::Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão ::Chapa “Trabalho e Compromisso” vence a eleição para a diretoria do CDSA em Sumé ::Governo do Estado anuncia calendário de pagamento de novembro e 13º Salário ::Município de Monteiro receberá peça teatral sobre educação no trânsito ::Aguinaldo Ribeiro cobra votação de PEC ::LDO: Cássio propõe obras estruturantes para a Paraíba ::Mais Véia que a Serra (parte 377), em Monteiro, na década de 70 ::Festa em comemoração a vitória de Ricardo será nesta sexta, em Monteiro ::Bancada Federal da Paraíba se reúne e indica emendas para LDO 2015 ::Dilma garante inclusão de mais três grandes obras hídricas para a Paraíba Prefeitura de Prata

Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão

Banner Coringa Banner Coringa

Chapa "Trabalho e Compromisso" vence a eleição para a diretoria do CDSA em Sumé

Governo do Estado anuncia calendário de pagamento de novembro e 13º Salário

saquebancoO Governo do Estado divulgou nesta quinta-feira (20) o calendário de pagamento dos funcionários públicos para os dois últimos meses do ano. A folha de pessoal de novembro começa a ser paga na sexta-feira (29). Já o 13º Salário será repassado aos servidores a partir de 15 de dezembro. A programação de datas também inclui o 14º e 15º salários da Educação.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Administração, no próximo dia 29 o pagamento folha de pessoal do mês de novembro começa a ser repassado aos servidores, sendo primeiro para os inativos e depois para os ativos. Ela está estimada em cerca de R$ 280 milhões. O 13º Salário está programado para cair na conta bancária dos funcionários em 15 de dezembro. O benefício liberado deverá ser em torno de R$ 150 milhões no total.

Também foi definida no calendário a data de 18 de dezembro para o repasse do 14º e 15º salários do pessoal da Educação. O montante previsto é de R$ 100 milhões. Já o último provento do ano será efetuado em 28 de dezembro, estimado em um total de R$ 280 milhões.

O calendário anunciado reforça o compromisso do Governo do Estado com o pagamento da folha sempre dentro do mês trabalhado. Ainda segundo informações da Secretaria de Administração, o prêmio disponibilizado aos policiais que cumprirem as metas estabelecidas pelo Governo do Estado está previsto para ser efetuado em janeiro. Isso porque os números referentes aos índices de 2014 só são fechados no último dia do ano.

Confira abaixo o calendário dos pagamentos:

29/11 – folha de novembro
15/12 – segunda parcela do 13º Salário
18/12 – 14º e 15º salários da Educação
28/12 – folha de dezembro

Banner Segundo Wilson Ricardo

Município de Monteiro receberá peça teatral sobre educação no trânsito

Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão

A cidade de Monteiro receberá neste domingo, 23, na Praça Parque das Águas, um espetáculo produzido especialmente para a campanha de educação para o trânsito na Paraíba. O espetáculo itinerante de teatro de rua, tem como título “Cordel do Carro Encantado”.

O projeto foi proposto pelo Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-PB), “Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre”, levando a sociedade a refletir sobre de que maneira cada um pode contribuir para a construção de um trânsito melhor, mais seguro e mais humano.

O Cordel do Carro Encantado, de autoria de Tarcísio Pereira, é encenado por atores do grupo Quem Tem Boca é Pra Gritar, com direção de Mirtthya Guimarães e supervisão de Humberto Lopes, especializado em técnicas de Teatro de Rua.

O espetáculo tem 35 minutos de duração e pretende despertar o público para a conscientização das regras do trânsito. Para tanto, foi concebida uma dramaturgia que conta a história de um acidente automobilístico em que tudo se sabe menos quem foi o carro culpado pela colisão.

Na comédia, todos os personagens são carros e motos, os atores interpretam os veículos numa espécie de trama policial para se descobrir qual o carro foi responsável pela fatalidade no trânsito. Uma peça cheia de surpresas, música e alegria, em ritmo de cordel, onde todas as falas são rimadas do início ao fim.

A exibição do espetáculo é fruto de mais uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Monteiro, e o Campus VI da UEPB, a encenação começa as 19h30.

Aguinaldo Ribeiro cobra votação de PEC

aguinaldoribeirocobraO deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), participou ao lado dos deputados federais pernambucanos Gonzaga Patriota (PSB) e Luciana Santos (PC do B) de audiência em Brasília, com o ministro das Relações Institucionais Ricardo Berzoini com o intuito de cobrar, a votação da PEC – Proposta de Emenda à Constituição nº 02/03.

A PEC que é de autoria de Gonzaga Patriota, visa acrescentar os artigos 90 e 91 ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, da Constituição Federal, lançando mão de um permissivo constitucional para que os servidores públicos concursados, que estejam cedidos há mais de 10 anos ininterruptamente para outros órgãos, possam optar pela efetivação no órgão cessionário, em cargo de atribuições semelhantes e do mesmo nível de escolaridade, especialidade ou habilitação profissional do cargo efetivo ocupado no órgão de origem.

A proposta obriga os servidores públicos requisitados que estão cedidos há mais de 10 anos ininterruptamente, a optarem no prazo de 30 dias, após a sua promulgação, por permanecer onde estão trabalhando ou retornarem ao órgão de origem. De acordo com Patriota, esta iniciativa irá abrir muitas vagas para abrigar os concurseiros.

“A PEC do nosso companheiro pernambucano Gonzaga Patriota é exatamente para que os servidores públicos concursados que preencheram todos os requisitos constitucionais e, que estão há mais de 10 anos cedidos e servindo em outros órgãos públicos, por cessão, sejam obrigados a optar à continuar nesse órgão de destino ou retornarem ao seu órgão de origem, permitindo assim, a abertura de concurso para ocupação dessas vagas que estão presas”, explicou o ex-ministro das Cidades, relatando que Ricardo Berzoini mostrou-se sensível a reivindicação dos três parlamentares.

LDO: Cássio propõe obras estruturantes para a Paraíba

Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão

No prazo final da apresentação de emendas parlamentares, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) está propondo, através de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que o Governo Federal construa algumas obras elencadas por ele e que são “essenciais ao desenvolvimento econômico e social do Estado”, na visão do senador.

BR-230 – As obras propostas por Cássio foram a a duplicação da BR-230, no trecho Campina Grande até Cajazeiras, o que possibilitará melhor segurança e rapidez tanto no transporte de passageiros quanto no escoamento da produção para o sertão paraibano, a exemplo do que ocorreu após a duplicação do trecho João Pessoa até Campina Grande, o que desenvolveu significativamente as cidades beneficiadas.

Transnordestina – Já a proposta para a construção do trecho ferroviário entre Campina Grande e Cabedelo visa à integração da Paraíba na Ferrovia Transnordestina. “Inexplicavelmente” – diz Cássio – “a Paraíba não foi agraciada no projeto original do Governo Federal e é preciso corrigir essa distorção”. O senador explica que a execução da obra vai facilitar a mobilidade de pessoas e cargas e, também, alavancar a cabotagem do porto de Cabedelo para o sertão da Paraíba. Além de beneficiar diretamente às cidades de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cruz do Espírito Santo, São Miguel de Taipu, Pilar, Itabaiana, Mogeiro, Ingá, Campina e Cabedelo, naturalmente.

Ponte Cabedelo – Lucena – Outra obra estruturante proposta por Cássio é a ligação rodoviária, via ponte, entre Cabedelo e Lucena. O senador explica que, além de proporcionar acesso direto entre Costinha e Cabedelo e também à Ilha da Restinga, a obra permitirá a retirada de veículos de cargas do centro de Cabedelo. Logo, é importante também para o porto, porque vai proporcionar a liberação do Canal e da sua área de expansão. Para Cássio, “essa obra é um divisor de águas para o desenvolvimento econômico do Estado”.

Cássio diz que essas propostas precisam ser somadas a outras obras importantes que o Governo Federal deve à Paraíba, como, e principalmente, a conclusão das obras da Transposição do Rio São Francisco. “O governo do Estado já anunciou racionamento de água para as cidades que são abastecidas pelo açude de Boqueirão e, enquanto isso, as obras da transposição, que já gastaram mais do que o dobro orçado no projeto original, não ficam prontas, o que é inadmissível” – disse.

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Festa em comemoração a vitória de Ricardo será nesta sexta, em Monteiro

Bancada Federal da Paraíba se reúne e indica emendas para LDO 2015

bancadafederalpequenaA bancada federal da Paraíba se reuniu nessa quarta-feira (19), no Congresso, em Brasília, onde discutiu propostas e a indicação de emendas para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro 2015. O deputado federal Wilson Filho (PTB) coordenou os trabalhos, que teve a participação de deputados federais e de representantes dos senadores paraibanos.

De acordo com Wilson Filho, coordenador da bancada, os parlamentares paraibanos direcionaram emendas para investimentos na preservação e contenção da erosão da barreira do Cabo Branco (um dos pontos turísticos de João Pessoa), duplicação da BR-230, no trecho entre as cidades Campina e Cajazeiras, ampliação do Porto de Cabedelo e duplicação da estrada entre os municípios sertanejos de Cajazeiras e Sousa.

A bancada também destinou emenda para ser investida na segurança pública da Paraíba. “Estamos vivendo dias de violência no estado e não temos, na prática, um investimento e plano para conter esse problema social. As drogas estão cada vez mais presentes e isso tem gerado, em alguns casos, outros tipos de crime como assassinatos, assaltos e roubo. Não podemos deixar que o crime tome conta do nosso estado”, frisou Filho.

O coordenador da bancada ressaltou que neste momento, os parlamentares precisam trabalhar sem distinção de partidos com foco no desenvolvimento do Estado. “Com as emendas na LDO, podemos ter recursos orçamentários para esses investimentos que são muito importantes para o Estado. Estamos em conjunto trabalhando para o melhor da Paraíba”, avisou o deputado petebista.

Além de Wilson Filho participaram do encontro os deputados federais major Fábio (PROS), Hugo Mota e Nilda Gondim, ambos do PMDB. “Os outros deputados e senadores justificaram a ausência na reunião, devido a compromissos de agenda. O senador Cássio Cunha Lima (PSDB), por exemplo, mandou um representante.

Dilma garante inclusão de mais três grandes obras hídricas para a Paraíba

Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão

O governador Ricardo Coutinho foi recebido em audiência, nesta quarta-feira (19), pela presidente Dilma Rousseff, em Brasília, ocasião em que recebeu a garantia da inclusão de três grandes obras hídricas da Paraíba no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 3, no valor de R$ 886 milhões. As obras autorizadas são o lote 3 e última etapa da canal Acauã Araçagi, no valor de R$ 300 milhões; o sistema adutor da Borborema, que garantirá água para as regiões do Curimataú/Seridó (R$ 406 milhões) e a 3ª entrada da transposição das águas do Rio São Francisco pelo rio Piancó (R$ 180 milhões).

Na audiência, Ricardo Coutinho apresentou pleitos nas áreas de saúde, saneamento básico, habitação, infraestrutura, recursos hídricos e turismo. Os secretários de Estado do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia, João Azevedo; o secretário de Estado da Comunicação Institucional, Luís Tôrres e a ministra do Planejamento, Mirian Belchior, também participaram da audiência.

O governador Ricardo Coutinho avaliou que a audiência com a presidente Dilma Rousseff foi positiva com a liberação de recursos para obras hídricas e outros projetos estruturantes, a exemplo da reforma do terminal do Aeroporto Castro Pinto e a dragagem do Porto de Cabedelo. “Ficamos satisfeitos com a avaliação da própria presidente que a Paraíba possui um dos melhores desempenhos do país na execução de obras hídricas, o que nos dá a garantia de que em alguns anos teremos uma segurança hídrica em todas as regiões”, avaliou o governador.

De acordo com Ricardo, a presidente Dilma enfatizou que quer acelerar as obras estruturantes e, no caso da transposição do Rio São Francisco, concluí-la até meados de 2016. “O esforço conjunto entre o Governo do Estado e o momento de parceria vivenciado nos dará a capacidades de concluir os grandes projetos da Paraíba”, ressaltou.

Após receber documentos com reivindicações do Governo do Estado, a presidente Dilma Rousseff também incluiu no “Pacotão da Transposição” a inclusão de mais 42 cidades que serão beneficiadas com obras de saneamento e abastecimento de água. Os investimentos somam R$ 250 milhões e o programa será lançado nos próximos meses.

Na área de infraestrutura, a Paraíba também será beneficiada com a garantia da conclusão da dragagem do Porto de Cabedelo, cuja licitação acontece em dezembro deste ano, e com a reforma do terminal de passageiros do aeroporto Castro Pinto.

Na área da saúde, Ricardo Coutinho também solicitou que os recursos do SUS provenientes dos hospitais da rede estadual de saúde sejam repassados diretamente para a Secretaria de Estado de Saúde e não para os 24 municípios com gestão plena. “Na Paraíba, das 24 cidades, apenas João Pessoa, Santa Luzia e Cajazeiras fazem esse repasse do SUS e a perda mensal do Governo do Estado é de R$ 7 milhões a R$ 10 milhões. A própria presidente se sensibilizou com a questão e se comprometeu a resolver”, finalizou o governador.

EM MONTEIRO: Polícia faz apreensão na casa de suspeito de assaltar bancos

Aesa prevê mais chuvas no Cariri e Sertão nas próximas horas

Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão Três pessoas são presas por furto de água do açude de Boqueirão

A Região do Cariri deve receber mais chuvas nas próximas 24 horas. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), as precipitações foram provocadas pelo fenômeno meteorológico conhecido como Zona de Convergência do Atlântico Sul, que traz umidade da região amazônica para o Nordeste.

O açude Campos, no município paraibano de Caraúbas, que estava praticamente vazio há quatro meses, está recebendo recargas de chuvas que atingem a região do Cariri. “Campos tem hoje mais de 600 mil metros cúbicos de água e está com quase 10% de sua capacidade. Com essa recarga, a Cagepa já pode já pode abastecer a população da cidade de Caraúbas com os recursos desse açude”, informou o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno

Além de Caraúbas, nas últimas 24 horas foram registradas chuvas significativas nos municípios de São João do Cariri (105 mm), São José de Piranhas (103,8 mm), Tenório (97 mm), Jericó (82 mm) e Malta (78,5 mm). “Prevíamos precipitações, mas não com essa intensidade. Ainda estamos contabilizando a recarga de outros açudes, mas já deu para perceber que algumas cidades do Cariri e Sertão tiveram índices bem representativos”, avaliou Magno.

De acordo com o boletim meteorológico da Aesa, a previsão é de mais chuvas isoladas nessas regiões nas próximas 24 horas. “As condições de instabilidade atmosférica permanecem sobre boa parte do estado da Paraíba. Com isto, ainda são esperadas chuvas, especialmente nas regiões do Sertão, Alto Sertão e Cariri, principalmente entre os períodos da tarde e noite”, informou a meteorologista Carmem Becker.

Mototaxista é assassinado com seis tiros na porta de casa em Monteiro

Monteiro instala Farmácia Central para distribuição de medicamentos

Deputados debatem sobre a seca, estradas e segurança

assembleiaazulOs deputados estaduais debateram sobre vários temas na sessão ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nesta quarta-feira (19). Entre eles, a estiagem que assola o Semiárido paraibano, a crise no abastecimento do Canal da Redenção e o aumento dos índices de violência.

O deputado Carlos Dunga (PTB) voltou a discursar sobre a seca na Paraíba. Ele relatou a dificuldade financeira encontrada pelo pequeno produtor rural, principalmente, durante o período de estiagem. O petebista cobrou a reabertura da “carteira rural”, uma linha de crédito bancária destinada aos agricultores.

“Eu ainda não tenho uma esperança para a transposição do rio São Francisco, por isso é preciso encontrar outros métodos urgentes e assegurar o crédito aos produtores”, disse.

Falta d’água – O deputado Lindolfo Pires (Democratas) denunciou na tribuna a falta de água armazenada no Canal da Redenção, no Sertão paraibano. Segundo o parlamentar, a Agência Nacional de Águas (ANA) diminuiu a vazão de água que saia do açude de Coremas para o município de Sousa, prejudicando centenas de famílias assentadas e o funcionamento de indústrias localizadas na região.

“Com essa redução da vazão para menos da metade, a água não consegue chegar ao Canal da Redenção, gerando um grave problema. Vou manter contato com a Ana, para que possamos encontrar uma solução porque desde segunda-feira (17) está faltando água no Canal da Redenção”, afirmou.

Parlamento mirim – A deputada Eva Gouveia (PSD) destacou a visita de estudantes membros do Parlamento Mirim da Câmara Municipal de Dona Inês. “Parabenizo a Câmara, que cumpre um exercício de cidadania para novas gerações. Como representante do município nesta Casa, me coloco à disposição da população de Dona Inês que me concedeu uma expressiva votação, e parabenizo a cidade pelos 55 anos de emancipação política”, afirmou.

Estrada – Monaci Marques (PPS) fez um discurso de agradecimento ao Governo do Estado pelo reinício das obras de pavimentação asfáltica das rodovias PB-293, que liga os municípios de Malta a Vista Serrana e do trecho de 9km que liga Vista Serrana a PB-427, em acesso a cidade de Pombal, no Sertão paraibano.

Segurança pública – O deputado Toinho do Sopão (PEN) abordou a violência em seu discurso. Segundo ele, um ranking divulgado em site nacional mostra João Pessoa como a nona cidade mais violenta do mundo. “Os últimos finais de semana foram sangrentos na Grande João Pessoa, com vários homicídios. A Paraíba é o Estado que menos investe em segurança pública no Nordeste. Precisamos mudar isso”, disse.

Falecimento – O deputado José Aldemir (PEN) lamentou o falecimento da senhora Maria Gomes Sousa, vítima de infarto do miocárdio no município de Cajazeiras. “Cajazeiras amanheceu hoje de luto, chorando a morte de uma amiga leal, correta, que participou de vários embates políticos ao lado do seu esposo, o vereador Antônio de Sousa Rolim, conhecido como Antônio Galego”, disse.

Aniversário e visitas – Os deputados parabenizaram o colega de parlamento Janduhy Carneiro (PTN) pela passagem do seu aniversário, e saudaram a deputada licenciada Gilma Germano (PPS), e os deputados eleitos para a próxima legislatura, Jeová Campos (PSB), Zé Paulo (PCdoB), Inácio Falcão (PTdoB) e João Bosco Carneiro Júnior (PSL), todos em visita ao plenário da Casa de Epitácio Pessoa.

VOCÊ, RACISTA?

Por Zizo Mamede

zizomamedeA padroeira da comunidade católica, num bairro fundado por famílias descendentes de africanos, é Nossa Senhora Aparecida, a mesmíssima que a padroeira do Brasil. Essa história vem dos anos de 1980, quando sopravam os ventos renovadores da chamada Teologia da Libertação e fermentavam as comunidades eclesiais de base, as CEBs. Mas, aquela história de padroeira “negra” não era uma escolha tranquila.

“Mãe do céu morena” era o hino mais entoado nos momentos mais fortes da liturgia comunitária e certa vez alguém perguntou se “a Senhora Aparecida era, afinal de contas, negra ou morena?” – A resposta mais repetida foi que “ela era daquela cor porque sua imagem foi encontrada por pescadores na lama de um rio”.

Quem compôs “Mãe do céu morena” foi o famoso Pe. Zezinho. Fato é que grande número de pessoas pardas ou negras se identificam como sendo morenas e, em termos de cor da pele, cada um é aquilo que diz ser. No caso, Aparecida não se pronunciou, foi proclamada.

Naquela comunidade católica da “mãe do céu morena” havia uma mulher negra, descendente dos primeiros habitantes do bairro, batizada com o nome de Maria das Neves, Nevinha, como era carinhosamente conhecida. Nevinha revelou que não se sentia à vontade, “não gostava” quando a celebração da Palavra focava na questão do racismo. Certa vez Nevinha, sem delongas, reclamou do desconforto diretamente ao próprio padre da paróquia.

O racismo em números – O Mapa da Violência no Brasil (SIM/SVS/MS) do ano de 2012 revelou que dos 30 mil jovens assassinados naquele ano, 77% (setenta e sete por cento) eram negros com idade de até 29 anos. A série histórica mais recente indica que enquanto o número de homicídios de pessoas “brancas” está diminuindo, ao mesmo tempo está aumentando entre as pessoas negras.

A Radis/Fundação Oswaldo Cruz (nº 124, jan. 2013) informa que em se tratando de consultas pré-natal, 54,5% das mães negras passaram por sete ou mais consultas, enquanto que 75,7% das mães brancas fizeram o mesmo. O mesmo informe publica outro contraste: No período entre 1982 e 2004 a redução da taxa de mortalidade de filhos de mães brancas foi de 30 por cada mil nascidos vivos para 14 por mil, enquanto em relação às mães negras, no mesmo período, a taxa de mortalidade diminuiu de 53 por mil nascidos vivos, para 30 por mil.

Na revista Direitos Humanos (nº 04, dez. 2009) citando textos publicados pela Fundação Carlos Chagas em 1986 e pela UNESCO em 2002, está grafado que “no ensino fundamental e na pré-escola estudos têm demonstrado a diferença de tratamento dado aos alunos por parte de um expressivo contingente de professores, em detrimento de crianças negras. Essas são menos estimuladas, menos acarinhadas, mais reprimidas, tudo isso em função de sua cor.”

Racismo sem racistas – Para além das construções e desconstruções que associaram e ou recusaram a relação entre cor e raça, o fato é que o Brasil é um país racista. E o que há de mais perverso é que o racismo à brasileira está naturalizado e emudecido na perversa naturalização das desigualdades. Pior, há certa unanimidade acerca da existência do racismo na sociedade brasileira, mas ninguém assume que é racista.

E você?! A propósito, você que ler este texto neste momento, faça a sua autoanálise: Você é racista?

Governador garante aumento dos servidores estaduais em 2015

Novo prefeito de Juazeirinho se reúne com novo secretariado

Agricultor morre após cair de cavalo na cidade de Amparo

[+]   POSTAGENS