Cariri Ligado
::Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé ::Possível tremor assusta moradores em Monteiro ::Após chuvas, açude de Taperoá começa a sangrar no Cariri ::Câmara de Monteiro aprova Projeto de Lei que beneficia idosos ::Dupla rouba motocicleta na zona rural de Monteiro ::Rômulo passa bem após cirurgia bariátrica em São Paulo ::Escolha novo presidente vai parar na Polícia na Paraíba ::Secretária da Prefeitura de Monteiro participa do Congemas Nordeste ::Gilmar Mendes manda soltar o empresário Eike Batista ::Prefeitura de Prata pagou salários dos servidores nesta sexta-feira Malves Supermercados

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

Banner Coringa Banner Coringa

Possível tremor assusta moradores em Monteiro

Após chuvas, açude de Taperoá começa a sangrar no Cariri

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

O açude Manoel Marcionilo, na cidade de Taperoá, no Cariri paraibano, ultrapassou a capacidade máxima de armazenamento e começou a sangrar no início da manhã deste sábado (29). Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) a sangria já era esperada, depois do aumento no volume do açude com as chuvas e o rompimento de uma barragem no estado de Pernambuco.

O reservatório tem capacidade para armazenar 15.148.900 de m³ de água. De acordo com o morador da cidade, Patrício Silva, o açude começou a sangrar por volta das 8h, com um pequeno fio de água ultrapassando a barragem. “Começou fraquinho, mas está aumentando ao longo das horas”, disse ele. Por volta das 11h a lâmina d’água já transbordava por toda a barragem.

Com o sangramento do açude, a água vai seguir pelo Rio Taperoá até um pequeno açude na cidade de Santo André. Depois disso, as águas seguem para o sítio Jacaré, na zona rural de Cabaceiras, onde ocorre o encontro do Rio Taperoá com o Rio Paraíba, já na entrada da bacia hidráulica do açude Epitácio Pessoa, conhecido como Açude de Boqueirão, que está com apenas 3,3% da capacidade total.

Segundo presidente da Aesa, João Fernandes, o sangramento do açude ocorreu após as chuvas registradas na região, mas também por causa do rompimento de uma barragem. “Uma barragem de Pernambuco estourou há alguns dias e essa água chegou até o açude através do Rio Taperoá. Mas, a sangria está ocorrendo também por causa das chuvas que estão sendo registradas no Cariri e no Sertão da Paraíba. Historicamente, entre março e abril, as chuvas são boas e este ano estão acima da média”, disse ele.

Açude estava com 3,2%

Há pouco mais de um mês o açude de Taperoá estava quase seco. Segundo os dados da Aesa, em 14 de março deste ano, o açude estava com 487 mil metros cúbicos de água, que equivale a 3,2% do volume total. Após dois dias de chuvas fortes na região, o volume havia aumentado para 5,6 milhões de metros cúbicos de água, que corresponde a 37,5%, no dia 16 de março.

Já no último dia 14 de abril, o açude havia atingido o volume de 12.688.610 m³, o que equivale a 83,8 % da capacidade total, após 24 horas de chuvas nas regiões do Cariri e do Sertão. Ainda segundo a Aesa, com a capacidade máxima atingida, a população volta a ter garantia de abastecimento, sem racionamento.

Banner educação

Câmara de Monteiro aprova Projeto de Lei que beneficia idosos

Dupla rouba motocicleta na zona rural de Monteiro

Rômulo passa bem após cirurgia bariátrica em São Paulo

Escolha novo presidente vai parar na Polícia na Paraíba

Banner Câmara

Secretária da Prefeitura de Monteiro participa do Congemas Nordeste

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

O Encontro Regional do Colegiado Nacional dos Gestores Municipais de Assistência Social – Congemas Nordeste, promovido pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social da Paraíba, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH) teve a participação da Secretária de Desenvolvimento Social de Monteiro Rosa Aleixo, representando o município.

O evento foi realizado no Centro de Convenções de João Pessoa e teve como objetivo discutir formas de fortalecer e capacitar novos gestores, conselheiros municipais, pesquisadores, trabalhadores, na área da política de Assistência Social, sobretudo, de formação e articulação entre os participantes.

Durante os dois dias do encontro, a nível Nordeste, foram discutidos o Plano Decenal e os avanços e desafios para efetivação do SUAS – Sistema Único de Assistência Social, com o objetivo debater formas de fortalecer e capacitar novos gestores, conselheiros municipais, pesquisadores, trabalhadores, na área da política de Assistência Social, sobretudo, de formação e articulação entre os participantes.

Ainda na pauta estiveram os assuntos: Proteção Social Básica, Proteção Social de Média e Alta Complexidade, Cadastro Único (programas de transferência de renda e bolsa família, participação popular e controle social), Execução Orçamentária e Financeira.

“Este foi um momento de troca de experiências para que Monteiro avance ainda mais, e diante de tudo, percebemos que estamos caminhando muito bem, estamos na linha certa no que diz respeito às políticas sociais no município.” Disse Rosa, sobre o saldo do evento.

O Congemas Nordeste realizado na Paraíba serviu como preparação para o Encontro Nacional, que ocorrerá de 19 a 21 de junho, em Porto Seguro/BA.

Gilmar Mendes manda soltar o empresário Eike Batista

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus nesta sexta-feira (28) para libertar o empresário Eike Batista, preso em janeiro pela Polícia Federal na Operação Eficiência.

Eike teve a prisão preventiva decretada após dois doleiros dizerem que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, o equivalente a R$ 52 milhões, em propina. O pagamento teria sido feito em troca de contratos com o governo estadual. Ele já foi denunciado nas investigações por corrupção e lavagem de dinheiro.

De acordo com a decisão de Gilmar Mendes, caso haja algum outro mandado de prisão expedido, Eike deverá permanecer preso. Procurado pelo G1, o advogado Fernando Martins, que defende o empresário, disse que não há outros decretos de prisão contra Eike e que, com a decisão de Gilmar Mendes, ele deverá ser solto.

Na decisão, Gilmar Mendes determinou que o juiz responsável pelo caso, Marcelo Bretas, analise a necessidade de medidas cautelares alternativas à prisão.

Tratam-se de restrições, que podem incluir uso de tornozeleira eletrônica, comparecimento periódico à Justiça, proibição de encontrar outros investigados e de deixar o país, por exemplo.

“[…] Defiro o pedido de medida liminar para suspender os efeitos da ordem de prisão preventiva decretada em desfavor do paciente Eike Fuhrken Batista […] se por algum outro motivo não estiver preso, determinando, ainda, que o Juízo analise a necessidade de aplicação das medidas cautelares previstas”, diz o ministro na decisão.

A decisão do ministro já foi encaminhada ao juíz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Dessa forma, Eike Batista pode ser solto já nesta sexta, a depender da velocidade dos trâmites burocráticos, como a notificação do juíz e a comunicação ao presídio onde o empresário permanece detido.

Prefeitura de Prata pagou salários dos servidores nesta sexta-feira

O prefeito de Prata, Junior Nóbrega, em reunião com a sua assessoria de comunicação na pessoa de André Luiz, reafirmou compromissos com a categoria do funcionalismo público para o pagamento dentro do mês trabalhado, mas alertou que constantemente tem adotado medidas de impacto para corte de despesas e redução nos gastos para fazer frente aos compromisso em atender a população em seus anseios e manter a regularizada nos pagamentos dos salários e principalmente dos fornecedores.

“Vivemos um momento que exige rigoroso controle nos gastos públicos para não prejudicar o nível de investimentos, acompanhado do fiel cumprimento dos compromissos municipais, pois existem obrigações que a administração municipal assume junto ao comércio, enfim tudo que é feito no dia a dia para que a gestão obtenha os resultados para atender a demanda local”, disse o prefeito por meio da assessoria.

Segundo o secretário de Finanças, Nivaldo Sátiro, o servidor público de Prata tem muito que comemorar no dia 1 de Maio, quando se festeja o dia do trabalhador, pois a regularidade é uma das principais ações da gestão do prefeito Junior Nóbrega. “É claro que também sofremos os impactos da crise econômica, mas como a questão salarial é prioridade junto com outros investimentos da administração municipal, os servidores sempre serão tratados com respeito pela atual administração.

O prefeito frisa que sua gestão não abre mão do compromisso com o servidor público, pautado no pagamento do salário dentro do mês trabalhado e o que por sua vez, fomenta toda a economia da cidade. “Com disciplina estamos fechando mais um mês com a folha de pagamento em dia, sem deixar de investir em áreas essenciais e promover o desenvolvimento da nossa cidade e em prol do cidadão”.

Câmara de Monteiro realiza sessão com vários projetos importantes

Foi realizada na última quinta-feira (27) mais uma sessão da Câmara Municipal de Monteiro, na Casa José Ferreira Tomé. A sessão foi presidida pelo vereador Hélio Sandro pela 1ª vez, pois o presidente Bero de Bertino encontrava-se enfermo.

Entre os projetos mais relevantes da noite, os vereadores Lito de Dona Socorro de Cajó Menezes solicitaram dois ônibus rodoviários ao governo do estado para Monteiro.

Já o vereador Toinho de Nequinho solicitou diversas reposições de lâmpadas que inclusive já começaram a ser atendidas através do cronograma criado pela prefeitura municipal

Os vereadores de oposição parabenizaram a prefeitura por esta reposição de lâmpadas.

Já o vereador Cajó teve aprovado o PDL que solicita a criação do programa de vacinação domiciliar para idosos em Monteiro, além de colocar em pauta o PDL que solicita a criação do momento cívico nas escolas da rede municipal com execução semanal dos hinos nacional e de Monteiro.

Já o vereador Raul Formiga apresentou moções de aplauso para vários jovens atletas de Monteiro, além do jovem José Lucas, filho de Josenice que foi recentemente aprovado na OAB.

O vereador Hélio Sandro foi parabenizado pela condução dos trabalhos e agradeceu a oportunidade a confiança dos pares nesta noite.

Banner Ecos TV

Começa a 17ª Festa do Jegue de Zabelê

OS “BOÊMIOS CÍVICOS”

Por Ramalho Leite

Como eles trabalhavam até altas horas, “desvirginando a madrugada” como diria no futuro o nosso Gonzaquinha, Getúlio Vargas os apelidou de “boêmios cívicos”. Era a Assessoria Econômica, capitaneada por Rômulo de Almeida e da qual faziam parte ainda o sociólogo Jesus Soares Pereira e o paraibano Cleanto de Paiva Leite, além de outros igualmente talentosos e que se demorariam ainda muito tempo servindo à Pátria na área do desenvolvimento. Foi dessas cabeças pensantes, reunidas por Getúlio em quase sigilo, que surgiu o projeto de criação da Petrobrás, com esse acento agudo retirado mais tarde. “A Assessoria foi uma solução informal e muito imaginativa do presidente Getulio Vargas para escapar do cerco político ao qual ele tinha sido obrigado na escolha dos ministros”, conceituaria Cleanto de Paiva Leite.

A Assessoria Econômica previa que o investimento da Petrobras alcançaria o triplo do gasto em Volta Redonda, esta, produto de negociação de Getulio com os americanos em troca da participação do Brasil na segunda guerra. A proposta original previa a criação de uma sociedade de economia mista, com a União proprietária de 51% das ações, e permitindo que o restante fosse composto pelo capital privado, com a concessão de 10% às mãos de estrangeiros. A UDN, partido em oposição ferrenha ao governo, sempre defendera essa participação do capital privado nas empresas estatais, mas diante do projeto de Getulio, passou a chamá-lo de entreguista e abraçou o monopólio estatal.

Depois de mais de dois anos de discussões acirradas no Congresso, finalmente, a empresa foi criada, e reservado o monopólio ao estado brasileiro. A UDN, històricamente, se arvorou em “mãe do monopólio da Petrobras”, pois da sua bancada surgiu a formulação finalmente aprovada. O resultado, porém, nasceu da astúcia política de Getúlio, segundo conta o cearense Lira Neto, um dos principais biógrafos de Vargas.

Lastreado em informação de Tancredo Neves, Lira conta que certo dia Getulio mandou chamar alguns parlamentares ao Catete. Entre eles, o próprio Tancredo, o baiano Antonio Balbino e o gaúcho Brochado da Rocha. Getúlio lhes confessou que sempre fora favorável ao monopólio estatal do petróleo. Todavia, temendo que sua proposta fosse derrubada por mera pirraça da oposição, preferiu esperar que “algum parlamentar mais neutro propusesse uma emenda”. “A malícia do presidente era realista”, diz Tancredo. “Os parlamentares da Uniao Democratica Nacional passaram a apoiar a tese do monopólio estatal do petróleo”.

Getúlio não poderia prever, porém, que do final do século passado e antes de chegar à segunda década do seguinte, a empresa que criou para prospectar, refinar e comercializar petróleo, em terra, e em mar revolto, fosse atacada por um verdadeiro tsunami. Mãos inidôneas que não se sujaram de óleo, foram contaminadas pelo vírus da corrupção, sugando o produto mais valioso do povo brasileiro.

Quem foi contaminado, está identificado e vai pagar pelos prejuízos causados à nossa maior empresa estatal. Os crimes apurados não podem, todavia, servir de motivo para a derrubada de um governo legitimamente constituído. Na democracia, quem manda é o voto. É pelo voto que o eleitor exerce sua cidadania, elegendo, ou derrubando quem elegeu.(Republicado por incorreção dos personagens)

Secretarias de Monteiro fazem alerta sobre temas polêmicos nas escolas

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

Por conta da grande repercussão do jogo Baleia Azul – uma espécie de gincana que termina quando o participante atenta contra a própria vida – e da possível relação dele com casos de tentativas de suicídio, a Prefeitura de Monteiro, através da parceria entre as Secretarias de Educação, Saúde e Ação Social, estão promovendo palestras de psicólogos com os pais de alunos e professores nas escolas do município.

Nesta primeira etapa, os pais e professores dispõem de um psicólogo que aborda e tira dúvidas sobre o jogo. Na segunda etapa, as palestras serão voltadas para os alunos. A secretária de Educação, Ana Lima Feliciano ainda informa que existe a possibilidade dos diálogos acontecerem também para os alunos da rede estadual e privada da cidade, tendo em vista que este é um assunto de grande importância e impacto.

Esta atenção à prevenção será feita de maneira contínua com visitas às escolas dos profissionais de psicologia, uma ou duas vezes no mês conforme a demanda e quantidade de alunos dos educandários. Serão oferecidos também atendimentos individuais para orientação no dia-a-dia das crianças e adolescentes.

“Todo esse serviço que estamos oferecendo, visa sensibilizar os pais ou responsáveis pelos jovens estudantes no sentido de desenvolver junto a eles um olhar mais apurado, mais cuidadoso, para perceber modificações de comportamento e manifestações que não são normais, e fazer abordagens não invasivas, de forma a dialogar com o jovem e não invadir a privacidade que eles têm direito”, destacou a secretária de Educação, Ana Lima Feliciano.

“Em Monteiro não temos nenhum caso relacionado ao jogo, mas estas ações promovidas pela prefeitura servirão para preparar tanto nossas equipes, quanto os próprios pais e alunos, instruindo-os para que episódios não venham a acontecer”, ressalta a prefeita Anna Lorena Leite, que vê no jogo uma situação que demanda mais atenção para os pais e professores.

Valorização da vida

“Temos que trabalhar com os alunos o sentido de valorizar a vida. Se entram em um jogo como este é porque tem algo que tem que ser resolvido. Precisamos mostrar que essa não é a saída. Que precisam lidar de formas mais adequados”, disse Ana Paula Oliveira, secretária de saúde.

Ainda nestas palestras são abordados temas como gravidez e DSTs, também com o intuito de prevenção, já que hoje os jovens iniciam sua vida sexual precocemente e não buscam informações de como se proteger.

Prefeitura de Sumé efetua pagamento de salários do mês de abril

Banner Prata

Monteiro tem entrada da cidade interditada em dia de manifestação

Paralisação deixa a Capital sem ônibus, trens e com principais avenidas fechadas

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

Os ônibus de transporte público de João Pessoa e os trens que fazem o transporte na Região Metropolitana na capital paraibana estão parados no início da manhã desta sexta-feira (28) devido a paralisação dos motoristas e funcionários da Companhia Brasileira de Trens Urbanos de João Pessoa (CBTU).

Além dos serviços de transportes parados, manifestantes fecharam pelo menos cinco avenidas de João Pessoa: Avenida Pedro II, na altura do Jardim Botânico, na Torre; a Avenida Via Expressa Padre Zé, próximo ao Campus da UFPB de João Pessoa; a Avenida Cruz das Armas, nas imediações da feira de Oitizeiro; A Avenida Tancredo Neves, no bairro do Ipês; e o Acesso Oeste, em João Pessoa.

Na saída para o Rio Grande do Norte e para o interior da Paraíba, no entrocamento das BRs 101 e 230, manifestantes também fecharam uma das faixas. As interdições tiveram início por volta das 5h e até as 7h, todas as avenidas estavam fechadas com pneus em chamas.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) informou que a Avenida Epitácio Pessoa, o Viaduto do Cristo, Avenida Hilton Souto Maior, em Mangabeira e Avenida Beira-rio, não estão interditados e podem ser alternativas para os motoristas.

Serviços paralisados
As agências bancárias em toda Paraíba estão fechadas nesta sexta-feira (28) porque os bancários aderiram à paralisação. Os Sindicato do Professores das escolas privadas de João Pessoa também aunciaram adesão à paralisação desta sexta. As escolas públicas também não vão ter aulas.

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) determinou ponto facultativo, para que os servidores que escolherem participar da paralisação não tenham o ponto cortado.

Campina Grande
A cidade de Campina Grande amanheceu nesta sexta-feira (28) sem transporte público. Os motoristas da principal empresa de ônibus foram até a garagem para cumprir expediente, mas não saíram com os veículos pelas ruas.

O presidente da empresa Nacional informou que os motoristas só voltam a trabalhar caso alguma decisão judicial seja expedida obrigando a circulação da rota mínima. A expectativa, contudo, é que esta decisão saia até umas 10h.

O reflexo da situação foi visto no Terminal de Integração, pois nas primeiras horas da manhã, o local estava completamente vazio. A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Campina Grande (OAB-CG) informou que vai integrar a paralisação.

Grupo explode agência dos Correios em Boa Vista, no Cariri paraibano

Monteiro lança programa beneficiando moradores da zona rural

Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé Adolescente é assassinado com dois tiros em Sumé

A Prefeitura de Monteiro lançou nesta quinta-feira, 27, o programa “Sorriso na Comunidade”, que tem o objetivo de atender a população residente na zona rural na moldagem de prótese dentária.

A ação coordenada pela secretária de Saúde, Ana Paula, envolveu toda a equipe do CEO – Centro de Especialização Odontológica e contou com o apoio de um carro odontológico e de profissionais com especialização na área odontológica.

Segundo informações da secretária Anna Paula, nesta primeira ação realizada na comunidade rural de Queimadas, foram atendidas 70 pessoas. “A prefeita Anna Lorena, com a experiência adquirida ao longo do período que esteve a frente da Secretaria de Saúde nos orientou a montar este projeto para que a equipe do CEO fosse diretamente para as comunidades rurais, evitando o deslocamento dos moradores até a cidade”, explicou Ana Paula.

A secretária Ana Paula afirmou que o programa Sorriso na Comunidade chegará a toda zona rural, principalmente naquelas mais distantes das unidades de saúde.

A prefeita Anna Lorena, que havia agendado uma visita ao local não teve como comparecer em virtude de compromissos surgidos de última hora, mas, fez questão de pessoalmente parabenizar a toda a equipe envolvida no programa Sorriso na Comunidade.

“Nós temos uma equipe comprometida com a população de Monteiro e através dela estaremos presentes em todas as comunidades rurais, procurando melhorar a qualidade de vida de todos os nossos conterrâneos”, disse a prefeita Anna Lorena.

Monteirenses são recebidos no gabinete de Wellington Roberto, em Brasília

[+]   POSTAGENS