::Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel ::Inscrições para concurso de São João do Cariri termina neste domingo ::Cássio diz que geração de emprego é prioridade absoluta ::Hulk compra casa de show Domus Hall, em João Pessoa ::Lojas C&A lança comercial gravado no Lajedo de Pai Mateus, em Cabaceiras ::Alcymar Monteiro é 3ª atração confirmada no X Festival do Mel ::Criminosos assaltam duas mulheres e levam moto e celulares em Taperoá ::Dia D de vacinação contra sarampo e pólio será neste sábado em Sumé ::Prefeita de Monteiro formaliza apoio à candidatura de Veneziano Vital ::Geraldo Alckimin não tem previsão de vir à PB durante a campanha Malves Supermercados

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

Banner Coringa Banner Coringa

Inscrições para concurso de São João do Cariri termina neste domingo

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

A Prefeitura Municipal de São João do Cariri publicou edital de concurso público para preenchimento de 31 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade (fundamental, médio, técnico e superior) na Secretaria Municipal. Haverá ainda, conforme o documento publicado, formação de cadastro reserva, para contratação conforme necessidade do município.

De acordo com o documento publicado, as oportunidades são para cargos de Médico Clínico Geral, Motorista, Nutricionista, Auxiliar de Creche, Assistente Social, Enfermeiro, Professor de Matemática, Professor de Português, Professor de Ciências, Auxiliar de Consultório Dentário, Farmacêutico/Bioquímico, Técnico de Enfermagem, Fisioterapeuta, Fiscal de Arrecadação, Odontólogo, Operador de Máquinas, Agente Comunitário de Saúde,Psicólogo, Professor Polivalente, Professor de Inglês, Professor de Geografia e Professor de História. As remunerações oferecidas pela Prefeitura Municipal oscilam entre R$ 954,00 e R$ 2.005,50, mais bonificações.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até as 23h59min do dia 19 de agosto de 2018, no site oficial da banca organizadora Apice Consultoria (www.apiceconsultoria.com). A taxa de inscrição varia entre R$ 73,66 e R$ 115,00.

Cássio diz que geração de emprego é prioridade absoluta

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

Logo cedo em Sousa e, na sequência, Uiraúna. Neste sábado (18), em caminhada e contato com populares nas duas cidades, o senador Cássio Cunha Lima foi alvo de recepção calorosa das pessoas e ouviu a angústia das famílias, que sofrem com o desemprego que ameaça a sobrevivência de milhares de lares no sertão da Paraíba.

“As pessoas estão preocupadas como vão fazer a feira e pagar as contas mensais, como água, luz e gás. A falta de mercado para absorver mão de obra e a escassez de vagas para o trabalho é, sem dúvida, uma grande preocupação de todos com os quais conversei. É evidente que os agentes públicos, em todas as esferas de poder, precisam estar comprometidos com as soluções para o problema” – disse o senador.

Sousa – Ao lado de Lucélio, Daniella, Leonardo e André Gadelha, no mercado, Cássio esclareceu algumas das mentiras que são espalhadas por adversários. E lembrou que tem uma história de vida de apoio aos trabalhadores brasileiros, que começou aos 23 anos de idade, quando foi eleito deputado constituinte.
Cássio lembrou que foi o autor do dispositivo constitucional que aumentou de meio para um salário mínimo a aposentadoria do trabalhador do campo e também do dispositivo que reduziu em cinco anos a idade mínima para a aposentadoria de trabalhadores rurais.

Uiraúna – Em Uiraúna, também em companhia de Lucélio e Daniella, além da candidata à deputada estadual Paula Frassinete e junto do prefeito José Aldemir, de Cajazeiras, Cássio foi recepcionado pelo prefeito Bosco, “um amigo de todas as horas, que me honra com o seu apoio à minha reeleição” – elogiou.

Santa Rita – Já em Santa Rita, ao lado da candidata à deputada Estadual, Jane Panta, Cássio lembrou que o fantasma do desemprego precisa ser exorcizado. “E política de arrocho fiscal só aumenta impostos, o que sacrifica o comércio, dificulta a vida da indústria, e que gera, naturalmente, mais desemprego. Precisamos – e vamos! – mudar” – assegurou Cássio, em tom de esperança.

Banner educação

Hulk compra casa de show Domus Hall, em João Pessoa

Lojas C&A lança comercial gravado no Lajedo de Pai Mateus, em Cabaceiras

Alcymar Monteiro é 3ª atração confirmada no X Festival do Mel

Criminosos assaltam duas mulheres e levam moto e celulares em Taperoá

Banner Câmara

Dia D de vacinação contra sarampo e pólio será neste sábado em Sumé

Prefeita de Monteiro formaliza apoio à candidatura de Veneziano Vital

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

A prefeita de Monteiro, Anna Lorena (PSDB), anunciou formalmente o seu apoio e de seu agrupamento político à candidatura de Veneziano Vital do Rêgo (PSB) ao Senado Federal. Foi durante encontro ocorrido nesta sexta-feira (17) em Campina Grande, do qual também participaram o candidato a governador João Azevêdo e a candidata a vice, Lígia Feliciano.
Segundo Lorena, o Cariri recepciona com muita alegria, expectativa e esperança a candidatura de Veneziano, por entender que, como Senador, ele terá todas as condições de ser um digno representante de Monteiro e região no Senado Federal.

Lorena lembrou que Veneziano, como prefeito de Campina Grande por dois mandatos, teve uma administração elogiada e que significou muitos avanços para Campina. Além disso, o fato de ter sido um gestor municipal o faz ter a dimensão do quanto é importante atuar como um Senador antenado com as necessidades e os anseios da população que mora nas cidades.

Para Veneziano, o apoio de Anna Lorena é fundamental, pois ela representa uma das lideranças mais fortes do Cariri Paraibano. Veneziano disse estar convicto da responsabilidade que terá em representar Monteiro e região; e lembrou que, quando prefeito, muito pôde fazer em Campina Grande a partir da representação que a cidade tinha no Senado Federal, com o então Senador Vital do Rêgo.

“Eu sei o tamanho da responsabilidade e tenho plena convicção do que poderei fazer por Monteiro e por outras cidades do Cariri e de todo o estado, representando-os no Senado Federal. Nossa atuação parlamentar será sempre em função da melhoria da qualidade de vida das pessoas e, no caso de Monteiro, dedicarei especial atenção, nessa parceira com a minha prefeita Lorena”, destacou Veneziano.

Geraldo Alckimin não tem previsão de vir à PB durante a campanha

Saúde de Monteiro recebe equipamento e oferece novos tipos de exames laboratoriais

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

A Prefeitura de Monteiro recebeu na tarde desta quarta-feira, 15, mais um novo equipamento que possibilita a oferta de novos tipos de exames para os pacientes do município, em especial, as gestantes.

O novo equipamento já está instalado e em uso no Laboratório Municipal Priscila Nunes de Farias Leite e é chamado ELISA. O mesmo realiza testes de Toxoplasmose IGG e IGM, Citomegalovírus IGG e IGM e Rubéola IGG e IGM priorizando as gestantes.

Para Bruna Ferreira, coordenadora do laboratório municipal, esta é mais uma aquisição que vai beneficiar muito a população Monteirenses. “Os exames de sorologia que já estão sendo feitos aqui e com isso vai poupar um enorme tempo, já que os mesmos eram enviados para outra  cidade. Nossa prefeita Anna Lorena e juntamente com as secretárias de saúde, Paula e Viviane estão sempre pensando  no melhor e realizando um trabalho que com certeza favorece os munícipes fazendo de Monteiro uma cidade cada vez melhor”.

Toxoplasmose 

A toxoplasmose é uma infecção causada pelo parasita Toxoplasma gondii. É uma doença que costuma passar despercebida em pessoas sadias, mas é grave em pacientes imunossuprimidos e nas grávidas.

A toxoplasmose adquirida durante a gestação pode levar a problemas no feto, porém quando adquirida fora da gestação é uma doença geralmente passageira, benigna e não costuma deixar sequelas.

Citomegalovírus 

O citomegalovírus, conhecido também pela sigla CMV, é um vírus da família do Herpes, extremamente comum, capaz de provocar uma infecção chamada citomegalovirose. Apesar de ser um vírus altamente contagioso e com altíssimas taxas de infecção entre a população, o fato é que a maioria das pessoas nem sequer desconfia que já foi contaminada com o citomegalovírus. Isto ocorre porque a citomegalovirose é uma infecção muito branda, praticamente assintomática, na maioria das pessoas que possuem um sistema imunológico saudável.

Se nos indivíduos saudáveis o CMV é praticamente inofensivo, o mesmo não pode ser dito para pacientes imunossuprimidos ou mulheres grávidas. A infecção pelo CMV durante a gravidez não costuma causar sintomas na mãe, mas é muito perigosa para o feto, pois está associada a um maior risco de má-formações congênitas ou grave infecção nos primeiros meses de vida.

Rubéola

A rubéola é uma infecção de origem viral que costuma provocar quadros brandos, com poucos ou nenhum sintoma na maior parte dos pacientes. Ela é uma doença benigna na imensa maioria dos casos, sendo menos perigosa do que a gripe, por exemplo.

A rubéola, porém, possui uma particularidade que a torna uma importante preocupação de saúde pública: ela é extremamente perigosa para o feto quando adquirida pela mãe durante gravidez, principalmente nos três primeiros meses de gestação. Por este motivo, a sorologia para rubéola, exame utilizado para fazer o diagnóstico desta virose, deve sempre fazer parte dos exames solicitados durante o pré-natal.

Banner Ecos TV

Promotor afirma que ambulantes só devem comercializar na praça central de Sumé a partir das 17h

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

Foi destaque nas redes sociais uma denúncia de uma comerciante de Sumé, Noemia Bezerra, afirmou através de um vídeo que estava sendo vítima de perseguição da Prefeitura Municipal. De acordo com ela, o município não está permitindo que a mesma trabalhe vendendo lanches ao lado da Praça José Américo durante o dia.

O Promotor de Justiça, Bruno Leonardo Lins, informou que tudo começou em 2011, quando o promotor da época, determinou a retirada de mesas, barracas e trailers das ruas do município, com o objetivo de deixar o espaço livre para a população. O promotor informou ainda, que no final do ano passado, houve uma reclamação de um dos comerciantes e o Ministério Público tomou algumas providências para organizar a comercialização na Praça José Américo.

Em 20 de março deste ano, foi realizada uma audiência convocada pelo Ministério Público, juntamente com a Prefeitura Municipal e os comerciantes, neste encontro ficou acordado que os ambulantes trabalhassem na Rua Sizenando Leite, ao lado dos Correios, somente em determinado horário, objetivando que a população tivesse as calçadas e ruas liberadas para transitar livremente.

Nesta audiência ficou acordado que a partir de 1º de abril de 2018, os comerciantes teriam que sair de cima da Praça José Américo e do seu entorno, somente podendo comercializar a partir das 17h até ás 00h00, no restante do dia, mesas, barracas e trailers, teriam que ser retirados do local, deixando o espaço livre para a população. O acordo foi assinado pelos ambulantes, inclusive pela senhora Noemia Bezerra, como mostra a lista de presença a baixo.

Segundo o promotor, Bruno Leonardo Lins, a decisão visa permitir o acesso livre da população no espaço de comercialização durante o dia, desta forma nenhum comerciante pode ficar no local fora do horário permitido. Ainda de acordo com o promotor, caso a Prefeitura não cumpra com seu dever de deixar as vias públicas livres, o Ministério Público pode ajuizar uma ação contra o município em caso de descumprimento.

Éden revelou ainda, que a Prefeitura está projetando uma cobertura e revitalização da rua para acolher os ambulantes e consumidores.

Juiz anula pesquisa para o Governo da Paraíba por irregularidade

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

O juiz auxiliar da propaganda eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, anulou a pesquisa realizada pelo Instituto Real Time Big Data, que avaliava a preferência do paraibano para o Governo do Estado. O magistrado considerou a pesquisa irregular, porque o estatístico responsável pela consulta não tem registro no Conselho Regional de Estatística da 5ª Região, responsável para a inscrição de profissionais de estatística no Estado da Paraíba.

A pesquisa foi questionada na justiça pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC). A legenda alegou que, além do estatístico responsável não ser habilitado para proceder com a consulta, havia irregularidade no sistema de verificação de controle dos números. Isso, segundo o representante, era suficiente para colocar em dúvida a verificação da amostragem.

Argumentou também o PTC, que na pesquisa inexistiam dados mínimos de confiabilidade no que se refere ao desconhecimento dos grupos sociais entrevistados.

Apontadas essas falhas, o juiz Oswaldo Trigueiro considerou a pesquisa nula após  verificar que a falta de registro do responsável pela consulta era suficiente para considerar a amostragem irregular.

“Entende a Procuradoria Regional Eleitoral que tal irregularidade na hipótese em tela não denota a princípio intuito de fraudar o resultado da pesquisa eleitoral. De qualquer forma, como medida de cautela, faz-se mister mesmo não difundi-la, em respeito a letra nua e crua do dispositivo normativo, que no particular busca estabelecer regramento para facilitar o controle das consultas eleitorais, dificultando que pessoas mal intencionadas propaguem pesquisas fictícias, cujos resultados não correspondem à verdade”, argumentou em sua decisão.

Os Nonatos rompem parceria de 27 anos de trabalho na música

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

A dupla de sucesso Os Nonatos anunciaram no Instagram nesta sexta-feira (17), que romperam com a parceria de 27 anos de trabalho na música.

Eles se destacaram no cenário nacional musical como compositores de sucesso, com letras gravadas por artistas como Gustavo Lima, Zezé di Camargo e Luciano e César Menotti & Fabiano, entre outros.

Os Nonatos afirmaram ainda que cumprirão os compromissos de agenda de shows até o dia 31 de dezembro deste ano.

Leia o comunicado oficial:

Os Nonatos – Estamos vindo a público para informar aos fãs, parceiros, contratantes e divulgadores do nosso trabalho que, em decisão consensual, estamos encerrando a parceria de 27 anos da dupla OS NONATOS. Como acervo de nossa obra ficarão 24 cd’s, 2 dvd’s e 300 composições. Além disso, a experiência de 10 anos de programa de rádio, 13 anos de programa de tv como apresentadores e mais de 200 primeiros lugares nos festivais de poetas por todo o país. Cumpriremos, rigorosamente, os compromissos da agenda de shows até o dia 31/ 12/ 2018. Seguiremos com projetos distintos em carreira solo a partir de 2019. Pedimos a compreensão de todos e externamos nossa eterna gratidão a Deus e a cada um de vcs, pela contribuição na realização de tudo que conquistamos nessas quase três décadas. À nossa equipe, amigos e familiares, muito obrigado. Reafirmamos, ainda, aos fanatos e fanatas que o sonho não acabou, apenas dividiu-se para se multiplicar em um futuro breve. Que Deus nos abençoe! Fica um abraço fraterno a todos, dos poetas do Brasil. (Os Nonatos) João Pessoa PB 17/08/ 2018.

EM MONTEIRO: Bandidos arrombam UBS, furtam objetos e ainda defecam na unidade

Banner Prata

Ministério Público pede arquivamento denúncia contra a prefeitura de Camalaú

Secretaria de Cultura de Monteiro divulga mais atrações da VIII Mostra de Teatro e Dança

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

Mais uma leva de atrações da programação cultural diversificada promete aquecer o público da VIII Mostra de Teatro e Dança do Cariri Paraibano que acontecerá entre os dias 27 de agosto até 01 de setembro, na cidade de Monteiro.

A programação é exclusivamente gratuita e aberta à comunidade acontecendo tanto no Teatro Jansen Filho quanto na Praça João Pessoa sempre a partir das 20h.

Entre os convidados confirmados está a Cia. Artística Avaní Lopes da cidade de Santa Cruz do Capibaribe no vizinho estado do Pernambuco, que apresentará ao público o Espetáculo: Coroas, na segunda-feira, 27.

Na terça-feira, 28, quem reforça a programação é o espetáculo Monteiro Cultivando Memórias e Valores, que é uma homenagem aos artistas monteirenses. Esta será a segunda atração da noite no Teatro Jansen Filho.

Delírios Quixotescos, do Núcleo de Manutenção e Repertório da UEPB de Campina Grande, será mais uma atração e encerrará brilhantemente a note da quarta-feira, 29.

Outra atração da VIII edição da Mostra de Teatro e Dança do Cariri será o Espetáculo Circense da TrupeÇando – A Trupe de Um Homem Só, vindo especialmente da capital para abrir a programação da sexta-feira, 31, na Praça João Pessoa às 20h.

A última atração confirmada para a noite do sábado, 1 de setembro, fará o encerramento da VIII Mostra de Teatro e Dança do Cariri é o Espetáculo: Peleja de Fute do Grupo de Teatro Bigorna também da capital paraibana.

Para os monteirenses interessados, a Secretaria de Cultura e Turismo também oferece, além da programação noturna, o Workshop de Dança Contemporânea com Bia Cagliane da Cia. Acena Dança da cidade de João Pessoa.

Com vagas limitadas, as inscrições acontecem no Teatro Jansen Filho com o diretor César Lima. As aulas acontecerão no dia 18 das 14 às 17 horas.

Éden destaca ações de Branco Mendes para Sumé e reafirma apoio à reeleição

João propõe concursos, Lucélio mais asfalto e Maranhão defende redução do estado

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

Com a novidade da presença de Rama Dantas (PSTU), o 2º debate entre candidatos ao Governo da Paraíba aconteceu na noite dessa quinta-feira (16) na TV Manaíra. Além dela, João Azevêdo (PSB), Lucélio Cartaxo (PV), José Maranhão (MDB) e Tárcio Teixeira (PSol) apresentaram propostas, críticas, opiniões e ideias ao eleitorado paraibano.

Confira as principais participações dos candidatos:

João Azevêdo (PSB)

O candidato que representa o atual governo, de Ricardo Coutinho (PSB), propôs a contratação de 4 mil professores por meio de concursos, que acontecerão em cada ano de seu mandato, convocando mil professores até o fim dos 4 anos de governo. João garantiu também realizar concursos na área da segurança pública, bem como convocar em 2019 os que serão aprovados em concurso previsto para ser realizado ainda neste ano.

Lucélio Cartaxo (PV)

Lucélio Cartaxo defendeu em suas apresentações os modelos de gestão municipal de João Pessoa, cidade governada pelo seu irmão gêmeo, Luciano Cartaxo (PV), e de Campina Grande, gerida por Romero Rodrigues (PSDB), que é do principal partido aliado do PV. Propôs a realização de concursos público visando a contratação de cuidadores para alunos com necessidades especiais e para as polícias, além de ampliar o programa “Ação Asfalto”, do município de João Pessoa, para todos as cidades paraibanas. Defendeu ainda uma ampliação do programa “Gira Mundo”, implantado pela atual gestão do Governo do Estado, para abranger também o esporte paraibano.

José Maranhão (MDB)

O candidato do MDB defendeu o incentivo ao desenvolvimento econômico como forma de produzir riquezas e geração de empregos na Paraíba. Uma das propostas de José Maranhão para a geração de riqueza foi o corte da máquina estatal, com a extinção de cargos oficiais e supostos privilégios do Executivo. Maranhão propôs também a realização de programas de habitação em parceria com a Caixa Econômica Federal e o Governo Federal. O senador garantiu que, independente de quem for eleito presidente, manterá uma boa relação institucional.

Tárcio Teixeira (PSOL)

Tárcio criticou o gasto do atual governo com a comunicação. O psolista disse que os recursos são mal aproveitados, sugerindo a criação de uma TV estatal e a ampliação da Rádio Tabajara. Outras propostas do socialista foram a interiorização de políticas de apoio a deficientes e políticas de assistência social para jovens infratores e em condições sociais vulneráveis.

Rama Dantas (PSTU)

A principal proposta da candidata do PSTU, que apareceu pela primeira vez em debates, foi a ampliação das políticas de combate à violência contra mulheres na Paraíba. Rama defendeu a criação de, pelo menos, uma delegacia da mulher em cada cidade paraibana. Nas cidades grandes, uma delegacia em cada bairro importante.

Barroso é confirmado como relator de registro da candidatura de Lula

Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel Homem é preso acusado de estupro de vulnerável, em Barra de São Miguel

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, decidiu nessa quinta-feira (16) que o ministro Luís Roberto Barroso será o relator do pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ministra ainda não decidiu sobre quem irá julgar os pedidos de impuganção da candidatura do candidato.

A decisão da ministra foi necessária após o ministro Barroso pedir à presidência do TSE que avalie se o registro para concorrer nas eleições de outubro e as impugnações devem ter o mesmo relator. Os advogados do PT também pediram que o caso fosse esclarecido.

Na quarta (15), poucas horas depois de o PT entrar com o pedido de registro da candidatura de Lula à Presidência da República, o Ministério Público Eleitoral (MPE) protocolou uma impugnação (questionamento), argumentando que o ex-presidente não é elegível, de acordo com os critérios da Lei da Ficha Limpa. O registro foi distribuído para o ministro Barroso.

Outras duas impugnações, movidas pelos candidatos a deputado federal Alexandre Frota (PSL) e Kim Kataguiri (DEM), também foram protocoladas, mas antes de o pedido de registro de Lula ter sido incluído no sistema do TSE. Assim, tais questionamentos acabaram sendo distribuídos a outro relator, o ministro Admar Gonzaga.

Em tese, o ex-presidente estaria enquadrado no artigo da Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados por órgãos colegiados. No entanto, o pedido de registro e a possível inelegibilidade precisam ser analisados pelo TSE. O pedido funciona como o primeiro passo para que a Justiça Eleitoral analise o caso.

Ao decidir a questão, Rosa Weber entendeu que os pedidos de impugnação que são feitos fora do processo do pedido de registro não definem o relator do caso. Com o entendimento, as impugnações ficam sob a relatoria de Gonzaga.

“Impugnações autuadas em apartado ao registro de candidatura não tem condão de definir o juiz natural da causa”, diz a ministra, na decisão.

[+]   POSTAGENS