prefeitura
::‘Deus me Livre’ de Campina Grande vence Torneio de Sinuca na cidade ::REGRAS ELEITORAIS: Senado recua de pontos polêmicos e aprova fundo eleitoral sem valor definido ::O REI NA CAPITAL: Roberto Carlos faz show em João Pessoa em dezembro ::Mais Véia que a Serra (parte 434) – Tabajaras 1974 ::Setembro Amarelo tem programação em diversos setores no município de Monteiro ::Bolsonaro sanciona mudança na Lei Maria da Penha ::Funesc leva espetáculo ‘Parahyba Rio Mulher’ ao Cariri paraibano ::ALPB propõe adoção de energia solar na transposição ::Sancionado Projeto de Lei que declara Festa da Padroeira de Sumé Patrimônio Histórico e Cultural ::Monteiro é segundo lugar no Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde Malves Supermercados

O que esperar de uma instituição falida?

(08/01/2016)

Por Luanna Brandão

luanabrandaoSe você imagina que eu estou falando da Cagepa, parabéns você acertou. Como se não fosse suficiente à crise hídrica que é a melhor desculpa da empresa, diga-se de passagem, o descaso com os esgotos e principalmente a cobrança abusiva em algumas contas, agora prepare seu coração e o seu bolso, pois pagaremos 21,7 % a mais para não recebermos os serviços.

Foi anunciado na mídia paraibana que a empresa já tinha aprovado o aumento na taxa de água no estado, a minha pergunta é: Você como consumidor aprovou o aumento? Você aprova a prestação de serviços da Cagepa? Você já foi pelo menos questionado ou ouvido pelo órgão?

Ao questionar o Gerente da Capega Borborema Simão Araujo o mesmo me relatou que o aumento se dá graças aos gastos a mais que a empresa tem tido para levar água de qualidade às torneiras dos paraibanos. Ok. Mas e os gastos a mais que nós temos tido para abastecermos os nossos reservatórios com Carros pipa, e o gasto a mais que as pessoas tem tido com medicamentos para se livrarem das mazelas que seus esgotos mal cuidados tem causado?

O que vivemos hoje é o reflexo de maus gestores do passado, quando estes não souberam planejar o futuro das águas do estado, mesmo já tendo passado por crises semelhantes, quando imaginaram que as cidades cresceriam e as estações de tratamento de esgoto da época não suportariam o crescimento abundante da população, o resultado é o ar que sai da sua torneira, o esgoto estourado na sua porta e o aumento da conta na sua mão.

Faça seu comentário



Possui atualmente : 1 comentário em O que esperar de uma instituição falida?