::Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição ::Piano e carro de Eike Batista são devolvidos pela Justiça ::Artur vai a Ricardo comunicar sua posse como presidente do Tribunal de Contas ::Dr. Rey leva aperto nos ovos e o pau come no Bar do Cuscuz, em Campina Grande ::Briga entre jovens no Cariri termina com vários feridos e um preso ::Evaldo Costa assume cargo no Pernambuco ::Ourovelhense assume chefia de gabinete do deputado Tovar Correia Lima ::Tarifa de energia elétrica aumenta até 5,7% na Paraíba a partir de segunda ::Ricardo visita Espaço Cultural reformado e vê funcionamento de setores; veja fotos ::Câmara de Monteiro é representada em seminário do TCE, em João Pessoa Malves Supermercados

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

Rômulo Tribuna da CâmaraO deputado federal Rômulo Gouveia (PSD-PB) foi escolhido pela Câmara Federal para acompanhar o andamento das obras de transposição do Rio São Francisco. O parlamentar integra a Comissão do São Francisco, criada esta semana na Casa para fiscalizar a execução da obra.

Lembrando que a Paraíba é um dos estados mais sofridos com os efeitos da seca e que, em 2014, cerca de 90% dos municípios paraibanos tiveram estado de emergência decretado por este motivo, Rômulo disse que é importante o acompanhamento, de perto, do que esta acontecendo na obra tão esperada pelos nordestinos. A Paraíba está contemplada com dois eixos da transposição.

A construção da obra começou em 2007. O projeto de integração do São Francisco tem extensão total de 469 quilômetros e a estimativa é que 11,6 milhões de pessoas sejam atendidas com fornecimento de água em cidades do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

A transposição das águas do Rio São Francisco estão estimadas em um investimento de R$ 8,2 bilhões. De acordo com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, tudo estará pronto até o início de 2016.

A Câmara dos Deputados criou uma comissão externa para acompanhar o andamento das obras da Transposição do Rio São Francisco, um dos carros chefes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), orçado atualmente em 8,2 bilhões.

A comissão é composta por cinco deputados titulares e igual número de suplentes. Ela avaliará o andamento do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.

Banner Coringa Banner Coringa

Piano e carro de Eike Batista são devolvidos pela Justiça

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

O empresário Eike Batista recebeu de volta em sua casa, no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio, o piano e um dos carros apreendidos pela Polícia Federal no início de fevereiro, por determinação da justiça. De acordo com o advogado do empresário, Raphael Mattos, uma transportadora fez a entrega do instrumento, na noite desta sexta-feira. Eike Batista não estava em casa.

O carro, um Range Rover, foi entregue a Thor Batista, filho do empresário e dono do veículo. O carro foi fotografado na garagem do prédio onde mora o juiz da 3ª Vara Federal Criminal do Rio, Flávio Roberto de Souza, afastado, na quinta-feira (26), da condução do processo contra o empresário pela Corregedora Nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi.

Na terça-feira (24), o magistrado foi flagrado dirigindo o Porsche Cayenne de Eike. Ele admitiu ter guardado o veículo na garagem do prédio onde mora, na Barra da Tijuca. Souza também deu a um vizinho a guarda do Range Rover de Thor Batista e o piano de cauda. Estes e outros bens foram apreendidos por decisão do próprio juiz e seriam leiloados para garantir o pagamento de dívidas empresariais.

O advogado informou que na segunda-feira (2) irá até a 3ª Vara Criminal para notificar ao juiz substituto a devolução do piano e do carro. Mattos não soube dizer em que estado o piano foi devolvido, mas informou que, no dia da apreensão, antes de ser levado da casa de Eike, o instrumento foi filmado e fotografado. Ele disse ainda que Thor teve a guarda do carro mas foi avisado de que não poderá usá-lo.

Nesta sexta-feira (27), o juiz Flávio Roberto de Souza, da 3ª Vara Federal Criminal, informou à Corregedoria Regional da Justiça Federal da 2a Região que ficará afastado por 15 dias, em razão de uma licença médica.

Artur vai a Ricardo comunicar sua posse como presidente do Tribunal de Contas

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

O governador Ricardo Coutinho recebeu em audiência, nesta sexta-feira (27), na Granja Santana, o atual vice-presidente do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), conselheiro Arthur Cunha Lima, que assume a presidência do órgão no próximo dia 13 de março. Durante a visita de cortesia, o conselheiro falou sobre as suas expectativas na gestão do Tribunal de Contas e importância da manutenção do bom nível de diálogo e harmonia entre os poderes instituídos para que a Paraíba avance cada vez mais.

O governador Ricardo Coutinho agradeceu o convite e destacou a importância do Tribunal de Contas na orientação, julgamento e controle da transparência das contas públicas. Ele desejou sucesso ao novo presidente e destacou que o Governo do Estado estará aberto a construir parcerias com o TCE no sentido de aprimorar a aplicação dos recursos públicos.

O conselheiro Arthur Cunha Lima assume a presidência no dia 13 de março com a aposentadoria compulsória do atual presidente Umberto Silveira Porto, que completa 70 anos. “Viemos em deferência ao governador Ricardo Coutinho entregar em mãos o convite para a minha posse e do vice-presidente André Carlo Torres para o biênio 2015 e 2016″, disse Arthur.

Ainda durante a visita, foi discutido o papel dos gestores diante da crise que passa o país e o as metas da nova gestão do Tribunal de Contas dando celeridade e eficiência no julgamento das contas. “Vamos juntos com meus pares primar pela celeridade processual para darmos as respostas que a sociedade espera”, adiantou o conselheiro Arthur Cunha Lima.

Banner Segundo Wilson Ricardo

Dr. Rey leva aperto nos ovos e o pau come no Bar do Cuscuz, em Campina Grande

drreyO apresentador e cirurgião plástico Roberto Miguel Rey Júnior, conhecido como Dr. Rey ou Dr. Hollywood, de 53 anos, se envolveu em uma confusão em um bar de Campina Grande, a 125 km de João Pessoa, na noite dessa sexta-feira (27). Vídeos mostram o tumulto.

O médico estava na cidade para participar de um simpósio de saúde, que ocorreu na sexta, e logo depois do evento, ele foi ao bar, onde recebeu fãs e fez várias fotos.

Segundo testemunhas, Dr. Rey teria sido assediado por um rapaz, supostamente embriagado, que teria lhe apertado os testículos, o que irritou o médico. O apresentador teria tentado agredir o jovem, o que deu início à confusão. Ainda conforme testemunhas, outros clientes também teriam reprovado a atitude do rapaz, que acabou sendo retirado do bar pelos seguranças.

Dr. Rey foi contido por seguranças e pessoas que o acompanhavam e deixou o local pela porta dos fundos. Não houve feridos nem situações mais graves.

A reportagem tentou entrar em contato com o estabelecimento, mas os telefones não foram atendidos. De acordo com a assessoria do evento do qual Dr.Rey participou em Campina, não houve registro do caso na polícia. O apresentador deixou a Paraíba neste sábado (28).

Dr. Rey é brasileiro, natural de São Paulo, mas fez carreira fora do país e é famoso mundialmente por trabalhar com celebridades internacionais. Ele estrelou o seriado ‘Dr. 90210′, levado ao ar no Brasil pelo canal pago E! Entertainment Television.

Veja o vídeo:

Com Portal Correio

Briga entre jovens no Cariri termina com vários feridos e um preso

revolver22Uma briga entre jovens da cidade de Sumé e Congo deixou vários feridos na madrugada deste sábado (28). A confusão aconteceu por volta das 02hs na Praça José Américo, no Centro da cidade de Sumé.

De acordo com as primeiras informações, um grupo de jovens iniciou uma briga em plena praça pública, com motivos ainda desconhecidos. Ouve garrafadas, troca de socos e chutes entre os jovens. Um dos envolvidos foi ferido com um tiro de arma de fogo, disparado por outro envolvido que foi atingido com uma carregada. Na fuga, o jovem saiu atirando para cima.

Segundo testemunhas, os jovens estavam bebendo, e há possibilidade de que os envolvidos sejam rivais. A Polícia foi acionada e esteve presente no local para acalmar a situação. Um dos envolvidos que é do Congo foi preso.

Os feridos foram encaminhados para o Hospital Alice de Almeida, em Sumé.

Evaldo Costa assume cargo no Pernambuco

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

Na vida nada melhor do que o recomeço, depois de disputar e perder a eleição para deputado federal na Paraíba, o ex-secretário de imprensa na gestão de Eduardo Campos, o jornalista Evaldo Costa, assumirá uma assessoria especial na Prefeitura do Recife.

A decisão foi divulgada no Diário Oficial dessa segunda-feira (24) e assinada pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). O jornalista vai integrar a Secretaria de Governo e Articulação Social, capitaneada por Sileno Guedes. A pasta é responsável pelas articulações políticas da prefeitura e coordena o Recife Participa, projeto que substituiu o Orçamento Participativo, da gestão do PT.

Nas eleições da Paraíba, o ex-secretário de imprensa recebeu 11.141 votos (0,58% do total). Evaldo esteve ao lado de Eduardo Campos durante os oito anos em que o socialista esteve à frente do governo de Pernambuco e era considerado um dos principais conselheiros do ex-governador. Antes, era secretário de Imprensa do governo de Miguel Arraes (PSB), desde 1997. O jornalista deixou o governo para se dedicar à campanha eleitoral.

Evaldo é filiado ao PSB e integra, atualmente, um núcleo da Fundação João Mangabeira em Pernambuco.A assessoria da Secretaria de Governo e Articulação Social explica que o jornalista vai atuar na área de comunicação institucional, função que já exercia no governo do Estado. “Com toda a experiência e competência que tem na área”, afirma a nota.

A informação foi repercutida na imprensa pernambucana em especial no Blog de Jamildo Melo no Portal NE10.

Ourovelhense assume chefia de gabinete do deputado Tovar Correia Lima

Terceiro postagens – Câmara Monteiro

Tarifa de energia elétrica aumenta até 5,7% na Paraíba a partir de segunda

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

As contas de luz na Paraíba vão aumentar a partir da próxima segunda-feira (2). A tarifa das cidades atendidas pela Energisa Borborema aumentam em 5,7% e os municípios atendidos pela concessionária Energisa PB terão alta de 3,8%. O reajuste vai começar a vigorar após a revisão extraordinária aprovada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (27). No início de fevereiro, a conta de energia já tinha sofrido um primeiro reajuste para Campina Grande e outras cinco cidades da Paraíba.

A alta para os estados do Norte e Nordeste será em média de 5,5%, inferior ao repasse para os consumidores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, cuja alta vai ser de 28,7%, na média, 4,5 vezes maior.

Ao todo, a Aneel autorizou o reajuste das tarifas de 58 das 63 distribuidoras de energia do país. Os cerca de 1,2 milhão de consumidores da AES Sul, que atende em 118 cidades do Rio Grande do Sul, terão o maior reajuste, de 39,5%.

Entre as maiores distribuidoras, os mais altos serão da Copel (36,4%), que atende a clientes no Paraná, da Eletropaulo (31,9%), que atua em São Paulo, e da Cemig (28,8%), que atende a consumidores de Minas Gerais.

Clientes de quatro distribuidoras não serão atingidos pelo reajuste extra das contas de luz. Os da CEA, do Amapá, porque a empresa não pediu à Aneel a revisão extraordinária. Já os da Amazonas Energia (AM), Boa Vista e CERR (RR), estão livres porque vivem em regiões que não são atendidas pelo Sistema Interligado Nacional (SIN), rede de linhas de transmissão que liga o país, e por isso não participam do rateio de contas do setor.

Ricardo visita Espaço Cultural reformado e vê funcionamento de setores; veja fotos

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

O governador Ricardo Coutinho visitou, no final da tarde desta sexta-feira (27), todos os ambientes da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa. A Funesc passou por reforma completa desde sua inauguração na década de 1980. Nas obras e na aquisição de novos equipamentos e móveis, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 48 milhões.

Acompanharam Ricardo Coutinho a presidente da Funesc, Márcia Lucena; a vice-presidente Nézia Gomes; a superintendente da Suplan, Simone Guimarães, além de vários gerentes e técnicos da Fundação.

Para o governador, o Espaço Cultural renasceu com a mais completa reforma de toda sua história, mantendo todas as características originais. Projetado pelo arquiteto Sérgio Bernardes, uma das principais alterações foi a transformação do antigo Cine Bangüê em Sala de Concertos e o novo cinema, com tecnologia digital.
A superintendente do Plano de Obras de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães, disse que nesta visita o governador constatou o funcionamento da parte cênica do Teatro Paulo Pontes, que inclui a iluminação, o maquinário, além do cinema, a Escola de Música Antenor Navarro e o antigo Cine Banguê, que agora é espaço para apresentação das Orquestras Sinfônicas.

A presidente da Funesc, Márcia Lucena, afirmou que o governador Ricardo Coutinho ficou satisfeito com os resultados da ampla reforma que devolve à comunidade um equipamento totalmente revitalizado. “Aqui na Funesc nós estamos trabalhando na elaboração de um projeto de ocupação para que esse espaço seja literalmente invadido pela comunidade. A previsão é de ocupação integral de espaços todos os dias, em todos os turnos”, adiantou. Ela destacou que a tarefa agora é de acolher, de divulgar e estimular a produção artística e cultural. Para isso, parcerias serão firmadas com Secretarias de Estado: “Nós vamos estimular e trabalhar muito conjuntamente e desenvolver um trabalho inter-setorial”.

O secretário de Estado da Cultura, Lau Siqueira, avalia que a cidade e a Paraíba têm uma memória afetiva muito grande pelo Espaço Cultural e a ampla reforma devolve a grande estrutura ao público. Lau adiantou que a Secretaria de Cultura vai funcionar na Funesc a partir de março, o que vai facilitar o desenvolvimento das ações em parcerias.

Câmara de Monteiro é representada em seminário do TCE, em João Pessoa

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

A Escola de Contas Conselheiro Otacílio Silveira (Ecosil), organismo do Tribunal de Contas da Paraíba, promoveu, na manhã desta sexta-feira (27), seminário destinado à exposição e discussão de questões previdenciárias com prefeitos, presidentes de Câmaras Municipais, contadores e gestores de Institutos Próprios de Previdência. A Câmara Municipal de Monteiro foi representada pelo seu presidente, Bero de Bertino, e pelo vereador Raul Formiga (foto).

Ao saudar os participantes que em bom número ocuparam as cadeiras do Auditório Celso Furtado, do Centro Cultural Ariano Suassuna, também pertencente ao TCE, o coordenador da Ecosil, conselheiro André Carlo Torres Pontes, lembrou que o setor movimenta fatia considerável da economia paraibana.

“São 70, atualmente, os Institutos Próprios de Previdência existentes no Estado, mas já foram 170. Juntos, eles movimentam cerca de 1 bilhão e 600 milhões de reais”, informou o conselheiro.

Em seguida, destacou a importância do encontro então promovido com o propósito de favorecer meios e conhecimentos necessários à boa administração desses recursos e dos serviços deles decorrentes. “Gerir e pagar benefícios previdenciários exigem metodologia e capacitação”, observou.

O Seminário sobre Regime Próprio de Previdência Social, que durou por toda a manhã desta sexta-feira, teve exposições dos auditores de contas públicas Eduardo Ferreira Albuquerque e Sara Maria Rufino de Sousa, ambos dos quadros técnicos do Tribunal de Contas.

O primeiro chefia a Divisão de Auditoria de Atos de Pessoal e Gestão Previdenciária do TCE (Diapg), é especialista em finanças empresariais, bacharel em Ciências Contábeis e engenheiro de Segurança do Trabalho.

Sara Rufino, a outra expositora, possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal da Paraíba, é especialista em Gestão e Auditoria Pública e, também, em Direito, pelo Instituto de Educação Superior da Paraíba.

 

OLHO VIVO

Por Simorion Matos

simorion

BOLA DA VEZ EM SERRA BRANCA
Embora não admita publicamente, o secretário de Serviços Urbanos Vicente Fialho, o professor Sousinha, é tido como o mais provável candidato a prefeito de Serra Branca, pelo grupo que tem o comando do prefeito Dudu.
A favor de Sousinha pesa o conceito de secretário trabalhador, reconhecido pelos próprios oposicionistas do governo serrabranquense. Resta saber se essa possível pré-candidatura resistiria mais um ano e meio até chegar à convenção em junho de 2016, escapando da ciumeira e do “fogo amigo” que certamente existe dentro do próprio grupo.

DENNYS NO PÁREO EM SUMÉ
O irrequieto Dennys Mayer, que alguns despeitados chamam de doido mas que, pelo contrário, é muito inteligente, vem sendo apontado como um dos nomes fortes na campanha municipal de Sumé, no próximo ano.
Membro de tradicional família sumeense, o agora casado poderia até mesmo ser indicado como candidato a vice-prefeito. Só quem é doido duvida que isto possa acontecer.

EVALDO COSTA PREFEITO DE PARARI
Analistas da política caririzeira não descartam a possibilidade de, em médio prazo, acontecer uma candidatura do jornalista e suplente de deputado federal Evaldo Costa ao cargo de prefeito de sua terra natal, Parari.
Os que assim pensam admitem que Evaldo teria como exemplo outro caririzeiro, o ex-deputado Carlos Batinga. Após passar vários anos morando longe de Monteiro, sendo secretário nas cidades de João Pessoa, Natal e Salvador, em 1996, Batinga foi convocado por lideranças da sua terra natal e disputou a Prefeitura de Monteiro vencendo Raul Formiga por 771 votos e se reelegeu em 2000, enfrentando Formiga novamente.
Embora essa provável candidatura possa parecer absurda para alguns, por conta das atividades profissionais de Evaldo em Pernambuco, os teimosos afirmam que no dicionário político não existe a palavra IMPOSSÍVEL. Afinal de contas, o jornalista parariense já entrou na roda.

EDNA HENRIQUE DÁ EXEMPLO DE GESTÃO
A prefeita de Monteiro, Edna Henrique, dá exemplo de gestão pública e mostra que a propalada cantilena de alguns prefeitos de que as prefeituras não têm dinheiro, não se sustenta.
Além das incontáveis obras que deram nova feição à cidade, do trabalho social e dos fortes investimentos em saúde, educação, serviços rurais e modernização administrativa, a prefeita mantém eficiente equilíbrio financeiro. Em 74 meses de governo, a prefeita monteirene tem efetuado o pagamento dos funcionários municipais rigorosamente dentro do mês trabalhado. Agora em fevereiro Edna achou pouco e liberou o pagamento dos servidores no dia 25, bem antes do final do mês.

UMAS & OUTRAS
O poeta monteirense Expedito de Mocinha foi convidado pelo seu conterrâneo Toinho de Santu para trabalhar em sua empresa em Aracaju. Engenheiro bem sucedido, Toinho era bem estruturado financeiramente e possuía até avião.
Certo dia, em conversa informal com o poeta, Toinho de Santu se mostrava angustiado, alegando que tinha mansão, dinheiro, muitos bens materiais, porém não tinha um amor e por isto era um “rico solitário”.
Expedito de Mocinha ouviu as queixas do conterrâneo rico e, no dia seguinte, lhe entregou rabiscado o verso:
“Eu trabalhei de empregado
Numa firma e meu patrão
Me disse, uma ocasião,
Que vivia agoniado.
Pois tinha tudo ao seu lado
Só não a mulher amada.
Eu respondi: camarada,
Pois seu empregado tem.
Deus não dá tudo a ninguém
Nem deixa ninguém sem nada”

Paraíba produzirá iogurte de leite de cabra sem lactose

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

A Superintendência Federal da Agricultura na Paraíba (SFA-PB) expediu Registro do Serviço Inspeção Federal (S.I.F) para a empresa Laticínio La Belle Chèvre Ltda que produzirá um iogurte à base de leite de cabras sem lactose e sem adição de açúcar.

“A nova empresa obteve o registro no S.I.F. em tempo recorde, cerca de sete meses, porque seguiu à risca todas as normas brasileiras”, afirma Antonio Hybernon da Silva, fiscal federal agropecuário responsável pelo Serviço de Inspeção de Saúde Animal (SISA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O produto, a ser colocado no mercado nordestino nas próximas semanas, será fabricado na cidade de Pilar (PB), numa propriedade rural com quase sete hectares, no agreste paraibano. Segundo o empresário Fernando Antônio Bezerra, a produção inicial será de 200 litros por dia, sendo que a indústria terá capacidade de produzir mil litros diariamente.

O leite será produzido pelo rebanho caprino da própria indústria, que possui 80 cabeças da raça leiteira Saanen, criadas em regime de confinamento intensivo. “Seguimos todas as exigências técnicas do MAPA, que nos deu um apoio fundamental para montar o laticínio, desde as especificações das instalações, sala de ordenha, capril, resfriamento, armazenagem, embalagem e outros detalhes técnicos. A Emater da Paraíba também foi uma boa parceira nossa”, diz Susana Maria Pinto Bezerra, engenheira de alimentos e sócia do empreendimento, que teve um investimento privado de cerca de R$ 2 milhões.

“Percebemos que havia uma lacuna na cadeia produtiva de caprinos na região, especialmente para derivados de produtos finos, então resolvemos investir nos iogurtes e queijos especiais à base do leite de cabra. O iogurte da La Belle é adequado para pessoas com dificuldades de digestibilidade, com intolerância à lactose e à proteína do leite bovino. A empresa produzirá iogurtes com sabor natural e morango”, detalha Susana, que seguiu ainda as recomendações contidas no manual G-100 da Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios.

As cabras estão instaladas num espaço fechado com piso ripado e totalmente coberto para evitar umidade, já que a raça prefere ambientes mais secos. Na propriedade foram plantadas espécies forrageiras, leguminosas e palmas, para a alimentação do rebanho, que será complementado com concentrados industrializados adquiridos no mercado de rações.

“O registro do S.I.F. é uma espécie de selo especial homologado pelo MAPA que surgiu em 1915, quando foi editado o primeiro regulamento para a criação do serviço de inspeção dentro dos estabelecimentos processadores. Até receber o carimbo do S.I.F, o produto atravessa diversas etapas de fiscalização e inspeção, cujas ações são orientadas e coordenadas pelo MAPA”, diz a médica veterinária e fiscal federal agropecuária responsável pela área de leite do SISA da SFA-PB. Elisangela Luiza de Souza Marques.

Ela diz que o serviço é responsável por garantir produtos de qualidade com certificação sanitária para o consumidor, respeitando as legislações nacionais e internacionais vigentes, o que habilita as empresas certificadas para a exportação dos produtos numa etapa futura.

QUEIJOS

Num segundo momento, a La Belle vai iniciar a produção de queijos finos, especialmente Boursin, Chevrotin, Crotin, Saint Maure, Pyramid e o do tipo Feta. “Estamos mirando a cadeia de delicatéssens e padarias diferenciadas. É um investimento pioneiro no Nordeste”, afirma Fernando Antônio.

Monteiro terá apresentação de peça teatral na noite deste sábado

Mendigo do Vaticano é enterrado junto a São Pedro

Prefeitura de Sumé irá pavimentar diversas ruas de uma só ve

Gurjão finaliza entrega de sementes de milho e feijão a agricultores

Prefeitura de Prata recupera estradas na Zona Rural

TCE multa 33 prefeitos por não cumprirem Lei de Acesso à Informação

Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição Rômulo é escolhido pela Câmara Federal para acompanhar obras da Transposição

A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, em sessão ordinária, na tarde desta quinta-feira (23), decidiu pela aplicação de multas a 33 gestores municipais que não cumpriram os requisitos da Lei de Acesso à Informação. As multas variam de R$ 933,33 a R$ 9.366,00 e se referem à falta de informações detalhadas, em tempo real na internet, sobre as execuções orçamentária e financeira dos municípios.

A imputação de débito varia caso a caso, de acordo com a observância do cumprimento dos 13 requisitos exigidos na lei. Os municípios foram: Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alcantil, Algodão de Jandaíra, Arara, Aroeiras, Belém de Brejo do Cruz, Boa Vista, Bom Sucesso, Brejo do Cruz, Brejo dos Santos, Cabaceiras, Esperança, Jericó, Mato Grosso, Riacho dos Cavalos, Santa Cecília, São Bento, São José do Brejo do Cruz, Barra de Santa Rosa, Cabedelo, Caturité, Cubati, Frei Martinho, Gado Bravo, Mari, Nova Floresta, Pedra Lavrada, Picuí, São Vicente do Seridó, Soledade, Sossêgo e Tenório.

Os integrantes da Câmara decidiram ainda pelo encaminhamento de representações às controladorias da União, do Estado e à Procuradoria Geral de Justiça, bem como pela anexação dos autos às respectivas prestações de contas do exercício de 2014. Os primeiros 19 processos foram relatados pelo conselheiro Fábio Nogueira, presidente da 1ª Câmara do TCE. Os demais tiveram a relatoria do conselheiro substituto, Antônio Gomes Vieira Filho.

A 1ª Câmara do TCE apreciou 240 processos, entre inspeções especiais, atos de pessoal, verificação de cumprimento de decisão, licitações e contratos. Participaram da sessão o conselheiro Fernando Catão, e os conselheiros substitutos, auditores Antônio Gomes Vieira Filho, Renato Sérgio Santiago Melo e Marcos Antônio Costa. Pelo Ministério Público de Contas, atuou a procuradora Sheyla Barreto Braga de Queiroz.

[+]   POSTAGENS