Paraíba.

Eles pretendem exigir a lista nominal das pessoas que estão na lista de vacinação para poder cruzar os dados dos vacinados e impedir que a influência política possa atrapalhar a vacinação dos grupos prioritários, conforme foi estipulado pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde da Paraíba. A ação de fiscalização pretende coibir o ‘desvio’ de doses que deveriam ser destinadas aos grupos prioritários e poderá desencadear em responsabilização criminal aos gestores, caso seja constatada alguma irregularidade.

Após o início da aplicação da Coronavac nesta semana, várias denúncias  já foram feitas de que algumas pessoas teriam passado na frente e sido privilegiadas no momento da vacinação. O prefeito de Pombal, dr. Verissinho foi o primeiro vacinado na cidade. Ele alegou que o fato de ser médico e atender voluntariamente a alguns pacientes na cidade o credencia como integrante do grupo prioritário. O Ministério Público vai investigar o caso e solicitar que o prefeito comprove a sua necessidade de ser o primeiro vacinado na cidade.

Na cidade de Belém, a prefeita, Dona Aline, também já recebeu a sua dose de Coronavac, mesmo sem ainda se enquadrar nos critérios prioritários. Ela tem 78 anos de idade e é considerada grupo de risco. Porém, no momento estão sendo vacinados apenas os profissionais da saúde que atuam na linha de frente contra covid-19, os indígenas e os idosos institucionalizados, que vivem em casas de apoio.

Em Manaus, após uma onda crescente de denúncias acerca de influências políticos sendo utilizadas para furar a fila da vacinação, o Tribunal de Contas do Estado também utilizou uma ação parecida e vai exigir a lista com os nomes dos vacinados, assim como os critérios utilizados para a vacinação. Os gestores que não entregarem essa lista deverão responder por desobediência e poderão ser penalizados.

Prefeito de Boa Vista é alvo de denúncias caluniosas e ameaça de morte nas redes sociais

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

O prefeito do município de Boa Vista, André Gomes, foi alvo nesta quarta-feira(20) de uma série de postagens através da redes sociais com denúncias caluniosas, difamações e ameaças de morte. O autor das postagens já foi apreendido por porte ilegal de arma de fogo.

O prefeito André Gomes (PDT) do município de Boa Vista, Cariri paraibano, foi alvo de diversas mensagens através das redes sociais Facebook e Whatsapp com denúncias caluniosas e até mesmo ameaça de morte. O autor das postagens, identificado como Yann George Gomes Barbosa, se intitula como líder da oposição no município e declarou “guerra total a situação, liberdade ou morte” conforme traz uma de suas mensagens.

Em contato com o gestor, sobre se o mesmo tomou ciência das ameaças e acusações, informou “que tomou conhecimento, assim como toda população, através das redes sociais e pelo grande número de mensagens de apoio e solidariedade”, revelou.

“Além de inúmeros impropérios, o autor lançou ameaças à minha integridade física, com conteúdos que perpassam de meras críticas político-oposicionistas, o que tive que tomar providências e procurar as autoridades policiais”, confirma o prefeito André Gomes.

No conteúdo das mensagens é possível identificar claramente frases como “Canta de galo, gestor! Vou aí agora”; “Quem vai te pegar sou eu”; “Chega, André! Tô pronto! Cuida!”; “A ponta do meu fuzil é a causa de toda minha vida!”; “Tua morada será no São Miguel” fazendo referência ao nome do cemitério municipal.

O que preocupa o gestor, conforme informou amigos próximos, é que o autor dessas ameaças foi recentemente apreendido com uma arma de fogo de uso restrito das forças de segurança durante uma bebedeira em uma festa no município, além de ter utilizado do porte ilegal para fazer ameaças aos presentes, evidenciando que trata-se uma pessoa perigosa e de má índole. (Com Bruno Lira)

Banner Ecos TV

Lula diz que foi diagnosticado com Covid-19 em Cuba e fez quarentena no país

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

O ex-presidente Lula (PT) anunciou nesta quinta-feira (21) que foi diagnosticado com Covid-19 em Cuba, durante uma viagem iniciada em 21 de dezembro, mas que já está recuperado da doença.

Além do exame positivo, o ex-presidente também foi submetido a um exame de tomografia, que mostrou lesões no pulmão que, segundo o comunicado oficial, são compatíveis com “broncopneumonia associada à Covid-19”.

A broncopneumonia é uma inflamação dos brônquios, enquanto a pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões. Geralmente causada por bactérias mais comuns, a broncopneumonia costuma ser mais branda.

Em nota oficial, ele afirma que cumpriu a quarentena no país e que não precisou ser internado. O ex-presidente afirma ainda “que decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao Brasil para preservar sua família e a dos demais infectados”. Lula voltou a São Paulo na quarta-feira (20).

Lula viajou com com uma comitiva de um total de nove pessoas, e apenas uma não teve resultado positivo para coronavírus. O único a ser internado foi o escritor Fernando Morais, que teve complicações pulmonares.

Diagnóstico de Covid-19

De acordo com o comunicado, Lula chegou à Cuba no final de dezembro para as gravações de um documentário. Ele viajou com sua esposa, a socióloga Rosângela da Silva, conhecida como Janja, e outras sete pessoas. Todos se submeteram a exames diagnósticos do tipo RT-PCR no Brasil, antes de viajar; no dia 21 de dezembro, quando chegaram em Cuba; e no dia 26 de dezembro, seguindo os protocolos cubanos de testagem de viajantes.

Nos exames feitos no dia 26, Lula e outros sete integrantes da comitiva tiveram resultados positivos para Covid-19. Apenas uma jornalista que acompanhava o grupo obteve o teste negativo.

Em nota, o ex-presidente diz que apenas uma pessoa, das 8 que foram diagnosticadas com a doença, precisou de internação hospitalar.

No comunicado, Lula agradece a “dedicação dos profissionais de saúde e do sistema de saúde pública cubano” e diz que o médico e ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, acompanhou a evolução da doença, “em contato direto e diário com os médicos cubanos”.

Agricultura de Monteiro reforça que pedidos sejam feitos aos presidentes de associações

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

A Secretaria de Agricultura de Monteiro tem buscado ocupar posição de protagonismo nos serviços oferecidos à população já neste primeiro mês do ano de 2021.

Esta semana tem sido de trabalho intenso revertido no reconhecimento da comunidade pelos resultados positivos obtidos. Nesta quarta feira, 21, a equipe da secretaria atuou no apoio aos produtores e comerciantes de produtos agroecológicos do município, onde em uma parceria com o governo do estado através do PROCASE, a gestão municipal entregou itens em um kit para prevenção ao covid, contendo um avental, um gorro de tecido com amarras ajustáveis, duas máscaras artesanais em tecido, um pote de 500 ml de álcool em gel 70%, um protetor facial, um litro de álcool em gel 70% líquido, três litros de água sanitária, um pulverizador costal manual (20l) e um termômetro digital infravermelho, sendo os últimos três para uso coletivo dos produtores.

No trabalho de campo nas comunidades rurais, as equipes da secretaria realizaram atendimentos de: conserto de cataventos no Assentamento dos Dez; abastecimento com carro pipa na comunidade de Queimadas; serviços de pá mecânica nos sítios Bom Jesus e Lagoa do Mato, e serviços de eletricista nas comunidades do Mocó e sítio Serra Branca.

ENCAMINHAMENTO DE PEDIDOS

Com relação ao encaminhamento de solicitações de serviços na zona rural, o secretário Chôva esclareceu mais uma vez que, o caminho ideal para que os pedidos cheguem até a secretaria é através do encaminhamento aos presidentes das associações rurais.

“É o caminho mais prático e organizado. Evita de que o morador se dirija à secretaria, e nos permite traçar um cronograma dentro das possibilidades fazendo com que os atendimentos sejam realizados em maior quantidade quando as equipes vão para cada setor”, reforçou o secretário.

Manoel Ludgério promove com políticos de Barra de Santana e solicita construção de adutora

O deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) esteve promovendo uma audiencia com representantes políticos do município de Barra de Santana, com o secretário chefe de governo Ronaldo Guerra, no Palácio da Redenção, em João Pessoa.

Em pauta, a urgente necessidade da construção de uma adutora emergencial em Barra de Santana, obra hídrica que vai garantir uma regularidade no abastecimento de água na região. “Audiência proveitosa, que com a permissão de Deus, e a dedicação da prefeita Cacilda e vereadores da sua base, uniremos forças junto ao governo João Azevêdo para que o município seja contemplado”, destacou Ludgério.

Estiveram acompanhando o deputado, o vice-prefeito de Barra de Santana Carlinhos de Genésio; o presidente da Câmara Ademilson Jr e os vereadores Jurema, Márcio e Novinho.

Setor de ovinocaprinocultura do nordeste recebe investimentos e Cariri será beneficiado

Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri Polícia Militar prende suspeito de praticar assalto no Cariri

A cadeia produtiva da ovinocaprinocultura do Nordeste vai contar com novos investimentos do Governo Federal por meio da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). A descentralização de mais de R$ 426 mil recursos para incremento da inovação tecnológica em polos produtores da região foi ratificada nesta terça-feira (19) durante audiência entre o superintendente da autarquia federal, Evaldo Cruz Neto, e Marco Aurélio Bomfim, chefe-geral da unidade Caprinos e Ovinos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), localizada em Sobral (CE). O diretor de planejamento e articulação de políticas da Sudene, Raimundo Gomes de Matos, também participou da solenidade.

É um prazer estabelecer a parceria com a Embrapa para fomentar a pesquisa e o desenvolvimento neste setor. Que seja a primeira de muitas iniciativas que possam contar com o apoio da Sudene“, comemorou o dirigente máximo da superintendência. Evaldo Cruz Neto adiantou, ainda, a possibilidade de publicação futura de um edital específico para seleção de projetos na área de ovinocaprinocultura.

Chefe-geral da Embrapa Ovinos e Caprinos, o pesquisador Marco Bomfim classificou a assinatura como uma oportunidade para o exercício de uma estratégia que integra várias políticas públicas para os territórios do semiárido nos quais esta atividade econômica é relevante.

A região do Cariri paraibano, que reúne 29 municípios, vai receber um centro de referência tecnológica em integração lavoura-pecuária-floresta para a Caatinga. Por meio desta técnica, territórios de pastagens passam por um processo de recuperação, ao mesmo tempo em que são implementados, naquelas propriedades, sistemas produtivos de alto valor agregado. Com isso, novas práticas econômicas podem ser desenvolvidas na região, com base em técnicas e sistemas de manejo sustentável do solo. O plano de trabalho do projeto também prevê o desenvolvimento de um cardápio forrageiro para o aumento da segurança alimentar dos rebanhos, garantindo a manutenção da atividade pecuária em situações de déficit hídrico típicos do semiárido.

Além da expansão de serviços de inovação tecnológica no setor de ovinocaprinocultura, o projeto também vai oferecer capacitação técnica a produtores em cada um dos polos. Serão realizadas consultorias por técnicos da Embrapa e distribuição de material informativo.

O diretor de Planejamento e Articulação de Políticas da Sudene, Raimundo Gomes de Matos, explicou que a celebração do acordo entre a Sudene e a Embrapa faz parte do conjunto de atividades previstas pelo Plano Regional do Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) para fomentar as vocações econômicas típicas da área de atuação da autarquia. O projeto de lei que institui a iniciativa encontra-se em tramitação na Câmara dos Deputados e aguarda votação em regime de urgência.

[+]   POSTAGENS