prefeitura
::MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros ::Adriano Galdino estuda lançar irmão candidato a deputado federal em 2022 ::Prazo para pagamento do IPTU com desconto de 20% termina nesta sexta em Monteiro ::Prefeitura de Monteiro efetua pagamento do funcionalismo do mês de janeiro ::Esquecida pela classe política, Transposição está há quase 1 ano sem trazer água para a Paraíba ::Prefeitura de Ouro Velho dá continuidade ao programa de perfuração de poços no município ::Arrecadação cresce 18,34% na PB, em quinto mês seguido de alta ::Monteiro presta contas ao Ministério Público Federal e Estado sobre vacinas contra a Covid-19 ::Estado paga salários de janeiro dos servidores nos dias 28 e 29 ::Mais de 17 mil doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas na Paraíba, diz MS Malves Supermercados

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

Dados atualizados pelo Ministério Público Federal (MPF) apontam que o número de denúncias já recebidas sobre ‘fura filas’ na vacinação contra a covid-19 chega, até esta quarta-feira (27), a 18. Dos seis municípios onde há unidades do MPF, apenas Monteiro ainda não houve registros de denúncias, conforme dados recebidos pelo ClickPB.

Desde o início da campanha de imunização há reclamações de descumprimento na ordem de vacinação dos grupos prioritários. Do total de denúncias feitas ao MPF, nove foram em João Pessoa, três em Campina Grande, três Guarabira, uma em Patos e dois em Sousa. As denúncias contabilizadas pelo Ministério Público Federal são das localidades onde há unidades do órgão na Paraíba.

É possível denunciar por meio do aplicativo MPF Serviços, após baixar no celular, e enviar as informações e provas disponíveis. Além disso, pelo endereço www.mpf.mp.br/mpfservicos e telefone da Sala de Atendimento ao Cidadão (83) 9.9108-0933 (atendimento das 8h às 15h). As promotorias de Justiça do Ministério Público da Paraíba também podem ser acionadas.

A orientação do MPF é que para poder denunciar é necessário reunir o máximo de informações possíveis: dia em que ocorreu o desvio, local, nomes de possíveis envolvidos e provas da prática como fotos, vídeos e mensagens que auxiliem na investigação. Após isso, enviar diretamente por um dos canais acima citados e até mesmo pelo aplicativo que aceita o envio de fotos, vídeos e documentos.

Adriano Galdino estuda lançar irmão candidato a deputado federal em 2022

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

Informações dos bastidores da política paraibana indicam que os planos do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (Avante), não é disputar uma vaga à Câmara Federal, como vem sendo ventilado. A ideia é lançar o irmão, Murilo Galdino, secretário de Articulação Política do Estado, na disputa por uma das 12 vagas. Adriano, porém, disse que ainda não há nada definido em relação ao assunto.

O deputado estadual também é lembrado para compor como candidato ao Senado Federal na chapa de reeleição do governador João Azevêdo (Cidadania), algo que não lhe motiva muito. “Ele não gosta do clima de Brasília”, revelou uma pessoa ligada a Galdino.

Neste contexto, sobraria a disputa pela vaga de vice-governador ou a de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Concorrer a reeleição também não está fora de cogitação.

QUEM É MURILO GALDINO

Cássio Murilo Galdino de Araújo é advogado e em 2012 foi eleito vereador de Campina Grande com 3.888 votos (1,79%), chegando a ocupar na Câmara Municipal a função de líder da oposição ao então prefeito Romero Rodrigues (PSD). Fora do parlamento, se dedicou à articulação política do irmão, Adriano Galdino. Em 2019 assumiu o comando do partido Cidadania de Cabedelo a convite do governador.

Recentemente foi nomeado secretário de Articulação Política da Paraíba e cumpre, diariamente, agenda com diversos prefeitos e lideranças da Paraíba, articulando ações e benefícios para os municípios.

Prazo para pagamento do IPTU com desconto de 20% termina nesta sexta em Monteiro

Banner educação

Prefeitura de Monteiro efetua pagamento do funcionalismo do mês de janeiro

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

A Prefeitura de Monteiro através da Secretaria de Finanças, anunciou que a realização do pagamento do funcionalismo se dará nesta quinta e sexta-feira, 28 e 29 respectivamente, aquecendo o comércio no município.

Recebem nesta quinta-feira os inativos, pensionistas e aposentados, assim como os funcionários lotados nas Secretarias de Desenvolvimentos Social, Montran e Cendov. Na sexta-feira, 29, podem sacar os servidores das Secretarias de Infraestrutura, Cultura e Turismo, Esportes, Agricultura, Administração, Finanças, Comunicação, Procuradoria Jurídica e Controladoria, Secretarias de Saúde e Educação.

“Começamos mais um ano com todas as contas pagas e o salário do funcionalismo em dias. Graças a Deus e ao trabalho da nossa secretaria de finanças que assegura o equilíbrio econômico da Prefeitura, temos o sentimento de dever cumprido e continuamos com um maior entusiasmo para seguir neste novo ano ”, comenta a prefeita Anna Lorena

Evite Filas
Para evitar filas no banco, a secretária de Finanças, Rosilda Henrique, relembra que o funcionalismo municipal pode usufruir do próprio aplicativo da instituição financeira para realizar transferências, além de pagamento de boletos e no próprio comércio através da função débito automático.

Para os que realmente necessitam realizar saques no banco é necessário o uso da máscara e higienização das mãos com álcool 70%, bem como a observância do distanciamento social tanto na fila quanto dentro do banco.

Esquecida pela classe política, Transposição está há quase 1 ano sem trazer água para a Paraíba

Prefeitura de Ouro Velho dá continuidade ao programa de perfuração de poços no município

Arrecadação cresce 18,34% na PB, em quinto mês seguido de alta

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

A arrecadação dos três impostos estaduais (ICMS, IPVA e ITCD), no mês de dezembro de 2020, registrou mais um crescimento acima de dois dígitos, subindo 18,34%, com relação ao mesmo período de 2019. É a quinta alta consecutiva da arrecadação da receita própria do Estado, após uma queda no período de abril a julho. Ela foi puxada mais uma vez em dezembro pelo carro-chefe da arrecadação do Estado, o ICMS (18,62%). A retomada de crescimento da receita própria foi iniciada no mês de agosto.

Os dados são da 16ª edição do ‘Boletim Covid-19’, divulgado nesta quarta-feira (27) pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB), que traz dados, gráficos e análises da arrecadação da receita própria (ICMS, IPVA e ITCD) do mês de dezembro e também do acumulado de abril a dezembro de 2020, período de influência da pandemia do novo coronavírus na arrecadação própria do Estado

Segundo o Boletim, dados da receita própria do Estado, acumulada de abril a dezembro de 2020, período de incidência da pandemia, mostram que houve elevação do superávit para R$ 136,6 milhões, resultando numa diferença positiva de 2,93% sobre igual período do ano anterior. Os tributos responsáveis pelo superávit foram do ICMS e o IPVA, que incrementaram a receita própria em R$ 116 milhões e R$ 31,6 milhões, respectivamente. Já o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) manteve ainda redução de receita de R$ 10,9 milhões, no acumulado do mesmo período.

O ‘Boletim Covid-19’, que é uma ação conjunta de diversas gerências da SEFAZ-PB, é uma publicação mensal. O informativo, em sua elaboração, tem contribuições da Gerência Operacional de Informações Econômico-Fiscais (GOIEF), da Gerência Executiva de Arrecadação e de Informações Fiscais (GEAIF), da Gerência de Planejamento (GPLAN), da Gerência de Tecnologia e Informação (GTI), da Escola de Administração Tributária (ESAT) e da Assessoria de Imprensa.

O informativo traz mais uma vez, nesta edição, os valores do repasse do Fundo de
Participação dos Estados (FPE) do mês de dezembro e do acumulado do ano. A edição completa do nº 16 está anexada nessa publicação e também disponível na página da Sefaz por meio do link https://abre.ai/b37n.

Banner Câmara

Monteiro presta contas ao Ministério Público Federal e Estado sobre vacinas contra a Covid-19

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

Para propiciar maior transparência e cumprimento das recomendações dos critérios do Ministério da Saúde, Ministério Público Federal – MPF e Secretaria de Estado da Saúde – SES, a Secretaria de Saúde de Monteiro prestou contas sobre o número de vacinados no município.

Nesta primeira etapa, com as vacinas CoronaVac – Sinovac, a Vigilância em Saúde realizou a aplicação nos diversos locais onde trabalham os profissionais de saúde da linha de frente no Hospital Regional Santa Filomena, Centros de Testagem do Covid-19, Samu, Upa, Laboratório Municipal, Vigilância em Saúde, Ceo, Atenção Básica (PSFs) e também os 22 idosos do Serviço de Convivência Iracema Bezerra de Menezes.

Ao todo até esta terça-feira, 26, 286 profissionais da saúde entre, Enfermeiros, Médicos, Biomédicos, Bioquímicos, Dentistas, Fisioterapeutas, Vacinadores, Técnicos de Enfermagem, Técnicos de Radiologia, Técnicos, ACD, Condutores, Recepcionistas, Maqueiros e Profissionais de apoio receberam a primeira dose da vacina.

A aplicação segue nesta quarta-feira, 27, com o acompanhamento dos membros do Conselho Municipal de Saúde no rigoroso controle na aplicação.

Conforme apontado na planilha de prestação de contas de vacinados, o município contou com 05 perdas de doses devido a quantidade não alcançar a quantidade a ser considerada completa para a aplicação.

“Temos a certeza que de acordo com a chegada das vacinas a população será vacinada, claro, seguindo todas as prioridades e protocolos. Temos fé que os casos diminuirão progressivamente de acordo com o aumento do número de imunizados. Frisamos que mesmo com a chegada da vacina, todos, absolutamente todos nós, precisamos continuar com as medidas contra a propagação da Covid. Portanto, usem máscaras, evitem aglomerações, cuidem da imunidade, usem álcool 70%, para que possamos retomar nossas atividades em 100% sem o medo da doença”, reforça a prefeita Anna Lorena.

Confira a lista dos vacinados em Monteiro até o dia 26 de janeiro de 2021
https://www.monteiro.pb.gov.br/public/portal/publicacoes/coronavirus/lista-vacinados-municipio-de-monteiro-paraiba

Estado paga salários de janeiro dos servidores nos dias 28 e 29

Mais de 17 mil doses de vacinas contra a Covid-19 já foram aplicadas na Paraíba, diz MS

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

Desde o início da vacinação contra a Covid-19, no dia 19 de janeiro, a Paraíba já aplicou 17.190 doses de vacinas, de acordo com os dados do Ministério da Saúde. A primeira vacina distribuída e aplicada foi a CoronaVac. Chegaram ao estado 114.846 doses da vacina, na primeira remessa, e 16,6 mil na segunda remessa.

No último domingo (24), 36 mil doses da vacina fabricada pela Oxford/AstraZeneca também chegaram à Paraíba. A vacinação com essa nova remessa também foi iniciada. A Secretaria de Estado da Saúde não tem informações de quantas doses de cada vacina já foram aplicadas na Paraíba.

Do total de doses recebidas até esta quarta-feira, 167.446, a Paraíba vacinou apenas 10,2%, de acordo com os dados do MS. O plano de operacionalização da vacinação contra Covid-19 do Estado da Paraíba prevê vacinar 1.202.872 pessoas que compõem o grupo prioritário. Até esta quarta-feira (27), 1,4% desse total recebeu a primeira dose da vacina.

As primeiras vacinas foram destinadas para profissionais da saúde que atuam na linha de frente contra a Covid-19, idosos institucionalizados, pessoas com deficiência institucionalizadas e indígenas aldeados. Eles receberam a primeira dose e aguardam o prazo para a segunda dose, que já está armazenada na Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Com a chegada da segunda remessa da CoronaVac, os idosos acima de 80 anos que estão acamados também passaram a ser prioridade para imunização.

Em toda a Paraíba, são mil salas de vacinação, que devem receber lotes de forma quase simultânea.

Jovem é assassinado e outro fica ferido em Monteiro

Banner Ecos TV

Novo reajuste nos preços da gasolina e do diesel entra em vigor a partir desta quarta

As charges do dia...

Prefeito Dalyson Neves se reúne com o governador João Azevêdo e garante parcerias para Zabelê

Wellington Roberto admite concorrer ao Senado ‘se for do interesse do povo’

MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros MPF recebe 18 denúncias de fura filas em cinco cidades paraibanas; apenas Monteiro não houve registros

Nome sempre lembrado para disputar o Senado, o presidente do Partido Liberal (PL) na Paraíba e deputado federal, Wellington Roberto, comentou nesta terça-feira (26) se em 2022 encarará, de fato, o pleito para representar o Estado no Congresso Nacional. Suplente do senador Humberto Lucena em 1994, ele assumiu a titularidade do mandato após o morte do parceiro de chapa em 1998.

“Já fui senador desenvolvi um grande trabalho e continuo fazendo isso com projetos relevantes para melhor a qualidade de vida da população como deputado. Sou um soldado do partido e se for interesse do povo paraibano, estarei na disputa sem problema algum”, afirmou.

Wellington também revelou não ter preferência pelos nomes de Daniella Ribeiro (Progressistas) e Romero Rodrigues (PSD), eventuais candidatos ao Governo da Paraíba, e João Azevêdo (Cidadania), pré-candidato a reeleição. “Democraticamente respeito eles, mas não faço parte de nenhum deste grupos citados”, declarou.

O parlamentar criticou Romero, ex-prefeito de Campina Grande, por não ter lhe agradecido pelos recursos que enviou para o combate à pandemia da Covid-19 no município. “Romero não teve nem a atitude de agradecer, colocamos R$ 35 milhões para a Saúde de Campina Grande e ele não fez o menor gestor de ir aos meios de comunicação para agradecer a nossa ação na fase mais crítica que sua administração passou com a falta de insumos”, relatou.

Wellington, que coordena a campanha do alagoano Arthur Lira (Progressistas) à Presidência da Câmara, ainda se disse confiante com a vitória do aliado. A eleição acontece no próximo dia 1º de fevereiro.

[+]   POSTAGENS