::Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia ::As charges do dia… ::‘Camarote VIP CP NET’ faz esquenta para o São João de Monteiro neste sábado ::O Melhor São João de Todos os Tempos é aberto oficialmente em Monteiro ::Homem é preso em flagrante e autuado em vários crimes em Serra Branca ::Ex-ministro e marido de Gleisi Hoffmann é preso pela Operação Lava Jato ::Prefeitura de Monteiro antecipa salário de junho dos servidores municipais ::Deputado João Henrique lamenta morte da mãe de vereador no Cariri paraibano ::Lígia destaca esquema de segurança e atenção com fogos nas festas juninas ::Prata segue pagando 13º salário no mês do aniversário de cada servidor Malves Supermercados

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

Campina Grande é uma das seis cidades brasileiras contempladas com o Laboratório de Formação do Trabalhador de Saúde no Contexto da Microcefalia. O programa, que vai oferecer capacitação para os profissionais de saúde que trabalham com crianças portadoras da microcefalia, foi apresentado nesta semana, em Brasília, pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS).

A formação abrange médicos, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, fisioterapeutas e outros profissionais de nível superior da rede de atenção às crianças com microcefalia, além dos Agentes Comunitários de Saúde. O treinamento busca capacitar para o atendimento às crianças, por meio de ensinamentos sobre monitoramento dos casos, diagnóstico, prevenção, estímulo do recém-nascido e apoio às mulheres, mães ou gestantes.

A diretora de vigilância em saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Eliete Nunes, participou da oficina nacional de lançamento do projeto em Brasília e explicou que, em Campina Grande, o curso será ministrado em outubro para quatro turmas. “Os profissionais que participarem do projeto atuarão como multiplicadores e repassarão as noções para os outros trabalhadores”, disse.

Segundo a prefeitura, Campina Grande foi escolhida para participar do projeto porque se tornou referência no cuidado humanizado às crianças e famílias de bebês com microcefalia. O serviço de referência no tratamento à microcefalia e outros distúrbios, causados pela Síndrome Congênita do Zika Vírus, foi criado em novembro do ano passado e funciona no Hospital Municipal Pedro I. O ambulatório atende mais de 70 bebês e já prestou assistência para mais de 600 mulheres grávidas com sintomas de zika.

As outras cidades contempladas são Recife (PE), Salvador (BA), Araguaína (TO), Juiz de Fora (MG) e Cuiabá (MT). O projeto é realizado pelo CONASEMS, em parceria com a empresa Johnson & Johnson e com o Instituto de Apoio e Pesquisa ao Desenvolvimento Social (IPADS). A medida atende o Plano Nacional de Humanização (PNH).

Banner Coringa Banner Coringa
Banner Prefeitura Educação

O Melhor São João de Todos os Tempos é aberto oficialmente em Monteiro

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

Foi aberto oficialmente pela prefeita Edna Henrique nesta quinta-feira (23), o período de shows musicais do tradicional São João de Monteiro – O Melhor de Todos os Tempos, promovido pela Prefeitura Municipal. O show principal foi do cantor Dejinha de Monteiro, que teve ainda as apresentações de Patrões do Forró e Pegada do Momento. A programação de shows vai até o dia 28, data do aniversário de Emancipação Política do município, que este ano está completando 144 anos.

Na festividade mais aguardada da cidade, Melhor São João de Todos os Tempos, que este ano vem acontecendo desde o último dia 11 com apresentações de quadrilhas juninas, ainda se apresentarão artistas como Marília Mendonça, Magníficos, Solteirões do Forró, Márcia Fellipe, Forró do Muído, Gente Boa, Adriano Silva, Chiquinho de Belém, Luciene Melo e outras atrações.

Garantindo o sucesso assim como nos anos anteriores a prefeita Edna Henrique optou por realizar um São João atendendo a todos os seguimentos do forró, priorizando a tradição junina da região através dos artistas da terra e oferecendo a oportunidade aos monteirenses de mais uma vez conhecerem as revelações musicais do país.

Confira abaixo a programação completa:

DIA 23 – Dejinha de Monteiro / Patrões do Forró / Pegada do Momento

DIA 24 – Forró do Muído / Maike José / Xodó do Cariri / Chiquinho de Belém

DIA 25 – Márcia Fellipe / Adriano Silva / Neno ‘O Magnífico’ / Ramon do Acordeon

DIA 26 – Solteirões do Forró / Luciene Melo / Gente Boa

DIA 27 – Marília Mendonça / Tony Farra / Laerte Lins

DIA 28 – Banda Magníficos / Forró Mais Eu / Franklin Dia

Homem é preso em flagrante e autuado em vários crimes em Serra Branca

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

Por volta das 15h30, desta sexta-feira (24), um homem de 23 anos, foi preso em flagrante na cidade de Serra Branca, no Cariri Paraibano.

Segundo informações, ele estava com amigos em um sítio na Zona Rural de Serra Branca e ao sair em uma motocicleta acabou se acidentando.

Os familiares de imediato, o conduziram até o Hospital da cidade, para que ele fosse atendido, pois machucou o joelho.
O mesmo chegou à unidade de saúde desacordado e quando recobrou a consciência, começou a apresentar um comportamento agressivo, não permitindo que nenhum profissional o ajudasse.

Então, os funcionários do Hospital ligaram para o batalhão e solicitaram a presença da polícia para conter o rapaz que estava a todo instante, proferindo palavras de baixo calão, desferindo chutes e apresentava sinais de embriaguez.

Com a chegada dos militares, a situação ficou ainda pior e o jovem continuou resistindo ao pedidos para que ele se acalmasse.
Foram gastos vários minutos para que os militares conseguissem imobilizar o rapaz, para conduzi-lo até a Delegacia, pelo desacato cometido.

Na Delegacia, Renan relatou o ocorrido de diversas formas ao Delegado plantonista Dr. Yuri Givago.

Após serem ouvidas as testemunhas, o jovem foi autuado pelos crimes de desacato, desobediência, resistência, dano ao patrimônio público (por quebrar umas das cadeiras do Hospital), além de fazer ameaças de morte a um militar.

Em seguida, ele foi conduzido para a Cadeia Pública local e ficará a disposição da justiça. A esta ação, não cabe fiança.

O acusado que é natural da cidade de Nova Russas, no estado do Ceará, estava na região passando férias junto com sua esposa na casa de familiares. O casal reside na cidade do Rio de Janeiro.

O jovem é usuário de remédios controlados, pois sofre com problemas de depressão e havia interrompido a ingestão da medicação há alguns dias.

Com Edna Amorim

Ex-ministro e marido de Gleisi Hoffmann é preso pela Operação Lava Jato

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

O ex-ministro do Planejamento do governo Lula e das Comunicações no primeiro governo Dilma, Paulo Bernardo, foi preso nesta quinta-feira (23) em um desdobramento da 18ª fase da Operação Lava Jato, em Brasília. Ele é marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Carlos Gabas, ex-ministro da Previdência do governo Dilma, teve a casa alvo de busca e apreensão.

Inicialmente, a PF informou que Gabas foi alvo de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada a depor. No entanto, o juiz que autorizou o mandado disse que Gabas deveria ser informado pelos policiais que teria o direito de ficar em silêncio e, nesse caso, não seria obrigado a ir para a delegacia prestar depoimento. Como Gabas disse que não falaria com as autoridades, pôde ficar em casa.

Um mandado de condução coercitiva foi para o jornalista Leonardo Attuch, que administra o blog ‘Brasil 247′. Ele já havia aparecido nas investigações da Lava Jato como suspeito de ter recebido dinheiro por serviços não executados.

Entre os que foram presos está Valter Correia, secretário de Gestão do prefeito Fernando Haddad, em São Paulo.

Há ainda um mandado de prisão preventiva para o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que, condenado na Lava Jato, está preso desde 2015. Outro ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira, também tem mandado de prisão. Ele é marido da ex-ministra do Desenvolvimento Social no governo Dilma, Tereza Campelo, e próximo ao ex-ministro José Dirceu.

No entanto, até o início da tarde desta quinta, ele ainda não havia sido detido pela PF, que não o encontrou em casa. Em entrevista à Rádio Gaúcha, mais cedo, Ferreira disse que está “tranquilíssimo”. “Nunca, em momento algum nos quatro anos que eu estive à frente da secretaria de finanças do PT, vinculei doação a contrato”, afirmou Ferreira na entrevista.

Além das prisões relacionadas ao PT, policiais federais foram à sede do partido no centro de São Paulo. Os presos e o material apreendido serão encaminhados à sede da Polícia Federal, na capital paulista.

A PF informou que o objetivo da operação, batizada de Custo Brasil, é apurar o pagamento de propina referente a contratos de prestação de serviços de informática pela empresa Consist no valor de R$ 100 milhões, entre os anos de 2010 e 2015, a pessoas ligadas a funcionários e agentes públicos ligados ao Ministério do Planejamento.

Um mandado de prisão preventiva tem como alvo advogado Guilherme de Salles Gonçalves, que participou da campanha da senadora Gleisi Hoffmann para o Senado, em 2010, e à prefeitura de Curitiba, em 2008. Ele não foi detido porque está no exterior, de acordo com a Polícia Federal.

Ao todo, a operação tem 65 mandados judiciais em São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Distrito Federal.

Do total de mandados nesta quinta, 11 são de prisão preventiva, 40 de busca e apreensão e 14 de condução coercitiva, quando a pessoa é levada a prestar depoimento. Um dos mandados de busca foi cumprido na casa de Bernardo e Gleisi, no bairro Água Verde, em Curitiba.

Em nota, a defesa de Paulo Bernardo disse que a prisão é ilegal e que o ex-ministro não teve envolvimento em eventuais irregularidades no Planejamento (veja nota dos advogados no final desta matéria).

Por telefone, Gabas falou à GloboNews que está em casa e à disposição para esclarecimentos. Ele disse ainda que quer que tudo seja esclarecido, que os culpados paguem e os inocentes sejam absolvidos e liberados.

“Segundo apurou-se, 70% dos valores recebidos por essa empresa [Consist] eram repassados a pessoas ligadas a funcionários públicos ou agentes públicos com influência no MPOG [Ministério do Planejamento] por meio de outros contratos – fictícios ou simulados”, disse a PF.

Os crimes investigados na operação são de tráfico de influência, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, com penas de 2 a 12 anos de prisão.

Prefeitura de Monteiro antecipa salário de junho dos servidores municipais

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Deputado João Henrique lamenta morte da mãe de vereador no Cariri paraibano

Lígia destaca esquema de segurança e atenção com fogos nas festas juninas

Prata segue pagando 13º salário no mês do aniversário de cada servidor

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

O prefeito de Prata, Junior Nóbrega, desde 2013 que assumiu a prefeitura vem pagando os servidores dentro do mês trabalhado e ainda com um grande diferencial que é o compromisso perante aos servidores públicos do município a pagar o valor integral do 13º salário no mês do aniversário de cada servidor.

Em tempos difíceis, de crise financeira, o prefeito Junior Nóbrega tem conseguido manter as contas do município em dia. Com muito trabalho e respeito ao dinheiro do contribuinte, a Prefeitura de Prata sempre vem saldando os débitos existentes com fornecedores, prestadores de serviços e servidores.

Uma das maiores conquistas segundo o prefeito para o funcionário público está sendo o pagamento do 13º de cada funcionário que desde 2014 está sendo realizado, poucas prefeituras da Paraíba estão mantendo esse compromisso de pagar o decimo.

“Em média a prefeitura paga de decimo terceiro e encargos sociais mais de R$ 48 mil a mais da folha de pagamento, isso é a forma de valorizar o funcionalismo público pagando seu decimo terceiro no dia do seu aniversário”, comentou o prefeito Junior.

Além disso a prefeitura de Prata e referência sobre o pagamento do novo piso salarial dos professores.

A prefeitura municipal de Prata através do prefeito Junior Nóbrega levou no dia 04 de fevereiro de 2016 para a Câmara de Vereadores a lei sobre atualização do piso salarial do magistério público municipal e com a aprovação dos vereadores o piso salarial foi corrigido em 11,36% (onze vírgula trinta e seis por cento) sobre o valor dos vencimentos, conforme determina o Art. 5º da Lei Federal nº 11.738, de 16 de junho de 2008.

Lembrando que mais da metade dos estados brasileiros não cumpre o salário estipulado na lei do piso dos professores, de acordo com levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Banner Efigenio

Tiririca lembra Shaolin e chora

Bolsonaro vira réu por falar que Maria do Rosário não merece ser estuprada

São João 'Lá no meu Taperoá' começa nesta quinta-feira com várias atrações

Sumé sediará seminário internacional sobre água no mês de agosto

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

Será realizado no Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da UFCG nos dias 16 e 17 de agosto, o “Seminário Internacional Água e Desenvolvimento no contexto da ecologia política”. O evento tem inscrições gratuitas e limitadas para professores, técnicos administrativos e alunos.

A inscrição deve ser feita enviando um e-mail para pet.cdsa.ufcg@gmail.com, informando o nome, a ocupação, o curso e a instituição da qual faz parte.

As atividades serão realizadas no Auditório do CDSA, pela manhã (8h às 12h) e pela tarde (14h às 18h). O ministrante do Seminário será o professor José Esteban Castro, da School of Geography, Politics and Sociology – Newcastle University, Inglaterra.

A realização é do Observatório de Políticas Públicas do Semiárido – OPPS, do Núcleo de Pesquisa, Gestão Pública, Política e Cidadania – NUGEP, Gestão de Cidades e Desenvolvimento Urbano – GEDURB, PET Gestão Pública, Projeto Aqua e Grupo de Pesquisa Estudos e Saberes Ambientais Enrique Leff – ESAEL – PPGCJ/UFPB. Tem apoio da UFCG, CDSA, UEPB, CAPES, FNDE e MEC.

Sobre o ministrante

José Esteban Castro atua em ciência social interdisciplinar. Ele foi formado como sociólogo (1983-1988) na Universidade Nacional de Buenos Aires (UBA), Argentina, onde se tornou assistente de ensino em Sociologia Urbana (Carreira de Sociologia) e desde seminários Metodologia de Pesquisa do Instituto de Pesquisas Gino Germani, até 1990. Ele também estudou psicologia na mesma universidade (1984-1990). Castro obteve um mestrado em Ciências Sociais da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO), no México (1990-1992), e tornou-se professor de Ciências Sociais da mesma instituição. Em 1998, ele recebeu uma DPhil em Política pela Universidade de Oxford. Sua dissertação centrou-se na interrelação entre a política de água e a formação da cidadania no México, e foi premiado com o Prêmio 1998 de Pós-Graduação da Sociedade Britânica-mexicana. Antes de vir para Newcastle em 2005, ele foi um Pesquisador Associado Sênior na Universidade de Oxford, professor de Estudos sobre Desenvolvimento da London School of Economics e professor de Ecologia Política na University College London.

O trabalho de Castro tem se concentrado principalmente na América Latina e Europa, em particular na Argentina, Brasil e México. Ele tem sido professor visitante em várias universidades, incluindo a Universidade Nacional de Buenos Aires (UBA), a Universidade Nacional de Rosário (UNR), da Universidade Nacional de Córdoba, da Universidade Nacional de Cuyo (UNCUYO) na Argentina, o Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) no Brasil, a Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO), da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), e da Universidade ITESO jesuíta no México, a Universidade de Lisboa, em Portugal, e da Universidade de Alcalá de Henares, na Espanha.

Entre outros produtos de seu trabalho de investigação em colaboração com parceiros internacionais, Castro liderou a criação da rede internacional de pesquisa WATERLAT-GOBACIT (www.waterlat.org), que também coordena. A rede é dedicada à pesquisa, ensino e ação prática em relação à política e gestão da água. Ele tem mais de 300 membros (http://waterlat.org/team/members-new/), dos quais cerca de um terço são estudantes, principalmente de doutoramento e mestrado estudantes, mas também estudantes de graduação (http://waterlat.org/team/ alunos-novos /).

Castro é membro de várias instituições profissionais e redes acadêmicas, incluindo a International Sociological Association (ISA), a American Sociological Association Latin (ALAS), e da Rede de Pesquisa figuracional da Fundação Norbert Elias (http://www.norberteliasfoundation.nl/ rede / index.php).

STF nega pedido de Dilma por mais tempo para testemunhas de defesa

LUTO EM ZABELÊ: Morre a mãe do presidente da Câmara, vítima de enfarto

PRF intensifica fiscalizações durante festejos de São João na Paraíba

Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia Campina e mais seis cidades terão programa para tratamento da microcefalia

Em menos de uma hora de fiscalização, na manhã desta terça-feira (21), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou dez motoristas realizando ultrapassagens indevidas, na BR-104, próximo à cidade de Esperança, no Brejo paraibano. A PRF está intensificando as fiscalizações nas rodovias que passam pela Paraíba com o objetivo é evitar acidentes, devido ao aumento no fluxo de veículo que deve ocorrer até a próxima segunda-feira (27), com a chegada das festividades de São João.

De acordo com a PRF, o foco principal das fiscalizações está sendo as ultrapassagens, mas também estão sendo reforçadas as atividades de repressão ao excesso de velocidade e a operação Lei Seca.

“A operação vai até o dia 27 com foco de ultrapassagens nas principais rodovias federais da Paraíba. A ultrapassagem é uma problemática intensa nas rodovias e requer atenção e cautela”, disse a assessora da PRF na Paraíba, Natália Freire.

Ainda de acordo com a assessoria da PRF, as colisões frontais em ultrapassagens indevidas correspondem a 3% das ocorrências registradas nas rodovias da Paraíba. Entretanto cerca de 50% das vítimas de colisão frontais em ultrapassagens morrem. “Os condutores precisam obedecer a sinalização horizontal”, frisou Natália Freire.

Para fiscalizar a velocidade dos carros, a PRF vai usar radares móveis, em locais estratégicos, onde é comum que motoristas excedam a velocidade e nos locais onde já foram registrados acidentes com veículos acima do limite permitido.

Prefeita Edna Henrique prestigia eventos juninos em Monteiro

[+]   POSTAGENS