::Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó ::‘Estou candidato’, diz o ex-presidente Lula ::Prefeita Anna Lorena participa da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara de Monteiro ::MDB irá fortalecer pré-candidatura de José Maranhão ao Governo ::Chove mais de 115 milímetros no Cariri; previsão é de mais chuvas ::Sikêra Júnior é contratado pelo Sistema Arapuan e vem trabalhar na Paraíba ::Zabelê se prepara para sediar a maior Corrida de Jegue do Brasil em abril ::Prefeita Anna Lorena está entre os melhores gestores do Cariri ::UMA ASSEMBLEIA DEIXOU DE TOMAR POSSE POR FALTA DE QUORUM ::Câmara de Monteiro reinicia trabalhos com sessão especial e mensagem do executivo Malves Supermercados

Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó

Banner Coringa Banner Coringa

'Estou candidato', diz o ex-presidente Lula

Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó

“Eu não respeito a decisão que foi tomada contra mim porque sei que ela é mentirosa, política e não está baseada nos autos do processo.”

“Estou candidato”, disse em Belo Horizonte a militantes de esquerda reunidos no espaço de eventos Expominas. “Não tenho medo, podem até tentar me prender”, completou.

O ato marcou o lançamento da candidatura do petista no Estado segundo a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que também discursou.

Sobre seus adversários políticos, Lula disse querer que eles “tenham vergonha na cara e respeitem o resultado eleitoral”. “Aprendam a lamber suas feridas”, afirmou, lembrando que perdeu as eleições três vezes antes de chegar à Presidência.

Lula voltou a dizer que as acusações de corrupção contra ele são mentiras criadas com o objetivo de tirá-lo da disputa eleitoral.

“Parte do Judiciário, da Polícia Federal, do Ministério Público e da imprensa, liderada por Globo e ‘Veja’, resolveram demonizar o PT”, afirmou.

“A imprensa vai transformando mentira em verdade. O que eles não sabem é que o povo me conhece. Duvido que tenham a consciência tranquila como eu tenho.”

O petista não voltou a fazer críticas à intervenção militar determinada pelo presidente Michel Temer (MDB) no Rio de Janeiro.

Pela manhã, Lula havia dito que Temer está usando a intervenção para “se cacifar” para a eleição presidencial.

Nesta quarta o petista esteve em acampamento do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e em um antigo centro de tratamento da hanseníase na região metropolitana de BH.

ANIVERSÁRIO

O ato desta quarta também marcou a comemoração de 38 anos de fundação do PT.

Estiveram presentes o governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), além de deputados e dirigentes petistas. A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) chegou a ser anunciada, mas não compareceu.

Prefeita Anna Lorena participa da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara de Monteiro

Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó

A prefeita Anna Lorena participou na noite desta quinta-feira, 22, da sessão de abertura da 17° período legislativo da Câmara Municipal de Vereadores de Monteiro.

A sessão foi presidida pelo vereador Givalbério Alves Ferreira (Bero de Bertino) e contou com a presença de todos os vereadores que compõem o legislativo monteirense.

Durante a sessão a prefeita ouviu reivindicações dos parlamentares municipais e se comprometeu em encaminhar os pleitos apresentados aos setores competentes para análises e responder a cada um dos vereadores.

Ao fazer uso da palavra a prefeita Anna Lorena falou da importância que o Poder Legislativo tem perante a sociedade e a administração municipal, apresentando sugestões e críticas construtivas.

Na mensagem aos vereadores, a prefeita Anna Lorena disse que o primeiro ano de sua gestão teve um saldo bastante positivo. “Fizemos muito e gostaríamos de ter feito muito mais, porém todos sabem da crise que o país enfrenta e, além do mais tivemos uma drástica redução do ISS proveniente das obras da transposição que já foram concluídas”, disse a prefeita.

Sobre 2018 a prefeita enumerou uma série de obras que já estão com emendas aprovadas, a exemplo da reforma do estádio Feitosão, da construção de uma rodoviária, unidades de saúde e calçamento, entre outras.

Ao concluir seu pronunciamento a prefeita enalteceu o excelente relacionamento entre poderes (executivo e legislativo), afirmando que sua gestão e feita para todos os monteirenses e a sua cor política são as cores da bandeira de Monteiro.

Banner educação

MDB irá fortalecer pré-candidatura de José Maranhão ao Governo

Chove mais de 115 milímetros no Cariri; previsão é de mais chuvas

Sikêra Júnior é contratado pelo Sistema Arapuan e vem trabalhar na Paraíba

Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó Sítio Cacimbinha recebe Segunda Etapa do Campeonato Monteirense de Dominó

O apresentador José Siqueira Barros Júnior, mais conhecido como Sikêra Júnior, é o mais novo contratado do Sistema Arapuan de Comunicação. A contratação do radialista e jornalista foi anunciada nesta sexta-feira (23) pelo diretor executivo da empresa, Fabiano Gomes nas suas redes sociais.

Sikêra ganhou notoriedade nacional à frente de programas policiais pelo nordeste. Em 2016, um vídeo seu viralizou nas redes sociais após decretar uma “praga” contra os usuários de maconha.

No ano seguinte, sofreu um infarto e, após ficar um mês afastado, surpreendeu o público retornando ao programa dentro de um caixão e se tornou viral novamente.

“Fui muito recebido por essa cidade e pelo nosso patrão, o empresário João Gregório, que me conquistou, pois pude fechar diretamente com ele, não é como em outros lugares que tem muita burocracia. Estou apaixonado por João Pessoa. A Arapuan é diferente de tudo que já vi”, declarou o apresentar, natural de Palmares, em Pernambuco. As informações são do Paraiba.com

O apresentador José Siqueira Barros Júnior, mais conhecido como Sikêra Júnior, é o mais novo contratado do Sistema Arapuan de Comunicação. A contratação do radialista e jornalista foi anunciada nesta sexta-feira (23) pelo diretor executivo da empresa, Fabiano Gomes nas suas redes sociais.

Sikêra ganhou notoriedade nacional à frente de programas policiais pelo nordeste. Em 2016, um vídeo seu viralizou nas redes sociais após decretar uma “praga” contra os usuários de maconha.

No ano seguinte, sofreu um infarto e, após ficar um mês afastado, surpreendeu o público retornando ao programa dentro de um caixão e se tornou viral novamente.

“Fui muito recebido por essa cidade e pelo nosso patrão, o empresário João Gregório, que me conquistou, pois pude fechar diretamente com ele, não é como em outros lugares que tem muita burocracia. Estou apaixonado por João Pessoa. A Arapuan é diferente de tudo que já vi”, declarou o apresentar, natural de Palmares, em Pernambuco. As informações são do Paraiba.com

Zabelê se prepara para sediar a maior Corrida de Jegue do Brasil em abril

Banner Câmara

Prefeita Anna Lorena está entre os melhores gestores do Cariri

A prefeita Anna Lorena está entre os melhores gestores do Cariri paraibano, segundo pesquisa realizada pela FM 95,7 da cidade de Sumé.

O Certificado de Melhores do Ano foi entregue na última quarta-feira, 21, pelo presidente do grupo Batinga Chaves, o empresário Alberto Jorge Batinga Chaves, que aproveitou para parabenizar a gestora pelos excelentes índices de aprovação da gestão.

O Certificado de Melhores do Ano é entregue a mais de 15 anos aos melhores prefeitos, vereadores, secretários municipais, profissionais autônomos e empresas que atuam na região do Cariri paraibano.

Ao receber o certificado a prefeita agradeceu a homenagem e parabenizou a empresa e toda sua equipe pela transparência e pelo jornalismo independente produzido pela FM 95,7.

Sobre o Certificado de Melhores do Ano, a prefeita Anna Lorena disse que esse reconhecimento é fruto do trabalho que vem sendo realizado no município de Monteiro. “Este prêmio só aumenta a nossa responsabilidade e nos estimula a continuar praticando ações que venham a melhorar a qualidade de vida dos monteirenses. Aproveito este momento para dividir esta homenagem com todos os secretários e demais componentes da equipe”, disse a prefeita.

UMA ASSEMBLEIA DEIXOU DE TOMAR POSSE POR FALTA DE QUORUM

Por Ramalho Leite

A todo início de sessão legislativa os jornais publicam a ameaça de corte, nos subsídios dos parlamentares, dos dias correspondentes a suas faltas. Mudam os presidentes, mudam os perfis dos integrantes da Casa, seja ela municipal, estadual ou federal, e permanece o mesmo questionamento. O experiente Waldir dos Santos Lima, que há pouco nos deixou, costumava dizer em tom de ironia: democracia é um regime caro, só tem quem pode! Na verdade a sua reflexão nos leva a outra, mais ampla e discutível nesses dias turbulentos de despr estígio dos políticos: fechem as casas legislativas, lacrem as tribunas e saberemos a falta que fazem. Mesmo com seus defeitos, estruturais ou de representatividade, qualquer parlamento aberto é melhor que uma ditadura que fecha, prende e arrebenta.

Os repórteres credenciados nas casas legislativas reclamam a ausência dos seus integrantes às sessões, mais pelo não cumprimento de suas pautas que pelo prejuízo causado ao Erário.Uma sessão declaratória não produz os fatos que os jornais e emissoras mandam buscar nos plenários.Os espaços destinados ao noticiário político precisam ser preenchidos. A ausência dos deputados aos debates aumenta o trabalho da reportagem. Restam as entrevistas de “corredores” e as noticias especulativas para satisfazer o chefe da redação. À imprensa não interessa a justificativa de que o mandato se prolonga nas bases eleitorais .As poltronas devem permanecer ocupadas em todos os recintos e em todas as sessões.

No passado, o mandato era remunerado por sessões.No Império se pagava quadro mil reis diários a um deputado provincial. O complemento era calculado por léguas entre o distrito de origem e a sede da província. Quem faltasse, não recebia. Celso Mariz destaca que as léguas eram contadas uma única vez. Isto é, não se pagava pelo retorno às bases. Talvez uma forma de obrigar a permanência do deputado na Capital até o final da sessão legislativa. Mas o Imperador, já nos estertores da Monarquia, mandou alterar o cálculo e deu a todos o direito de ir e vir, remuneradamente. Na República, começaram < /span>pagando dez mil réis diários e trezentos réis fixos. Nas proximidades dos anos 1930, a representação já era um conto de réis e o comparecimento às sessões rendia quarenta mil réis diários, “o que dava para o trem e o queijo do chefe do partido”, sugere Mariz.

Desde quando desapareceu o jeton – retribuição pelo comparecimento às sessões – aumentou a incidência de ausências remuneradas. Mas não se pense que esse costume é recente. No tempo que deputado usava fraque e amarrava seu cavalo em uma estribaria próxima, veja o que publicou o jornal A União:

“Assembléia Legislativa do Estado da Parahyba: Sessão Preparatória de 15 de janeiro de 1895. Presidencia do Sr.Vigário Walfredo. Ao meio dia os Exms. srs. Walfredo, Santa Cruz,Botelho,Apollonio,Valdivino,Trindade,José Fernandes,Bento Vianna,João Tavares,João Lourenço,Dinoá, Mindello e Pinagé, o Sr.Presidente declara que não havendo numero legal,deixa de comunicar ao Exm.Presidente do Estado para vir assistir a instalação da assembléia e levanta a sessão”.

A Assembléia deixou de se instalar por falta de número regimental? Nunca tinha ouvido falar. Pois já melhorou muito. (DO MEU LIVRO, “A HISTÓRIA COMO EM CONTO”, LANÇAMENTO 15 DE MARÇO, NO SOL DAS LETRAS, APL).

Câmara de Monteiro reinicia trabalhos com sessão especial e mensagem do executivo

Bandidos invadem fazenda e roubam carro de advogada no Cariri

Banner Ecos TV

Prefeita de Ouro Velho assina convênio para carro-pipa

Projeto de extensão em artes cênicas abre inscrição no Câmpus da UEPB de Monteiro

Prefeitura da Prata realiza perfuração de poços na zona rural

TCE não vê irregularidade em leilão realizado pela Prefeitura de Camalaú

Banner Prata

João Henrique diz que governador é o “pior carrasco da história das polícias”

Prefeitura de S. S. do Umbuzeiro inicia construção de mata-burros na zona rural

Servidores do TJPB podem paralisar atividades

As charges do dia...

Carlos Batinga focará em ações para a interiorização do desenvolvimento da PB

O deputado estadual Carlos Batinga (PSC), disse em entrevista, que seu foco na Assembleia Legislativa da Paraíba é tratar sobre a interiorização do desenvolvimento da Paraíba.

“O grande desafio do Governo é a interiorização do desenvolvimento, pois ao longo do tempo, esse desenvolvimento de concentrou na Capital e no litoral, e temos que voltar a discutir as potencialidades e vocações de todas as regiões do estado”, disse.

O parlamentar também destacou a falta de projetos para a utilização das águas da Transposição do Rio São Francisco como uma fonte de geração ocupação e renda, pois até o momento só foi focado no abastecimento humano.

“A Paraíba foi beneficiada com a água que garantirá não só o abastecimento humano definido, mas também projetos para gerar ocupação e renda, porém estes, se existem, não estão sendo acompanhados e nem discutidos com os agentes políticos locais nem com a população”, ressaltou.

Questionado sobre seus planos políticos para 2018, Carlos Batinga afirmou que está avaliando a possibilidade de colocar seu nome mais uma vez na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa nas eleições desse ano.

Batinga também agradeceu a confiança do prefeito Luciano Cartaxo pela indicação pessoal para o cargo de Superintendente de Mobilidade Urbana da Capital e que está alinhado com seu projeto político, defendendo ainda uma candidatura única das oposições.

[+]   POSTAGENS