::Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira ::Com vocês, a beca do vereador Tiba… ::Câmara de Monteiro empossa 3 novos vereadores ::Cachorra endiabrada de Sumé morde Jackson Barros, adoece e é capturada ::Curso de Extensão em Língua Inglesa abrirá inscrições na UFCG em Sumé ::Prefeitura de Sumé planeja trabalho para a apreensão de animais soltos nas ruas ::Cássio e Ricardo ficam frente a frente pela primeira vez após o rompimento ::CHÔLINHA PIROU: Cadela endiabrada morde várias pessoas em Sumé ::Prefeito em exercício de Monteiro tem agenda de compromissos nesta quinta ::Pastoril Profano se apresenta em Monteiro no próximo dia 8 Prefeitura de Prata

Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira

vacinahepatiteeA partir desta sexta-feira (1º), a vacina contra a hepatite A passa a fazer parte do Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). Ela será ofertada para crianças de 1 ano até 1 ano e 11 meses, em todo país. Na Paraíba, o público alvo é composto por 56.764 crianças e a meta é vacinar, durante este primeiro ano de implantação, pelo menos 55.914 crianças. A expectativa da Secretaria de Estado da Saúde é que no primeiro mês sejam imunizadas cerca de seis mil crianças.

De acordo com o enfermeiro do Núcleo de Imunização, da Secretaria de Estado da Saúde, Edson Lira, a vacina estará disponível em todas as Unidades de Saúde da Família e nas Unidades Básicas de Saúde. “Os profissionais das unidades estão passando as informações para as famílias e enfatizando a importância dessa nova vacina. É bom lembrar que não se trata de uma campanha e sim da introdução de uma nova vacina de rotina”, disse.

Edson lembra ainda da importância da vacina: “Nessa faixa etária, as crianças ainda estão tomando suas vacinas de rotina e esta será uma maneira de prevenir mais uma enfermidade”. A meta do Ministério da Saúde é atingir três milhões de crianças em todo país. A introdução da nova vacina é uma ação do Ministério da Saúde e marca o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais.

Hepatite A

Os principais sintomas da hepatite A são: pele e olhos amarelados, vômitos, cansaço, urina com coloração escura e fezes esbranquiçadas. A hepatite A é considerada uma forma branda de hepatite e não resulta em consequências mais graves. Em alguns casos, ela não apresenta sintomas.

A hepatite A é habitualmente benigna e raramente apresenta uma forma grave (aguda e fulminante) que pode levar à hospitalização ou morte em 2% a 7% dos casos graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), todos os anos ocorrem cerca de 1,4 milhão de casos da doença no mundo. No Brasil, estima-se que ocorram por ano 130 novos casos a cada 100 mil habitantes.

Não existe tratamento específico para a hepatite A. Este é realizado apenas com repouso e alimentação balanceada. Geralmente, o organismo se recupera após 4 a 15 semanas. O tempo de recuperação depende de características pessoais do indivíduo contaminado e da quantidade de vírus presente no organismo.

A prevenção da hepatite A inclui, principalmente, medidas de higiene pessoal, como lavar as mãos antes das refeições, e a ingestão de água e alimentos de origem confiável.

Banner Coringa Banner Coringa

Câmara de Monteiro empossa 3 novos vereadores

Curso de Extensão em Língua Inglesa abrirá inscrições na UFCG em Sumé

Prefeitura de Sumé planeja trabalho para a apreensão de animais soltos nas ruas

Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira

Estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (31), na Secretaria Municipal de Saúde, o vice-prefeito, Éden Duarte, o secretário de Saúde, Antônio Carlos Sarmento, o secretário de Obras, Gilvan Gonçalves e a Coordenação de Vigilância Sanitária, para tratar da questão dos animais que vivem soltos nas ruas de Sumé.

Todos os presentes afirmaram que medidas urgentes devem ser adotadas para a apreensão e o destino dos animais, devido à quantidade significativa de cachorros que estão soltos pelas ruas.

Ficou acordado que um canil será construído, na Secretaria de Obras, para abrigá-los. Eles terão acompanhamento da Vigilância Sanitária. Os casos mais graves, portadores de moléstias infecto-contagiosas, podendo trazer riscos à população, serão sacrificados, conforme estabelece o Código de Posturas do Município. Aqueles que estiverem sadios e não tiverem dono, ficarão à disposição para adoção.

Logo que o Canil estiver pronto, em 20 dias, os animais encontrados soltos na rua começarão a ser apreendidos. Os donos terão o prazo de sete dias para recolhê-los, mediante o pagamento de multa no valor de R$ 16,02 e taxa diária de R$ 0,77, conforme está estabelecido no Código de Posturas.

Já os animais de serviço e os que servirem para o consumo humano, ficarão abrigados num espaço do Matadouro Púbico, se não retirados no período estabelecido serão vendidos em leilão público pela Administração Municipal.

A prefeitura também entrará em contato com a Funasa para firmar parcerias para melhorar o trabalho com estes animais e o controle de zoonozes.

Cássio e Ricardo ficam frente a frente pela primeira vez após o rompimento

Prefeito em exercício de Monteiro tem agenda de compromissos nesta quinta

cajopref4O prefeito em exercício da cidade de Monteiro, Cajó Menezes, tem hoje uma ampla agenda de compromissos durante todo o dia. Pela manhã o prefeito está participando de uma importante reunião com Presidentes de associações rurais de todo o município, onde serão tratados diversos assuntos de interesse dos produtores rurais e homens do campo.

Deste encontro participam também secretários municipais, lideres comunitários, vereadores, imprensa e sociedade em geral, debatendo soluções para várias demandas da zona rural.

Ao meio dia o Prefeito participa representando o executivo, da assinatura do termo de posse dos três suplentes que assumem suas vagas na Câmara Municipal nesta Quinta feira por um período de quatro meses.

Os vereadores empossados serão Pedoca do Tingui, Baixinho do Mutirão e Edilson Reis. Eles assumem as vagas de Heleno de Amadeu, Luis Berto e Toinho de Nequinho, que se afastam para resolver problemas particulares.

Por fim, o Prefeito prestigia à noite também na Casa José Ferreira Tomé, a entrega de medalha de honra ao escritor e radialista monteirense Efigenio Moura, que foi agraciado com a honraria através de propositura do vereador Raul Formiga em decorrência da valorização e divulgação de Monteiro e do Cariri em todas suas obras literárias.

“Estamos cumprindo com os compromissos oriundos da confiança que a Prefeita Edna Henrique nos deu durante este período, não deixando cair em momento algum o nível de gestão determinada e compromissada com todos os segmentos de nossa sociedade”, disse o Prefeito interino Cajó Menezes.

Carlos Batinga é absolvido pelo Tribunal Regional Federal por fraude em licitação

Prefeita de Ouro Velho reafirma apoio a candidatura de Cássio Cunha Lima

Prefeitura de Monteiro realiza pagamento do mês de julho nesta quinta

Paraíba tem 215 mil veículos antigos, mas não multa emissão de poluentes

Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira

Mais de 215 mil veículos circulam há pelo menos 15 anos nas estradas da Paraíba, mas o estado só realiza fiscalização sobre a poluição gerada por estes carros quando recebe denúncias. A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) é responsável pela execução da política de proteção e preservação de meio ambiente do estado, mas informou que não possui nenhum registro de veículo multado por infringir a legislação ambiental.

A estatística disponibilizada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) revela que, na frota de carros com mais de 15 anos, contados a partir da data de fabricação, 59.323 foram emplacados em João Pessoa, 34.756 em Campina Grande e 7.301 no município de Patos, no Sertão paraibano. Existem em todo o estado 442 mil veículos com até cinco anos ‘de vida’ e quase 350 mil com seis a 15 anos de circulação.

O volume de gases nocivos à saúde gerado pelo motor de um carro com mais de 15 anos de uso pode ser até 28 vezes maior que o de um novo, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). A substituição do carburador pela injeção eletrônica, o uso do catalisador e a instalação de peças para tratar os gases no escapamento são alguns dos avanços tecnológicos implantados nos carros nesse período.

A Sudema informou que a Paraíba não tem instrumentos para medir a emissão de gases poluentes dos veículos. Também não há nenhum registro de transporte automotor multado por infração ambiental.

“Não tenho conhecimento de nenhum veículo multado. No caso da poluição sonora temos o decibelímetro, no caso de poluição em um imóvel, indústria ou residência, por exemplo, recebemos a denúncia e enviamos uma equipe para recolher material no local. Após análise do laboratório, aplicamos punição de multa administrativa por crime ambiental que pode variar de R$ 5 mil a R$ 5 milhões e, na esfera criminal, punição de detenção de um a quatro anos”, explicou coordenador de fiscalização Capitão Cavalcanti.

Em uma situação hipotética, para fiscalizar a emissão de gases poluentes veiculares, a Sudema enviaria uma equipe técnica para colher material, encaminhar para o laboratório e elaborar o laudo que poderia levar à aplicação de multa por crime ambiental, mas não há nenhum histórico de veículo multado por poluição atmosférica.

A punição prevista no artigo 68 do Decreto 6.514/2008, proíbe “conduzir, permitir ou autorizar a condução de veículo automotor em desacordo com os limites e exigências ambientais previstos na legislação”, com multa de R$ 1 mil a R$ 10 mil reais.

Plano de controle de poluição
Através da Resolução 418, de 25 de novembro de 2009, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) instituiu o Plano de Controle de Poluição Veicular (PCPV). O objetivo é gerir a manutenção dos veículos que podem ser responsáveis pelo aumento da emissão de poluentes, além de estabelecer “critérios para a elaboração de PCPV, para a implantação de Programas de Inspeção e Manutenção de Veículos em Uso pelos órgãos estaduais e municipais de meio ambiente”. Aos municípios paraibanos, é facultada a elaboração, mas ficou sob responsabilidade do estado, no prazo de um ano, já encerrado desde 2010, elaborar e publicar o PCPV.

Isenção do IPVA
Segundo a Secretaria da Receita Estadual, estes veículos antigos são isentos do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Porém, ainda pagam o seguro obrigatório, licenciamento anual e taxa de bombeiros. A lei 7.131/2002 determina, em seu artigo 4º, que “São isentos do pagamento do imposto: IX – os veículos automotores com mais de 15 anos de uso, contados a partir do ano de sua fabricação”.

“A lei prevê isenções, dentre elas o tempo de uso do veículo. Porém, outros itens, como licenciamento, seguro e taxa de bombeiros, são responsabilidade do Detran, por meio de lei específica do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)”, explica o auditor fiscal de arrecadação da receita estadual, Enilton Varjão.

Cássio inaugura Comitê da Coligação A Vontade do Povo de Campina Grande

Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira

A campanha de Cássio Cunha Lima ao governo da Paraíba pela Coligação A Vontade do Povo (PRB – PP – PTB – PSC – PR – PPS – PSDC – PTN – PMN – PSDB – PEN – PSD – PT do B – SDD), teve mais um grande evento na noite desta quarta-feira (30), na avenida Severino Cabral, em Campina Grande,onde foi inaugurado o comitê central de Campina Grande.

Tomada pela militância e pelo povo, a conhecida Avenida Brasília se pintou de amarelo para a abertura do Comitê de Campanha de Cássio. Mais uma vez, dezenas de lideranças políticas de todo o Estado prestigiaram o evento, além da presença no palanque dos candidatos a deputado (estadual e federal) da Coligação A Vontade do Povo.

Ao lado do candidato ao Senado, Wilson Santiago (PTB) e do candidato a vice governador Ruy Carneiro (PSDB), Cássio registrou a importância do Comitê como ponto de convergência da campanha. A estrutura conta com um amplo auditório para reuniões e vários ambientes de trabalho para a coligação.

“Participem desse comitê. Esse espaço foi montado com muito carinho e de forma especial para cada um de vocês. É daqui que vamos sair com a nossa orientação política e com as baterias recarregadas, para que nas ruas, como sempre fizemos, com a verdade e a crença em Deus, com a consciência do povo, nós possamos construir mais uma vitória”, orientou o candidato do PSDB.

Aproveitando para convocar a população para o primeiro comício da campanha, tradicionalmente marcado para sábado (02), às 19h, na rua Rio de Janeiro, no bairro da Liberdade, em Campina, Cássio ressaltou que o resultado das eleições do dia 5 de outubro deverá significar também “a libertação da Paraíba”.

“Estamos buscando uma vitória que não será apenas o resultado final de uma eleição. Mas será, na verdade, a libertação da Paraíba que está sob o julgo de um governo autoritário e insensível, que tem levado a infelicidade para muitos com perseguição política”, discursou Cássio Cunha Lima.

No Comitê, a militância terá acesso a todo o material de campanha e os eleitores poderão construir, com ideias e sugestões, juntos com Cássio, Ruy e Wilson, a caminhada da Coligação A Vontade do Povo.

Homem é encontrado morto dentro de veículo no município de Sumé

Governo do Estado paga salários do mês de julho nesta quarta e quinta-feira

Açude de 'Boqueirão' é suficiente para abastecer Campina até 2015

acudeboqueiraoO açude Epitácio Pessoa, reservatório que comporta 411 milhões de metros cúbicos e está com 29,9% da capacidade, tem condições de abastecer Campina Grande e cidades vizinhas até setembro de 2015. É o que indica um estudo realizado pela Agência Nacional das Águas (ANA), em parceria com Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

De acordo com o presidente da Aesa, João Vicente Machado Sobrinho, o resultado apontado na simulação de consumo só será possível se forem mantidos os pressupostos operacionais preconizados pela ANA, que opera o açude com o auxílio da Aesa e Dnocs. O cálculo simula uma situação sem recargas durante esse período, ou seja, se chover, o tempo de abastecimento deve ser ampliado, explica o gestor.

“Diante do prolongamento da estiagem, tomamos uma série de providências para garantir o abastecimento de Campina Grande e cidades vizinhas. Em parceria com outros órgãos, conseguimos a proibição da irrigação, intensificação da fiscalização sobre os irrigantes, suspensão da liberação de outorgas e ações de combate ao desperdício. Além disso, a Cagepa adotou importantes medidas de redução de perdas e conseguiu reduzir seu consumo de 1,5 metros cúbicos por segundo para 1,23”, destacou João Vicente.

Segundo a Aesa, o estudo comprova que o trabalho em conjunto resultou, no ano passado, em uma redução de 40% no consumo da água do açude localizado na cidade de Boqueirão. Em 2013 o reservatório teve uma diminuição de 68 milhões de metros cúbicos no seu volume total. Já em 2012 foram gastos 115 milhões de metros cúbicos e em 2011 a extração chegou a 117 milhões de milhões de metros cúbicos.

“Colocados em um gráfico, esses números apontam de forma clara a diminuição no consumo. Percebe-se que a mudança de postura adotada no início de 2013 contribuiu de forma significativa para o melhor aproveitamento da água de Boqueirão. E ainda hoje, no que cabe ao Governo do Estado, todas as medidas para promover um gerenciamento eficiente da água estão sendo tomadas”, acrescentou João Vicente.

ATÉ SANTINO TÁ NO MEIO: 28 vereadores de JP oficializam apoio a Lucélio Cartaxo

Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira

A reabertura dos trabalhos na Câmara de Vereadores de João Pessoa nesta quarta-feira (30) marcou não apenas a retomada da rotina na Casa, mas um momento importante no projeto político de Lucélio Cartaxo, candidato ao Senado Federal. Dos 27 vereadores da Capital, 23 com atuação no Legislativo, mais 5 – que hoje assumem posto no Governo Municipal – fecharam o grupo dos 28 que confirmaram que vão seguir com Lucélio.

“Foi dito e assumido por todos a importância de João Pessoa ocupar sua vaga no Senado Federal, já que, com a saída de Cícero, esse espaço vai ficar vago. Lucélio não só irá bem representar a Capital – como faz seu irmão com uma gestão brilhante à frente da Prefeitura – como também ser uma voz dedicada em defesa dos interesses de toda a Paraíba”, declarou o vereador Benilton Lucena (PT), 1º suplente do correligionário.

Para o vereador Renato Martins (PSB), a candidatura de Lucélio, em aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB), representa a chance histórica e imperdível da Paraíba viver uma grande mudança no cenário político.

“Está nas nossas mãos e em nossas consciências a oportunidade de criar uma nova força, que mude a cultura política do Estado; que retire a Paraíba do famigerado patrimonialismo; que faça com que encontremos o caminho do desenvolvimento social e econômico de maneira justa”, declarou o socialista, que defendeu: “Lucélio vem da classe trabalhadora. Ele já foi testado como gestor e como militante. Essa característica de ser um bom gestor e um bom militante o credencia no enfrentamento desses agrupamentos tradicionais, que só se locupletam do poder público paraibano”.

Quem também tratou da importância da candidatura de Lucélio foi o presidente da Câmara, Durval Ferreira (PP). Para o parlamentar, o petista representa a oportunidade da Paraíba viver um projeto novo desenvolvimento e atuação.

“Não é o novo na idade apenas, é o novo na política. Lucélio é um candidato sem vícios políticos, do tipo ‘é dando que se receber’. Ele representa não só novas ideias, mas um grande parceiro de João Pessoa em Brasília, já que também acredito na eleição da sua companheira de partido, a presidenta Dilma. Lucélio sendo senador, vai ganhar a Paraíba; vai ganhar João Pessoa. Nada mais justo que o povo da Capital votar maciçamente nele”, destacou Ferreira.

Presente à Câmara ao lado de seu irmão, o prefeito Luciano Cartaxo (PT), Lucélio se mostrou bastante grato pela força que recebe dos representantes do povo no Legislativo e que vai honra essa confiança focando sua atuação no desenvolvimento não só da Capital, mas de toda a Paraíba.

“João Pessoa abraçou nosso projeto de renovação, prova disso é a manifestação maciça de seus vereadores. Esse grupo compreendeu e assimilou um de nossos eixos de atuação: a luta pelo desenvolvimento integrado da Paraíba”, destacou Lucélio.

Vereadores que oficializaram apoio
1. Bira (PT)
2. Bosquinho (DEM)
3. Durval Ferreira (PP)
4. Elisa Virgínia (PSDB)
5. Fuba (PT)
6. Corujinha (PSDC)
7. Luis Flávio (PSDB)
8. Marcos Antônio (PPS)
9. Gabriel (Solidariedade)
10 Raissa Lacerda (PSD)
11 Bruno Farias (PPS)
12 João dos Santos (PR)
13 Marcos Vinícius (PSDB)
14 Helton Renê (PP)
15 Santino (PT do B)
16 Beniton Lucena (PT)
17 Chico do Sindicato (PP)
18 Dinho (PR)
19 Edson Cruz (PP)
20 Eduardo Carneiro (Solidariedade)
21 Felipe Leitão (Solidariedade)
22 Mangueira (PMDB)
23 Renato Martins (PSB)
24. Sergio da Sac (PSL)
25 Zezinho Botafogo (PSB)
26 Pedro Coutinho (PTB)
27 João Almeida (Solidariedade)
28 Marmuthe (Solidariedade)

Com 4 dias de festa, Bode na Rua 2014 foi o maior da história

Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira Paraíba começa a vacinar crianças contra a hepatite A nesta sexta-feira

A 15ª edição do Bode na Rua foi encerrada nesta segunda-feira (28) com o show de Gabriel Diniz em praça pública. Uma grande multidão compareceu ao município de Gurjão para o encerramento do evento ao som de um dos maiores artistas do nordeste na atualidade. Recordista de público por onde passa, Gabriel Diniz fez sua apresentação na segunda após cancelamento de última hora do seu show marcado para o domingo (27) em decorrência de problemas no voo que o traria de Fortaleza a Campina Grande.

Além de Gabriel Diniz, o Bode na Rua 2014 contou com outras grandes atrações como a Banda Karkará que gravou seu DVD no evento, Bonde do Brasil com seu belo desempenho em palco, Zezo encantou o enorme público que esteve em Gurjão para vê-lo, confirmando a grande expectativa formada em torno de seu nome e de seu show exclusivo em praça pública. Apresentaram-se ainda Banda Magia, Forró do Paredão, Forró das Antigas e uma grande quantidade de atrações que fizeram a festa desde o meio-dia até o sol raiar no sábado (26) e domingo (27).

A parte da expofeira foi um grande sucesso, fazendo desta edição do Bode na Rua a maior de sua história. A quantidade de animais em exposição quase dobrou, um recorde em movimentação financeira foi registrado, tendo só em liberação de crédito pelo Banco do Nordeste quantia superior a meio milhão de reais, R$ 678.286,00 foram liberados aos produtores participantes do evento. A estrutura de palco, barracas e stands foi também a maior já utilizada.

Momentos importantes para a ovinocaprinocultura foram registrados durante esses três dias, dos quais podemos destacar, o lançamento do Programa Sertão Empreendedor no município pelo Senar e pelo Sebrae que em parceria com a Prefeitura Municipal trará formação técnica e acompanhamento especializado para os produtores rurais participantes. O Banco do Brasil esteve presente também com uma apresentação ampla das linhas de crédito rural disponíveis na instituição financeira.

O ano de 2014 ficou marcado também pela quantia em premiações, que foi a maior de todas as edições. Além da premiação para os animais que participaram da pista de julgamento, foram entregues troféus e quantias em dinheiro para o Concurso Cabra Leiteira Municipal, Concurso Cabra Leiteira Interestadual e para a competição Laço do Bode, mais uma novidade este ano.

O Bode na Rua contou ainda com suas já tradicionais exposições de artesanato, gastronomia e apresentações culturais. A organização do evento contabiliza saldo extremamente positivo de sua realização. Para o Prefeito Ronaldo Queiroz, a festa superou, inclusive, as tentativas de alguns em manchar a imagem de sucesso. “é impressionante como tem gente que não sabe reconhecer o que foi feito de bom, gente que por questões particulares torcem pelo fracasso. O Bode na Rua este ano, sem dúvida nenhuma, foi o maior e melhor já realizado nas suas 15 edições. E já estamos pensando e vamos começar a trabalhar para que no próximo ano tenhamos um evento ainda maior e assim só crescer cada vez mais com o apoio do povo bom e amigo de Gurjão”, comemorou o prefeito.

O evento Bode na Rua 2014 em Gurjão teve início na manhã da sexta-feira (25) e se estendeu até a noite da segunda-feira (28) com um público em torno de 50 mil pessoas que visitaram a cidade durante os quatro dias de festa.

[+]   POSTAGENS