prefeitura
::Semana será de movimentações políticas no Cariri ::Prefeito de Prata cancela São João e recursos serão revertidos em cestas básicas ::42 cidades da PB têm alerta de perigo por chuvas ::TSE afirma que calendário eleitoral está sendo cumprido ::POLÊMICA EM SUMÉ: Prefeito denuncia que está sendo ameaçado por miliciano ::Contrariando Bolsonaro, Paulo Guedes diz que, como cidadão, prefere isolamento ::Com isolamento, número de medidas protetivas aumenta na Paraíba ::As charges do dia… ::Brasil registra 22 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas ::Açude Cordeiros, localizado no Município do Congo passa de 80% de sua capacidade Malves Supermercados

COLUNA CARIRI

(06/12/2014)


MOÍDO EM SÃO JOÃO

Por Geordie Filho
geordietranspoPense num desmantelo ocorrido na cidade de São João do Cariri, onde o prefeito Marcone Medeiros, que agora é ex, teve o mandato extinto pela Câmara Municipal, após uma decisão da Justiça Federal que o condenou por improbidade administrativa em uma ação antiga, mas o juiz que assinou a sentença não constatou que Marcone ainda era prefeito, e não o afastou automaticamente do cargo. O então vice, Cosme Gonçalves, que agora é prefeito, foi empossado pela Câmara no lugar de Marcone e a primeira ação foi dar uma canetada exonerando todos os cargos comissionados que haviam sido nomeados por seu parceiro de chapa, o prefeito cassado. Marcone ainda tentou se manter no cargo através de uma liminar, mas a Justiça negou o pedido.

BETO TÁ DE OLHO
Enquanto o novo prefeito vai começando a fazer do seu jeito em São João do Cariri, o segundo colocado nas eleições, Beto Medeiros, já ingressou com ação na Justiça para assumir o cargo de prefeito no lugar de Cosme Gonçalves. Beto alega que o mandato é seu por direito já que foi o segundo mais votado no município, e que a Câmara Municipal errou feio em dar posse ao vice de Marcone, já que os dois foram candidatos pela mesma chapa.

MUDANÇA NA POLÍCIA CIVIL
O governador Ricardo Coutinho fez mudanças no comando da Superintendência de Polícia Civil de Monteiro. O superintendente Cristiano Rodrigo de Souza Brito foi exonerado e em seguida nomeado para Seccional de Picuí. Para o seu lugar foi nomeado o delegado João Joaldo Ferreira, que deverá atuar na região do Cariri pelos próximos anos.

ZABELÊ
A prefeita Íris Henrique, de Zabelê, chega a metade do seu segundo mandato tendo todas suas prestações de contas até o presente momento, aprovadas. O Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) aprovou esta semana as contas da Prefeitura de Zabelê referentes ao ano de 2012. Uma gestão financeira eficiente e com controle nos gastos públicos mostra que Zabelê está no caminho certo.

JUAZEIRINHO
Depois da queda, o coice! O ex-prefeito Bevilacqua Matias sofreu mais um viés perante a Justiça. Desta vez, ele foi condenado numa ação civil pública de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público (MP) e teve os direitos políticos suspensos por 5 anos, de acordo com decisão do juiz da 6ª Vara Federal de Campina Grande, Gustavo de Paiva Gadelha. Ele ainda terá que devolver R$ 80.020,78 aos cofres públicos.

TORPEDO
“Não rompi com o governador em maio deste ano, conforme divulgam meus opositores. Demonstrei minha insatisfação com o governo deste março de 2011, através de ofício, por não concordar com alguns atos e comportamento de auxiliares do governo. Mesmo insatisfeito, no entanto, continuei votando favoravelmente as matérias de interesse da Paraíba, porque esta é a minha missão. Com a chegada do período eleitoral eu teria que fazer a minha opção, o que o fiz, porque não sou de ficar em cima do muro, conforme algumas pseudo lideranças que, por isto, não se elegem e têm que amargar uma suplência”. Do deputado João Henrique.

PICADINHAS…

O bote que a Polícia Federal deu em Monteiro na semana passada deixou muita gente de cabelo em pé. Segundo a PF, estão fraudando a Previdência Social.

Reencontrei o amigo Assis Quintans. Sempre preocupado com o Cariri, disse estar preocupado com a falta de atenção com a comunidade rural.

Alguém tem notícia de Zé Catôta de Sumé?

Fecharam um abatedouro clandestino em Serra Branca, onde o grude estava comendo. Por isso que Júnior Queiroz não podia comer buchada de bode que o peido azoava.

A ex de Collor dizendo, só agora, que o homem era macumbeiro. Isso tá fedendo a coisa ruim.

Vitalzinho no TCU? Bom demais!

Estão vendendo uísque Old Par no Cariri por R$ 40 o litro. O bicho já vem com um envelope de cibalena amarrado no gargalo.

Gostei da homenagem que o museu de Monteiro fez ao ex-prefeito Dr. Chico. Era um homem bom.

Na torcida pela recuperação do ex-prefeito Luciano Agra.

Com apoio de Dr. Júnior, Wendell Nunes foi reeleito presidente da Câmara de Ouro Velho.

Aliados de Carlos Batinga insistem em dizer que ele ainda é o líder da oposição na cidade de Monteiro. Esqueceram apenas de combinar com o povo.

Finalmente a comunidade Serrote, em Monteiro, terá água encanada.

Comando da PM alterado no Cariri. Sai Brandão e entra Simão.

Triste, muito triste a partida repentina de Anchieta Barros, de Sumé.

Os açudes da região continuam secando. Já se foram três.

E, sem querer querendo, lá se foi Chaves.

ACESSE TAMBÉM: WWW.VITRINEDOCARIRI.COM.BR

Faça seu comentário



Possui atualmente : 2 comentários em COLUNA CARIRI


  • Calma mulher braba, que tem mais ‘ex’ por ai. Fazemos apenas informar. Já a babada, fica por sua conta.

  • Caro Geordie, seus comentários seu irrelevantes perante a situação política da cidade de São João do Cariri. Sabemos de sua “puxada de saco” para o ex prefeito (“ditador de meia tijela”) Beto Medeiros. Ele ainda não se cansou da lapada que levou nas eleições passadas para seu Tio Marcone. Daqui a dois anos, ganhará para prefeito quem Marcone indicará, que claro não vai ele, concerteza, ele levará mais outra lapada.