::Homem morre vítima de acidente de moto no Cariri ::Vereador Guilherme Gaudêncio vai assumir o comando do PDT em Serra Branca ::Filho do ex-prefeito Edvan Leite é definido como vice na chapa de André Gomes em Boa Vista ::Efraim Filho não acredita na aprovação de reforma administrativa esse ano ::Trio elétrico desgovernado atinge veículo na cidade de Soledade ::Polícia Militar prende pai e filho suspeitos de lesão corporal e ameaça ::Prefeita Anna Lorena participa de comemorações carnavalescas de serviços municipais ::Prefeitura de Camalaú antecipa pagamento do funcionalismo público ::Prefeitura de Sumé e BNB firmam parcerias que beneficiarão servidores e contribuintes ::Com mais de 300 famílias atendidas, programa Criança Feliz, reinicia atividades no município de Monteiro Malves Supermercados

MPF reitera pedido para cassar liminar que concedeu liberdade a Ricardo Coutinho

(13/02/2020)
MPF reitera pedido para cassar liminar que concedeu liberdade a Ricardo Coutinho MPF reitera pedido para cassar liminar que concedeu liberdade a Ricardo Coutinho

O Ministério Público Federal (MPF) endossou a manifestação contrária à decisão do ministro do Superior Tribunal de Justiça Napoleão Maia, que concedeu habeas corpus ao ex-governador Ricardo Coutinho no âmbito da Operação Calvário.

O parecer é assinado pelo vice-procurador Mario Luz Bonsaglia e foi encaminhado à ministra Laurita Vaz, que deve decidir sobre a manutenção do habeas corpus, concedido durante plantão.

“A suspensão das liminares se impõe para restauração da ordem pública, um dos fundamentos para a decretação da prisão preventiva pela Justiça paraibana”, diz trecho do documento.

O procurador reitera o pedido de cassação da liminar para Ricardo e a extensão para Cláudia Veras, Francisco das Chagas Ferreira, David Clemente e Márcia Lucena.

O pedido de suspensão da liminar também foi enviado pelo MPF ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Faça seu comentário



Possui atualmente : Nenhum comentário em MPF reitera pedido para cassar liminar que concedeu liberdade a Ricardo Coutinho