Cariri Ligado
::EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações ::Suspeito de matar homem com golpes de faca no Cariri é preso ::PF encontra recibos com inscrição ‘Cx 2’ no apartamento de Aécio ::Temer pede sorteio de novo relator para inquérito no STF ::Prefeito Éden participa de debate a sobre reforma da previdência ::Deputado e assessores do governo da PB são denunciados pelo MPF ::Evento em alusão ao dia do assistente social é um sucesso em Monteiro ::Prefeitura de Monteiro investe no projeto de Combate ao Glaucoma ::IBGE está disponibilizando vagas temporárias para São Sebastião do Umbuzeiro ::MI diz que que problema na vazão da transposição é decorrente da ‘fase de testes’ Malves Supermercados

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

Banner Coringa Banner Coringa

Suspeito de matar homem com golpes de faca no Cariri é preso

Policiais civis cumpriram, na tarde desta sexta-feira (26), mandado de prisão preventiva contra um suspeito de assassinar um homem com golpes de faca.

De acordo com as investigações, o suspeito foi denunciado por testemunhas como sendo o responsável pelo assassinato. O crime aconteceu por volta das 5h da manhã do dia 8 de maio, no Sítio Riachão, que fica na Zona Rural do município de Barra de Santana, no Cariri paraibano, a 133 km de João Pessoa. A vítima foi atingida por golpes de faca e morreu no local da ocorrência.

A polícia vinha realizando buscas desde o dia do assassinato e durante esses levantamentos descobriu onde o suspeito estava escondido. Foi montada uma campana e nesta sexta-feira ele foi surpreendido pelos policiais e preso. O detido foi ouvido e depois encaminhado para a Central de Polícia de Campina Grande, no bairro do Catolé, na Zona Sul da cidade. Ele vai ficar recolhido na carceragem até ser apresentado ao juiz em audiência de custódia.

PF encontra recibos com inscrição ‘Cx 2’ no apartamento de Aécio

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

A Polícia Federal informou ter encontrado “diversos comprovantes de depósitos e anotações manuscritas, dentre elas a inscrição ‘CX 2′” – que seria uma referência a recebimento de dinheiro por meio de caixa 2 – durante as apreensões feitas no gabinete e nas residências do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) na Operação Patmos, deflagrada no dia 18. Os documentos foram encontrados no apartamento que o tucano tem na Avenida Vieira Souto, no Rio, “acondicionados em saco plástico transparente, dentre eles um papel azul com senhas”.

A lista completa de materiais apreendidos inclui telefones celulares, obras de arte, documentos e anotações sobre a Construtora Norberto Odebrecht e o empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS. Um aparelho bloqueador de sinal telefônico também foi apreendido, além de uma escultura e 15 quadros – um deles com a inscrição “Portinari”.

Já no gabinete do tucano no Senado, foram apreendidas “planilhas com indicações para cargos federais” e cópias de uma agenda de 2016 com os nomes de Joesley e da irmã de Aécio, Andrea Neves, presa durante a operação. Há ainda o registro de um “papel manuscrito contendo anotações citando o ministro Marcelo Dantas”, em uma possível indicação ao ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, investigado na Lava Jato.

O relatório do material apreendido no gabinete do senador inclui ainda “folhas impressas no idioma aparentemente alemão, relativo a Nobert Muller“. Nobert Muller e a esposa Christine Puchmann são doleiros que já foram investigados na Justiça Federal do Rio de Janeiro, na Operação Nobert. O casal seria responsável por criar e manter contas bancárias em Liechtenstein, paraíso fiscal na Europa. Na investigação havia uma referência a Inês Maria Neves Faria, mãe de Aécio. Os doleiros foram denunciados, mas o inquérito foi arquivado.

Banner educação

Temer pede sorteio de novo relator para inquérito no STF

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

Em um movimento que vinha sendo estudado desde o início da semana, a defesa do presidente Michel Temer pediu que o inquérito aberto contra o peemedebista no Supremo Tribunal Federal (STF) seja redistribuído, em um sorteio de um novo relator. Atualmente, o processo está nas mãos do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo. A defesa alega que o inquérito não tem relação com os crimes envolvendo a estatal.

Temer também pede que a investigação seja desmembrada, e corra em separado à apuração sobre os fatos suspeitos contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

A petição da defesa de Temer foi encaminhada ao ministro Edson Fachin, relator do inquérito, poucas horas depois de a Procuradoria-Geral da República (PGR) ter pedido autorização para marcar o depoimento do presidente. Enquanto a defesa pede a suspensão da investigação até a conclusão da perícia no áudio de Joesley Batista, o procurador-geral Rodrigo Janot defende o prosseguimento, alegando que, por haver investigado preso, o prazo para a conclusão da apuração e para o oferecimento de denúncia é mais curto do que o normal.

Os advogados de Michel Temer dizem que “os fatos que se pretende levar a investigação em face do Sr. Presidente da República são totalmente distintos daqueles imputados ao Senador Aécio Neves e ao Deputado Rodrigo Loures”.

Sobre o sorteio de um novo relator, a defesa afirmou que a investigação não tem nada a ver com a Lava Jato, com a delação premiada do ex-dirigente do BNDES Fábio Cleto e com a denúncia que foi oferecida contra o então deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – este último caso baixou para a primeira instância após o peemedebista perder o cargo.

“Em suma, Culto Ministro, a conclusão que fica é a de que os fatos imputados ao ora requerente não guardam conexão processual com qualquer outro procedimento já instaurado. Não há qualquer risco de conduções conflitantes caso, na distribuição, seja sorteado outro Ministro como Relator. Não haverá qualquer prejuízo à prestação jurisdicional”, afirmam Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, Sérgio Eduardo Mendonça de Alvarenga e Gustavo Bonini Guedes, advogados do presidente.

Prefeito Éden participa de debate a sobre reforma da previdência

Deputado e assessores do governo da PB são denunciados pelo MPF

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

O Ministério Público Federal denunciou o líder do Governo Ricardo Coutinho na Assembleia Legislativa, deputado Hervázio Bezerra (PSB); o ex-secretário executivo de Comunicação, Célio Alves; o assessor do governador, Sales Dantas e os advogados Fábio Rocha e Celso Fernandes. A acusação é de que eles teriam divulgado fatos na campanha de 2014 que foram considerados inverídicos, ou seja, que não existiam, com a suposta intenção de prejudicar a candidatura adversária do então candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Segundo o MPF, “os cinco acusados divulgaram fatos que sabiam inverídicos em relação ao candidato (Cássio) capazes de influenciar o eleitorado, além de caluniar e difamar os candidatos para fins de propaganda imputando-lhes fatos definidos como crimes e ofensivos à reputação”.

O caso em questão trata-se de uma ligação feita por Sales Dantas para o prefeito de Caiçara, Cícero Francisco da Silva (PSB), se fazendo passar por um assessor do senador Cássio, oferecendo dinheiro para que aderisse à candidatura do tucano.
Segundo os autos do processo, a ligação teria sido planejada pelo deputado Hervázio Bezerra e executado por Sales Dantas com a anuência do ex-secretário Célio Alves e dos advogados.

Divulgação estadual pela imprensa – Depois de feita a gravação, o deputado, os assessores do governador e os advogados convocaram uma coletiva na Associação Paraibana de Imprensa para fazer a denúncia. A coletiva foi transmitida ao vivo em cadeia estadual de rádio com o objetivo de alcançar o maior número de eleitores possíveis.

Ainda na denuncia do MPF, mesmo sabendo que se tratava de um trote e que sabiam que não existia o crime, os denunciados foram a público para denunciar como se fosse verdade com a clara intenção de denegrir a imagem do concorrente.

O procurador Regional Eleitoral, Marcos Alexandre Queiroga, sustenta que ao passar o trote para o prefeito e entregar a gravação para divulgação na imprensa, os denunciados tiveram o firme propósito de prejudicar o adversário do governador. Os denunciados infringiram os artigos 307, 323, 324 e 325 do Código Eleitoral e o artigo 70 do Código Penal.

Evento em alusão ao dia do assistente social é um sucesso em Monteiro

Banner Câmara

Prefeitura de Monteiro investe no projeto de Combate ao Glaucoma

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

A Prefeitura Municipal de Monteiro, através da Secretaria Municipal de Saúde está dando inicio ao Projeto Glaucoma, encaminhando ao Ministério da Saúde a proposta de implantação do Projeto para ser aprovado, visto que é uma doença que afeta a qualidade de vida das pessoas.

O projeto tem como objetivo, informar a população sobre os riscos do glaucoma e assim, realizar a capacitação dos mesmos para gerar a busca ativa de pessoas que apresentam problemas relacionados a doença.

A secretária de Saúde do município, Ana Paula, informou que no Centro de Especialidades Médicas (CEMED) já existem especialistas em oftalmologia que realiza atendimentos específicos e preventivos a saúde ocular e são oferecidos consultas e exames e fornecimento de alguns colírios e conta com aparelhos modernos para melhor atender a população.

Segundo a OMS, o glaucoma é responsável por 10% de casos de cegueira. No dia 26 de maio, o Ministério da Saúde celebra o dia nacional de combate ao glaucoma, uma doença nos olhos que pode levar à cegueira. Causada pela lesão do nervo óptico e relacionada à alta pressão do olho, o glaucoma pode causar sérias alterações no campo visual.

O tratamento para o glaucoma é oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2015, foram registrados 2,2 milhões de atendimentos, entre exames, consultas e cirurgias, sendo 47% a mais que em 2012, quando foram registrados 1,5 milhão de atendimentos. No ano passado, R$ 174,6 milhões foram investidos na realização desses procedimentos.

“Se considerarmos todos os 16 municípios da 5ª Região de Saúde da Paraíba, à qual Monteiro pertence, o número de atendimentos chega a 2.293 em 2015, e 2.379 em 2016, sendo 628 e 562 em cidadãos e cidadãs de Monteiro”, disse Ana Paula.

Na Paraíba apenas os municípios de João Pessoa, Campina Grande, Pombal e Sousa são habilitados para realizar o tratamento do glaucoma, por isso os casos registrados no município de Monteiro são levados para Campina Grande em busca do atendimento, o que causa inúmeros transtornos aos pacientes e à administração pública.

Diante dessa situação a Secretaria Municipal de Saúde de Monteiro apresentará ao Ministério da Saúde projeto para habilitar o serviço de diagnóstico e tratamento do glaucoma no município. Esse serviço será oferecido em âmbito regional, ou seja, Monteiro garantirá o atendimento aos cidadãos e cidadãs da 5ª Região de Saúde garantindo os seguintes exames:

– Tonometria para medir a pressão intra-ocular
– Campimetria que permite avaliar como e se o glaucoma afetou o campo de visão
– Oftalmoscopia ou exame do fundo do olho
– Gonioscopia que capta a sensibilidade das áreas visuais de cada olho através de um gráfico

Além dos exames supracitados, o município assegurará a consulta para diagnóstico do glaucoma, consulta para acompanhamento e avaliação do glaucoma e fornecimento de toda a linha de cuidados (colírios), seja para pacientes binoculares, monoculares em todas as formas de apresentações necessárias, desde que incorporadas ao SUS pelo Ministério da Saúde.

“Com isso esperamos melhorar a qualidade de vida do povo de nossa região com um atendimento mais humanizado, qualificado e confortável para todos os que dele necessitem”, conclui Ana Paula.

IBGE está disponibilizando vagas temporárias para São Sebastião do Umbuzeiro

MI diz que que problema na vazão da transposição é decorrente da ‘fase de testes’

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

O Ministério da Integração Nacional afirmou, nessa quinta-feira (25), que o problema na vazão da transposição é decorrente da ‘fase de testes’ do sistema e de ‘ajustes elétricos necessários’ nas bombas.

“O eixo leste está em funcionamento há apenas dois meses. Nessa etapa, está prevista a realização de ajustes elétricos nas motobombas instaladas nas seis estações elevatórias, caso seja necessário, inclusive com interrupções. Trata-se de um procedimento comum nessa atual fase, quando as estruturas e equipamentos ainda passam por testes”, informou o ministério.

O novo problema com a transposição do São Francisco na Paraíba começou nesse fim de semana, quando a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) registrou queda de vazão, saindo dos 7,38 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 5,14 m³/s.

“Constatamos a diminuição da vazão e comunicamos ao Ministério da Integração, que afirmou estar agindo para resolver o problema. Até hoje não chegamos a receber os 9 m³/s prometido, pelo contrário, a vazão é inconstante e já chegamos a registrar apenas 1,85 m³/s. Estão testando o sistema e servindo a gente na base de testes. Entendemos que existe um esforço, mas essa inconstância vai atrasar o planejamento para Boqueirão”, afirmou João Fernandes.

O açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão, já recebe água da transposição e registra ganhos significativos na recarga. Porém, a expectativa da Aesa de que o racionamento na região de Campina Grande, que recebe água do reservatório, possa acabar no início do segundo semestre, pode mudar por causa da redução na vazão.

O racionamento só poderá ser ‘repensado’ quando o açude de Boqueirão alcançar 8,2% da capacidade. Até esta sexta-feira (26), o reservatório tinha 5,1% do volume total.

Saúde prorroga campanha de vacinação contra a gripe até dia 9 de junho

Banner Ecos TV

Curso de Educação do Campo em Sumé recepciona novos alunos

Adriano Wolff recebe gerente executivo das Casas da Cidadania do Estado

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

O Prefeito de São Sebastião do Umbuzeiro, Adriano Wolff, recebeu na manhã desta quinta-feira (25), o gerente executivo da Casas da Cidadania do Estado da Paraíba, Camilo Franco Filho, que veio fazer uma visita técnica no prédio onde será implantada a Casa da Cidadania no município.

A Casa da Cidadania será um Espaço do Cidadão em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), e irá atender não somente a população de São Sebastião do Umbuzeiro, mais de outros municípios vizinhos como Zabelê, São João do Tigre, Camalaú e Monteiro, que poderão procurar a cidade para retirar documentos e utilizar dos serviços oferecidos no local.

Camilo Franco Filho falou do objetivo da visita ao município: “É com muita alegria que estamos aqui na cidade de São Sebastião do Umbuzeiro, junto com o Prefeito Adriano, uma pessoa que tem o cuidado pela cidade e esteve na secretaria com a professora Cida Ramos, solicitando uma casa da Cidadania para a sua cidade, que venha a beneficiar São Sebastião do Umbuzeiro, e as cidades círculos vizinhas. Nós queremos trazer para a população a facilidade de tirar documentação, juntar toda parte de documentação dentro da Casa da Cidadania, como da Prefeitura, Governo Federal ou Estadual e em um único ambiente, o prédio atende a todos os requisitos e em breve estaremos inaugurando”, disse Camilo.

O Prefeito Adriano, enfatizou a importância da Casa da Cidadania: “Ganhamos esse presente que o Governo do Estado nos deu a nós umbuzeirenses a toda população, um espaço com segurança onde será feito toda documentação necessária básica com agilidade e segurança, realmente um local que nós estamos considerando de extrema importância, não só para São Sebastião do Umbuzeiro, mais para o Cariri para toda região, agente vai disponibilizar serviços não só para nossa população, mais para os municípios vizinhos como Zabelê, São João do Tigre, Monteiro e toda Região, eu diria que é um grande presente e estamos retribuindo para a população”, ressaltou o prefeito.

Polícia prende acusado de cometer assaltos em Juazeirinho e região

As charges do dia...

Banner Prata

Projeto Algodão Paraíba é destaque internacional

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

O resgate da cadeia produtiva do algodão de forma sustentável ganhou destaque internacional com a implantação do Projeto Algodão Paraíba pelo Governo do Estado. A observação é do presidente da Gestão Unificada (Emater, Emepa, Interpa), Nivaldo Magalhães, que vai participar, na cidade de Lima, no Peru, nos dias 1º e 2 de junho, de reunião do Comitê de Acompanhamento do Projeto CAP/Peru, para discutir e avaliar o fortalecimento do setor algodoeiro, por meio do Projeto de Cooperação Sul-Sul trilateral, entre Brasil, FAO e países membros do Mercosul, que demonstraram interesse na participação da extensão rural brasileira no projeto de revitalização da cultura do algodão naquele país.

Integram também a comitiva paraibana o diretor administrativo da GU, Francisco Jean Queiroga da Costa e o diretor técnico da Emater, Vlaminck Paiva Saraiva, atendendo convite da Organização das Nações Unidas para Alimentação (FAO) e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), integrante do Ministério das Relações Exteriores, no âmbito do Projeto de fortalecimento do setor algodoeiro, por intermédio da cooperação Sul-Sul.

A programação vai de 29 de maio a 2 de junho e envolve reuniões técnicas e dias de campo nas cidades de Lima e Ica, onde o diretor técnico da Emater, Vlaminck Saraiva compartilhará com os agricultores presentes, experiências do projeto Algodão Paraíba. Os eventos acontecem nas Unidades Técnicas Demonstrativas (UTDs), localizadas em Pisco, uma das regiões produtores de algodão.

Segundo Nivaldo, o Algodão Paraíba já foi apresentado para representantes de mais de 40 países em importantes eventos do setor algodoeiro, como ocorreu durante congresso internacional, no ano passado, em Goiana (GO), no lançamento do documentário For the Love of Fashion, produzido pela National Geographic, em São Paulo, e no Seminário Internacional realizado em Assunção, no Paraguai.

A experiência exitosa do projeto também foi compartilhada com agricultores familiares de países membros do Mercosul, integrantes do projeto de cooperação Sul-Sul.

Resultados – Vlaminck Saraiva explicou que o algodão cultivado de forma sustentável tem garantido benefícios ambientais e econômicos às famílias agricultoras com preços assegurados mediante contrato de compra e venda, negociado entre agricultor e o parceiro comercial do projeto, a Indústria Têxtil Norfil/SA.

Ele informou que mesmo com a estiagem do ano passado, a safra 2016 foi de mais de 11 toneladas de algodão branco em rama. A previsão de colheita para este ano é de aproximadamente 90 toneladas, numa área de 120 hectares, beneficiando mais de 100 agricultores familiares produtores de algodão branco agroecológico.

Pro desespero de João Pereira, "musa” presa na Lava Jato vai pra Revista Sexy

Chuva adia o anúncio da programação do São João de Monteiro

Prefeitura de Sumé convoca mais concursados e já planeja um novo concurso

Governo fala em manipulação de dados e nega excesso de ‘codificados’

EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações EXCLUSIVO: Divulgada a programação do São João de Monteiro; confira as atrações

O Governo do Estado montou uma verdadeira força-tarefa nesta quinta-feira (25) para desmentir as acusações de que mantém em sua administração um número excessivo de pessoas conhecidas por funcionários ‘codificados’. Secretários que participaram de uma entrevista coletiva defenderam uma investigação aprofundada sobre o que alguns deles chamaram de manipulação nos dados que tratam dos números desses funcionários.

O Procurador-Geral Gilberto Carneiro afirmou que os dados divulgados pela Secretaria de Saúde foram manipulados, mas ele não quis dizer quem teria ‘distorcido’ esse levantamento. “Essa manipulação aconteceu, isso é fato! Alguém manipulou esses dados para efeito de superestimar os valores e atribuir ao Governo de que pessoas estavam recebendo aquém do que ela teria direito a receber”, afirmou Carneiro.

Ele explicou que 8.012 pessoas recebem, atualmente, por produtividade e não possuem outro vínculo. Segundo Gilberto Carneiro, os valores pagos foram feitos conforme os plantões realizados. “Os servidores efetivos que recebem essa gratificação também foram incluídos na lista”, declarou o procurador.

Gilberto Carneiro adiantou que os responsáveis pela manipulação dos dados serão acionados na Justiça. Porém, mais uma vez se esquivou de falar quem poderia ter sido o órgão a manipular esses dados.

Secretária fala em transparência

A secretária de Saúde, Cláudia Veras, falou em transparência e alegou que somente no governo de Ricardo Coutinho o Tribunal de Contas do Estado começou a receber dados informando sobre os ‘codificados’.

Cláudia Veras insinuou que houve manipulação e isso teria aumentado o valor da folha de R$ 15,6 milhões para R$ 23,8 milhões, ou seja, um aumento de mais de R$ 8 milhões.

“Na sexta-feira foi divulgada uma lista de pessoas que trabalham na saúde e essas lista não á acurada. Essas informações não foram precisas e os valores estão 52% a mais do valor da lista que apresenta os dados reais”, comentou a secretaria de Saúde.

De acordo com a secretária, 8.587 pessoas constavam na lista de ‘codificados’ em novembro de 2015. Ela informou que a secretaria está estudando uma saída administrativa para resolver a situação dessas pessoas.

Sem codificados

O secretário de Planejamento, Gestão e Orçamento, Waldson Souza, assegurou que não existem mais codificados no Estado. “Tratam-se de prestadores de serviços que possuem contas no banco e efetivamente trabalham”, resumiu.

A favor da CPI

Aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB), O deputado estadual Tião Gomes (PSL) defendeu a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa para investigar a situação dos codificados, pois isso iria mostrar o que foi feito nos governos anteriores.

“Ricardo recebeu o Estado com quase 11 mil pessoas nessa situação e o que foi que ele fez? Reduziu esse número e esse pessoal passou a receber como participante de um trabalho da Saúde. Essa CPI seria importante”, finalizou.

[+]   POSTAGENS